É uma notícia muito importante para quem acompanha a evolução dos programas de fidelidade e que se segue a outra parceria anunciada na semana passada, Nectar/eBay (logo em seguida à nota da Amazon), pois significa que a explosão de novas tecnologias, principalmente as móveis estão levando a indústria a um novo patamar.

Clientes de cartões do Chase agora podem usar seus Ultimate Rewards Points para comprar produtos na Amazon

Buscando aumentar o valor percebido de sua estrutura de premiação e assim diferenciar-se para as compras de final de ano, a Chase Card Services, uma divisão da JPMorgan Chase & Co., anunciou que os portadores dos cartões Chase Freedom, Chase Sapphire e Ink from Chasepodem agora usar seus pontos do programa Ultimate Rewards para pagar por milhões de itens na Amazon.com. Cada ponto vale um cent, ou seja, 100 pontos valem um dólar para compras na loja virtual. Fonte: Chase

Nectar e eBay anunciam importante expansão da parceria Leia o resto deste post »

Feliz aniversário, Google, e obrigado por todos os doodles

A notícia de hoje: o Google completa 14 anos. A notícia de ontem: CEO do Google Brasil é detido pela PF. Para ilustrar a primeira notícia, o Mashable publicou todos os “doodles” que a empresa criou nas datas de aniversário. O deste ano é um bolo (abaixo). Experimente soprar as velinhas e veja o que acontece.

Veja todos os doodles no site do Mashable ou via uma visita à minha página do Pinterest. Quanto à ironia, que tal a “prisão” do CEO da empresa no Brasil? Leia o resto deste post »

Como aumentar vendas em campanhas online

Matéria publicada esta semana no portal ProXXIma apresenta a visão da Aunica sobre a importância das estratégias para garantir o ROI das campanhas online. De acordo com a empresa, uma boa estratégia analítica tem que percorrer todo o caminho da efetivação da venda, medindo a influência indireta dos veículos nas ações de marketing. A metodologia da Aunica atribui peso a cada etapa da campanha por meio de uma série de painéis com o comparativo de desempenho dos veículos. Para criar este processo, foram utilizadas as principais ferramentas do mercado aliadas a modelos estatísticos da AUNICA, que potencializam ainda mais as soluções e, assim, ajustam os pesos atribuídos às conversões conquistadas. Dessa forma, a AUNICA consegue a ampliar o resultado das vendas dos clientes em, aproximadamente, 37%, sem alteração no valor de investimento. Leia a matéria completa no ProXXIma.

Pesquisa: quais os elementos que são mais testados no email marketing? Leia o resto deste post »

Globo perdeu 22% de ibope, mas triplicou faturamento

A Globo divulgou esta semana mudanças em sua diretoria. Especificamente a substituição de Octavio Florisbal por Carlos Henrique Schroder tem o objetivo de estancar a queda de audiência da vênus platinada – nos 10 anos (2002-2012) em que Florisbal esteve à frente da emissora a audiência em rede nacional caiu 22%. Concretamente, na média diária das 7 à 0 h, passou de 22,2% para 17,4% (cada ponto equivale a 191 mil domicílios). Um fiasco? Bem, depende do ponto de vista, porque apesar dessa queda violenta (e nos programas carro-chefe, como Fantástico e Jornal Nacional, isso é ainda mais evidente) a Globo continuou a receber 70% dos investimentos publicitários. Mais ainda: quando se fala tanto da crescente irrelevância dos canais tradicionais, o faturamento bruto da TV aberta com anúncios passou de R$ 5,65 bilhões (2002) para R$ 18 bilhões (2011). Parte da explicação desse “milagre da multiplicação do faturamento” pode estar em um assunto que só era discutido embaixo dos panos e que agora, com o julgamento do mensalão, vem à tona: BV. Não será que está na hora dos anunciantes começarem a analisar melhor a questão do CPM e da eficiência dos meios? Ou querem continuar pagando a farra? (Fonte: coluna Outro Canal, da FSP)

Pequeno varejo: como chamar a atenção da Geração Y? Leia o resto deste post »

Correios entregam 76% das encomendas no prazo

Mesmo com a greve de funcionários, os Correios mantêm pelo menos 76% das cartas e encomendas entregues no prazo, o que representa 26 milhões de materiais diários. Os 24% do volume restante estão com a entrega atrasada em um dia. Na última quarta-feira, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) determinou que pelo menos 40% dos funcionários de cada agência devem manter as atividades durante o período de greve. Leia mais na área de notícias do site da Abemd.

Campus/Elsevier tem seis livros concorrendo ao prêmio Jabuti 2012; A Privataria Tucana, da Geração Editorial, também é um dos concorrentes Leia o resto deste post »

Pepsi ressuscita Michael Jackson por “Bad”

A imagem de Michael Jackson volta a ser usada pela Pepsi (a relação entre a empresa e o cantor começou em 1984, quando foi lançado o tema The Next Generation). Em um comercial 15 segundos, dirigido por Marco Brambilla e com um remix feito pelo Afrojack, que marca o 25 º aniversário do lançamento do álbum “Bad”. Além disso, a Pepsi vai produzir um bilhão de latinhas com a imagem do cantor para celebrar a ocasião. Leia mais e veja o comercial na matéria do Advertising Age. E abaixo assista ao vídeo “The Chase”, feito pela Pepsi quando foi lançado o álbum.

Se o video não aparecer, clique aqui: http://youtu.be/YOtK75klv1Y

Confronto Samsung X Apple vai para os ringues do marketing Leia o resto deste post »

Nove marcas brasileiras entre as 10 mais valiosas da América Latina

Segundo o levantamento da Brand Finance, entre as dez marcas mais valiosas do América latina, nove são brasileiras. Ainda de acordo com esse estudo realizado pela empresa de avaliação e gestão de marca, o Bradesco é a que mais detêm valor entre todas elas, na casa de R$ 31,9 bilhões. No top Five, o ranking ainda traz o Banco Itaú, em 2º lugar, com R$ 26,8 bilhões, seguido de Banco do Brasil (R$ 14,8 bilhões), Claro, do México (R$ 11,6 bilhões) e Banco Santander do Brasil, com valor de marca de R$ 11,4 bilhões. Em território nacional, a soma das 100 maiores marcas presentes atingiu o valor de R$ 330,8 bilhões em 2012, um crescimento de 7% comparado a 2011. Leia a matéria completa no Adnews.

A internet multitelas: presente e futuro

A 15ª edição do ProXXIma Pocket realizada na segunda-feira, 17, discutiu o tema ‘A internet que você conhecia morreu. O que vem pela frente?’. Pyr Marcondes, diretor da Plataforma ProXXIma e moderar do debate, abriu o evento explicando que a internet que morreu, em referência ao tema do evento, é a web do desktop. Ele ressaltou que, atualmente, não existe diferença entre online e off-line, e reforçou que a internet se transformou em diversas telas. “A internet se transformou em multitelas e reflete em tudo, por exemplo, na distribuição e criação de conteúdo e na comercialização publicitária. Os setores foram impactados e vêm junto várias tecnologias”, definiu Marcondes. Leia a matéria completa no ProXXIma.

comScore: quais varejistas estão conquistando espaço no mercado de m-commerce?

A comScore divulgou ontem um estudo sobre o comportamento de compra do consumidor americano via smartphones com base em dados de seu serviço comScore Mobile Metrix 2.0. O estudo constatou que 4 em cada 5 usuários de smartphones – 85,9 milhões no total – acessaram conteúdo de varejo em seu dispositivo em julho. Os sites da Amazon foram os mais acessados, com uma audiência de 49,6 milhões de visitantes, enquanto a Apple atraiu 17,7 milhões, a Wal-Mart, 16,3 milhões, a Target, 10 milhões e a Best Buy, 7,2 milhões de visitantes móveis. Leia o press-release na íntegra.

Dois estudos apontam crescimento de vendas de tablets

De acordo com matéria no ProXXIma, as previsões de vendas de computadores tablet no mundo sofreram uma elevação nesta quarta-feira, 18, segundo revelou a IDC. Diante da forte demanda e da proximidade de lançamentos de novos modelos, a previsão saltou para 117,1 milhões em 2012, ante expectativa anterior de 107,4 milhões. Para 2013, a estimativa agora é de 165,9 milhões de aparelhos, acima dos 142,8 milhões dispositivos projetados anteriormente. A empresa de pesquisa de mercado reduziu suas estimativas para o mercado de leitores de livros digitais. Já a Info, fala de outro estudo e apresenta números ainda maiores. Segundo o site, as vendas mundiais de tablets podem chegar a 126 milhões de unidades este ano, impulsionadas pelo iPad da Apple e por outros concorrentes de menor formato, segundo estudo da empresa especializada IHS iSupply. Isso representaria um crescimento de 56%, comparado com 2011, quando foram vendidos 82,1 milhões de tablets.

Lancha e carruagem desafiam carros no trânsito de São Paulo

Na manhã da última terça-feira, ocorreu a ação “Por uma cidade navegável”, idealizada pelo São Paulo Boat Show, maior salão náutico indoor da América Latina. Nesta segunda edição, a lancha venceu a disputa e deixou o carro para trás, parado no trânsito da capital. Em 2011, a lancha quebrou após cinco minutos da largada, devido à grande quantidade de lixo que travou os três motores. Na manhã do dia seguinte, aconteceu um desafio ainda mais inusitado. O artista plástico Eduardo Srur desafiou o piloto da Stock Car Ingo Hoffman em uma corrida entre carro e carruagem. O piloto dirigiuum automóvel esportivo pela Marginal Pinheiros, enquanto Srur utilizou uma carruagem puxada por cavalos, pela ciclovia ao lado da pista. Leia a matéria completa no Ciclo Vivo.

Relatório acaba com prescrição de pontos em programas de fidelidade

O deputado Esperidião Amin, do PP catarinense, relator do projeto (PL 4015/12) que proíbe a prescrição de pontos acumulados em programas de fidelidade, apresentou parecer favorável à proposta. Na prática, o texto acaba com o prazo de validade dos pontos creditados em nome do consumidor devido à relação de compra de algum produto ou serviço de qualquer fornecedor, como cartões de crédito e programas de milhagem das companhias aéreas, por exemplo. A única possibilidade de prescrição seria quanto aos pontos não utilizados até o encerramento da conta por iniciativa do consumidor.Ao apresentar a proposta, o deputado Carlos Bezerra, do PMDB do Mato Grosso e atualmente licenciado, citou o levantamento do Banco Central que aponta perdas de 101 bilhões de pontos para os consumidores nos programas de fidelização dos cartões de crédito em 2010. Quanto às milhagens, a prescrição leva a perdas suficientes para emitir, por ano, mais de 5 milhões de passagens aéreas entre o Brasil e qualquer destino da América do Sul. Leia a matéria completa no site da Câmara.

O Facebook está grande demais para sobreviver? Leia o resto deste post »

Sabe aquele caso da loja Visou? Infelizmente, não é tão incomum. Um recente estudo descobriu que a reação ao Twitter entre os 25 maiores varejistas online era para dizer o mínimo decepcionante. Apenas 2 entre eles, Zappos.com e L.L.Bean.com, responderam 100% das questões. 44% responderam em até 24 horas. E 6 – seis grandes varejistas online! – jamais se dignaram a dar uma mísera resposta.

O mais grave é que, de acordo com a F.C. Tucker Company, Inc., cerca de 15% dos jovens consumidores (16-24 anos) preferem usar mídias sociais em relação a qualquer outro canal de atendimento consumidor. Mas, como vimos acima, eles simplesmente não são escutados. É ou não uma fantástica vantagem competitiva a explorar? Leia o resto deste post »

Esqueça o iPhone 5. A verdadeira revolução vem com os sistemas abertos.

Pelo menos na opinião de dois gigantes do mercado: Mozilla e Telefonica. A Mozilla está lançando o Firefox OS, um sistema móvel aberto baseado em um kernel Linux e que roda aplicativos inteiramente em HTML5. Quanto à Telefonica, ela revelou em julho planos de lançar produtos com esse sistema – começando pelo Brasil! O movimento da Mozilla foi realizado bem no momento em que Mark Zuckerberg declarou que não iria mais desenvolver seu Facebook Phone, por ser “the wrong move”. Mas Brendan Eich, CTO da Mozilla, pensa diferente. Ele acredita que está na hora de abrir o mercado para sistemas operacionais móveis, da mesma maneira que o Firefox fez no caso dos browsers. Além disso, pensa que o melhor lugar para fazer isso é nos países em desenvolvimento, onde há uma mercado faminto por telefones com melhores recursos. Em outras palavras, o Firefox OS não irá competir com o iOs da Apple – mas sendo disruptivo no mercado ao atacar em uma frente completamente diferentes. Leia matéria mais completa sobre o assunto, em inglês, no TechWeek Europe.

O Twitter despenca; e despenca porque merece Leia o resto deste post »