A partir de amanhã, o Twitter passa a funcionar de forma mais semelhante ao Facebook, afirma o Business Insider. Citando “uma fonte”, o site afirma que o portal de microblogging lançará amanhã para o público suas páginas de perfil que permitirão às empresas construir plataformas para os consumidores interagirem com as marcas em ambientes de iFrame e com aplicativos de games e de e-c0mmerce, dentro do ambiente do  Twitter. Continue lendo »

Anúncios

(Artigo interessantíssimo, escrito por Paulo Lima, do site http://www.ideiademarketing.com.br.)

O fenômeno mundial Chaves ainda é considerado por muitos uma incógnita quando falamos na proporção de seu sucesso. Um programa sem grandes investimentos, com um cenário precário e produção fraca, tomou conta do mundo e, principalmente, daqui do Brasil, onde há tanto tempo é reprisado anotando os melhores números de IBOPE para a emissora do inteligentíssimo Silvio Santos.

O fato é que explicar esse sucesso seria praticamente impossível. Mas, como aprender com o Chaves pensando no mesmo como uma marca? Veja alguns pontos relevantes abaixo:

Identidade

Você já assistiu algum episódio em que o Sr. Madruga usa uma camisa amarela ao invés do seu preto básico? Não sentiu como se o programa não tivesse em sua fase mais engraçada, em seu melhor momento ou algo parecido?

Leia a matéria completa.

Sua empresa utiliza alguma solução de CRM? Se você demorou dois segundos para responder, a resposta é não. Ou então, ela precisa rapidamente repensar seus processos de marketing e vendas. No mundo atual, não há como prescindir dos processos de automação que estão por trás dessas três letrinhas. Com um CRM por trás, o marketing de uma empresa pode lidar mais facilmente e mais eficazmente como volume cada vez mais crescente de informação que ameaça afogá-la e lidar com até centenas de campanhas destinadas a microssegmentos dos seus públicos-alvo. E sem depender da boa vontade do pessoal de TI! Continue lendo »

Ciclo Vivo:

Em 2011 a Grande São Paulo registrou o pior índice de poluição de ar dos últimos oito anos. Os dados da Cetesb, Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental, mostra que no ano passado houve lugares em que o ar esteve inadequado durante 97 dias. Continue lendo »

Horror! Segundo um estudo do  Ehrenberg-Bass Institute, uma organização australiana que tem a Procter & Gamble, a Coca-Cola e outros grandes anunciantes como apoiadores, não muito mais do que  1% dos fãs das maiores marcas no Facebook de fato se envolvem com elas — ou seja, comentam, compartilham e curtem seus posts.

Mas isso é necessariamente uma má notícia? Em minha opinião, longe disso. Como profissional de marketing direto, sou regularmente questionado sobre a “efetividade” das peças que crio. Apenas 1% de retorno? Pois é, 1% de retorno, e fico muito orgulhoso disso. Pensem só um pouco no que significa. Digamos que enviei 1 milhão de malas diretas, ou de emails. Um por cento de retorno significa que 10 mil pessoas compraram o produto ofertado. Para conseguir a mesma quantidade de compradores, um comercial de televisão em horário nobre precisa atingir várias dezenas de milhões de telespectadores. Várias vezes.

Ah, mas tem a questão da imagem da marca, o brand awareness. Um comercial de tv ganha longe nesse quesito, indiscutivelmente. O que nos leva a concluir que a questão é só de definir com clareza metas e objetivos. Uma página no Facebook, ou melhor, uma ação bem planejada em mídias sociais vale muito mais do que o engajamento direto que produz. Ou não?

Leia a matéria, em inglês, no AdAge.

Fonte: Blue Bus

– ou seja, comentam, compartilham e curtem posts.

IMS Marketing:

O Websense Security Labs™ descobriu que milhares de empresas e consumidores estão se colocando em risco todos os dias divulgando publicamente seus e-mails no Twitter.

Realizamos pesquisas para descobrir como os dados que podem ser considerados particulares são divulgados por meio do Twitter. A pesquisa se concentrou em dados compartilhados, especialmente endereços de e-mail, que podem ser usados contra a pessoa (ou empresa) que os compartilhou. Durante a pesquisa, acompanhamos o Twitter por 24 horas e descobrimos que os usuários estavam compartilhando publicamente endereços de e-mail ligados às suas caixas de entrada, identidades de mídia social e contas bancárias. Isso cria vulnerabilidades para ataques de “phishing social” e campanhas de spam.

O phishing social é um método adotado por hackers que atacam os e-mails coletados usando informações obtidas através do monitoramento das conversas dos usuários do Twitter.

“Os usuários do Twitter acreditam cegamente que seus endereços de e-mail são seguros para divulgarem público. Entretanto, ao revelar seu e-mail publicamente no Twitter, você associa esse endereço ao seu nome, localização e informações sobre seu grupo social. Os criminosos podem explorar essa riqueza de informações, implementando ataques direcionados de phishing contra pessoas ou empresas, se disfarçando como amigos ou colegas dos usuários, que são incentivados a clicar em links maliciosos. Para o criminoso, esse conjunto de dados também pode permitir a invasão de contas de e-mail, liberando o caminho para mais atividades maliciosas, incluindo acesso a contas bancárias, o roubo de outras senhas e lançamento de grandes campanhas de spam.  As empresas que usam as redes sociais para se comunicar com clientes devem considerar meios para garantir que os funcionários estejam protegidos contra essas novas ameaças. Os empregadores devem reavaliar suas políticas de uso aceitável para não incentivar a divulgação de endereços de e-mail através do Twitter por suas equipes ”, disse Carl Leonard, do Websense Security Labs.

Nossa pesquisa descobriu que milhares de endereços de e-mail são compartilhados publicamente todos os dias no Twitter.

* Mais de 11 mil endereços foram compartilhados no mundo todo

[Os dados da pesquisa foram obtidos em um período de 24 horas, em Janeiro de 2012]

Gmail, Hotmail e muitos outros provedores gratuitos de e-mail estão sob ameaça, por que os hackers conseguem obter informações sociais sobre as pessoas através do Twitter para depois invadir suas contas.

Sabemos que, às vezes, você precisa compartilhar seu endereço de e-mail. Aqui estão algumas dicas de segurança para evitar a possibilidade dos seus dados compartilhados serem usados contra você:

• Use mensagens diretas (DMs) para enviar endereços de e-mail aos contatos no Twitter

• Tenha cuidado com e-mails de amigos com links para outros sites

• Nunca use senhas que podem ser adivinhadas usando informações acessíveis ao público

• O e-mail é uma rota frequentemente usada pelos hackers para chegar a uma empresa, por esse motivo você deve se certificar que a segurança do seu e-mail inclui proteção de alto nível contra malware e ameaças modernas.

Fonte: BrandPress

Hoje a seleção está bem interessante. Começando pelo projeto de social commerce do Magazine Luiza e indo até um hotel no Japão que abriu suas portas para pessoas falecidas. Confiram. Continue lendo »

O evento foi a apresentação, na última terça-feira, 20, dos resultados financeiros da Apple no último trimestre de 2011. Mas, para a gente, o importante foi ouvir da boca do Tim Cook, executivo-chefe da empresa, que o Brasil vem logo depois da China como foco de investimentos futuros da Apple. Pelo menos, no que diz respeito aos BRIC, bloco formado por Brasil, Russia, Índia e China. “Acho que há uma oportunidade enorme para nós lá”, afirmou Tim, “e já começamos a investir mais intensamente no Brasil”. Continue lendo »

Importante artigo do Ciclo Vivo, assinado por Thais Teisen. Alguns aspectos do assunto, bastante complexo, não foram abordados, mas é importante, ao menos, para entender a questão das sacolas biodegradáveis e oxibiodegradáveis. Confiram. Continue lendo »

A Nero, uma das maiores empresas mundiais de soluções em mídia digital, anunciou que os aparelhos móveis com sistema Android da Sharp Mobile Phones passam a contar com o Mediajet, uma das mais avançadas tecnologias de sincronização wireless de fotos, música e vídeo. Além de promover sincronização wireless através da nuvem de fotos, vídeos e listas de música entre dispositivos móveis e PCs, o Mediajet permite gerenciar bibliotecas de mídia em vários dispositivos, criar novas listas musicais, reproduzir música e vídeos em perfeita qualidade, além de melhorar e compartilhar fotos – tudo em apenas um clique. O aplicativo tem suporte integrado para a tecnologia de gerenciamento de direitos digitais Microsoft PlayReady para que os usuários possam gerir, reproduzir e transferir músicas e filmes comprados. Continue lendo »