Pré-temporada viu aumento de até o dobro em transações e receitas

Continue lendo »

Anúncios
Nos próximos anos, teremos bilhões de dispositivos conectados à internet das coisas

Continue lendo »

Busca por voz no B2B. Leia abaixo

Desenvolver e operar um chatbot de sucesso não é tão simples como estão pensando

Um número cada vez maior de empresas está usando chatbots para se divulgarem, adquirir novos clientes, gerar engajamento e vendas. Mas desenvolver e operar um chatbot de sucesso não é um passeio no parque. Apesar de toda a atenção que os chatbots ganharam no ano passado, essas empresas estão enfrentando inúmero desafios para criar valor com eles. Al Roberts, editor do site ClickZ, listou sete desses desafios. 1. Os casos de uso até agora não impressionaram. 2. A tecnologia nem sempre é suficientemente boa. 3. Já a experiência do usuário é frequentemente pobre. 4. Outras tecnologias, como os assistentes virtuais operados por voz, por exemplo, podem tornar obsoletos os chatbots. 5. A eficácia ainda é incerta. 6. O suporte de pessoas ainda tem a preferência dos consumidores. 7. O mercado de chatbots já está superpopulado. Fonte: ClickZ
Busca por voz pode ser chave para o B2B marketing
A busca por voz está na boca do povo, mas a discussão costuma girar em torno de SEO local e B2C. Ainda assim, não há dúvida de que já começa a ser pensada para mais coisas além de obter rotas para os restaurantes próximos ou ouvir o próximo passo da receita enquanto se cozinha. Inclusive no B2B. Alguns analistas preveem que, em 2020, 50% de todas as buscas serão conduzidas por voz. Os números atuais parecem comprovar isso: no ano passado, o Google relatou que 20% de suas pesquisas móveis já eram feitas via voz. Para se preparar para o impacto da busca por voz no SEO para B2B, os profissionais precisam dar os passos certos para começar a otimizar as pesquisas via voz. Há três grandes focos para otimizar o conteúdo do site para a busca por voz: mobile, palavras-chave de cauda longa e  “featured snippets”, que são quadros que o Google coloca na “posição zero” quando reconhece que uma página responde mais oorretamente a pesquisa por voz. Fonte: Search Engine Land
Google e Nutanix forjam pacto estratégico
A Nutanix e o Google formaram uma aliança estratégica que gira em torno de implementação de nuvens híbridas. A partir da parceria, as empresas que usarem conjuntamente as plataformas Google Cloud e Nutanix Calm poderão gerenciar suas infraestruturas internalizadas e na nuvem pública como um serviço unificado. A integração das plataformas e de seus ambientes operacionais deverá estar concluída no primeiro trimestre de 2018. Fonte: ZDNet

Resultado de imagem para dbm talksAnote em sua agenda para não perder sob hipótese alguma Continue lendo »

John Lee vai supervisionar a implementação global da plataforma 

Plataforma trabalhará em sistema de censo e não por amostras

Continue lendo »

O mercado dos aluguéis de curto prazo dependem muito de análises de dados para obter um ROI eficaz

Continue lendo »

Amazon abre primeira livraria em Nova York. Leia abaixo

Qual o plano de mídia ideal, quais as melhores plataformas de analytics do mercado, qual a melhor estratégia para atingir os KBRs e KPIs das campanhas…

Continue lendo »

Leveraging Geolocation to Reimagine Mobile EngagementEstudos mostram que 58% dos consumidores permitem que apps detectem suas localizações — e assim possam receber ofertas personalizadas

Continue lendo »

Andreas Cohen, fundador e presidente do I-Com Global (crédito: divulgação / Marc Colomines)

Andreas Cohen, fundador e presidente do I-Com Global (crédito: divulgação / Marc Colomines)

Executivo é crítico em relação ao país, que vê como distante dos líderes em ciência de dados Continue lendo »

Luiz Medici, diretor de BI e Big Data da Telefonica

Projeto foi iniciado há três anos e permite que a empresa olhe cliente a cliente, percebendo mais facilmente pontos de gargalo

Continue lendo »