Feliz 2020

Imagem relacionadaO texto abaixo é uma tradução/adaptação de um artigo publicado na HBR. Seu autor, Andrew Winston, é escritor e consultor de empresas em desafios ambientais e sociais. Entre suas obras, destaque para a recente The Big Pivot. Ele também é co-autor do best-seller Green to Gold e autor de Green Recovery. Pode ser seguido pelo Twitter @AndrewWinston. Continue lendo »

Resultado de imagem para ataques cibernéticosNo segundo semestre de 2019, a União Internacional de Telecomunicações (ITU, na sigla em inglês), órgão dessa área na Organização das Nações Unidas (ONU), mostrou que o Brasil é o segundo país que mais sofre com perdas econômicas por conta de ataques cibernéticos. Apenas em 12 meses entre 2017 e 2018, o prejuízo das empresas brasileiras ultrapassou US$ 20 bilhões e afetou mais de 70 milhões de pessoas — praticamente um terço da população nacional. Mas o que o faz ser um dos alvos preferidos desses criminosos? Confira cinco motivos que explicam essa situação de acordo com o levantamento e veja como se precaver:

Continue lendo »

Illustration of computer with a frowning face.

Ilustração: Eniola Odetunde/Axios

A ideia de que IA pode replicar e até amplificar preconceitos tipicamente humanos vinha sendo discutida há algum tempo, mas agora parece ocupar a frente do palco. Segundo Kaveh Waddell, do site Axios, toda grande empresa de tecnologia está se preocupando em apresentar sua visão da “ética da IA“. Continue lendo »

O artigo abaixo foi publicado originalmente no site The Conversation e a autora, Dorothy Ann Lee, da University of Divinity, buscou explicar como o culto da Virgem Maria transformou um símbolo da autoridade feminina em uma ferramenta de patriarcado. O texto tem uma licença Creative Commons. Continue lendo »

Feliz Natal!

24/12/2019

Natal2019

Resultado de imagem para blockchain workspacesEm uma palavra: blockchain. Pelo menos é o que pensa Janice Bryant Howroyd, fundadora e diretora executiva do ActOne Group, no artigo abaixo do blog da Forbes, traduzido e adaptado por mim.  Continue lendo »

Uma manjedoura tendo ao fundo blocos de concreto aparentemente perfurados por um morteiro é o mais recente presente oferecido à cidade de Belém pelo artista conhecido pelo pseudônimo de Banksy. Ela foi inaugurada neste sábado, 21/12, o Walled-Off Hotel, situado na Cisjordânia, região ocupada por Israel.

Batizado de “Cicatriz de Belém”, o presépio apresenta o bebê Jesus, Maria e José iluminados por trás, ao lado de faixas de concreto danificadas, com marcas de cinzeladas avançando em quatro direções a partir de um buraco de explosão, lembrando a Estrela de Natal.

O Walled-Off Hotel pertence ao Banksy. Nele, todos os quartos têm vista para uma seção de concreto da barreira construída por Israel para separar a Cisjordânia ocupada do território israelense.

“Amor” e “paz” estão grafitados marcados em inglês e francês nos blocos de concreto da instalação artística, e três grandes presentes embrulhados estão na vanguarda da cena.

“É um presépio”, disse o gerente do hotel, Wissam Salsaa, à AFP após a instalação da peça. “Banksy fez sua própria contribuição para o Natal, trazendo à tona a história de Belém, a história do Natal, de uma maneira diferente — para fazer as pessoas pensarem mais sobre como os palestinos vivem em Belém.

Salsaa chama o muro israelense de “cicatriz” e diz que ele deveria envergonhar todos os que apoiaram sua construção.

Israel começou a construir a barreira — partes em concreto e outros trechos com cercas — em 2002, durante a revolta palestina, ou intifada. Construído principalmente dentro da Cisjordânia, Israel diz que é necessário evitar ataques, mas os palestinos o classificam como um muro do apartheid, separando-os de Jerusalém.

As festividades tradicionais de Natal em Belém acontecerão na próxima semana na igreja construída no local onde os cristãos acreditam que Jesus nasceu.

Além da cena da manjedoura e do hotel — um estabelecimento aberto há dois anos — Banksy fez outras intervenções na Cisjordânia.

Em 2007, ele pintou várias obras de arte em Belém, incluindo uma jovem revistando um soldado israelense preso na parede. Em 2005, ele espalhou nove imagens gravadas em diferentes locais ao longo da barreira de separação de oito metros de altura (27 pés). Eles incluíam uma escada na parede, uma garotinha levada por balões e uma janela se abrindo para uma pacífica paisagem montanhosa.

Os grafiteiros palestinos também fizeram do muro de separação um lugar de expressão política e artística.

Como em outras partes do mundo, as obras de Banksy no território ocupado se tornaram atrações turísticas — em parte devido a ele muitas vezes se fantasiar para criar suas obras na calada da noite.

A identidade do grafiteiro mais conhecido do mundo permanece um mistério e ele não esteve presente durante a revelação de seu último trabalho.

“Banksy está tentando ser uma voz para aqueles que não podem falar”, disse Salsaa. “Ele “=está criando um novo modelo de resistência através da arte.”

Banksy ganhou destaque depois que suas obras de arte subversivas começaram a aparecer em espaços públicos no Reino Unido no início dos anos 2000, e ele trabalhou por muito tempo em temas de violência e conflito.

[RawStory © 2019 AFP]

Na quinta-feira, 19/12, The New York Times publicou o primeiro artigo de sua série “One Nation, Tracked”, uma investigação sobre o rastreamento de smartphones com base em um conjunto de dados com mais de 50 bilhões de pings de localização de dispositivos de mais de 12 milhões de pessoas nos Estados Unidos. Isso bastou para que fosse iniciado um movimento pedindo que o Congresso americano tomasse ações, pois o que transparece poderia perfeitamente ser definido como descalabro. Continue lendo »

“Star Wars: A Ascensão Skywalker”, o final da terceira (última?) trilogia de Guerra nas Estrelas, entrou em cartaz no Brasil nesta quinta-feira, 19 de dezembro. Quem viu as pré-estreias não ficou muito entusiasmado, mas os posters que foram encomendados a alguns artistas pelos estúdios da Disney para promover o filme nas mídias sociais só têm recebido elogios. Continue lendo »