Segundo o site http://www.umacoisaeoutra.com.br (confirmei no http://www.dictionary.com), “trata-se de um vocábulo inglês de origem francesa. “Gai” foi usado em francês por Christian de Troyes pelo menos desde o século XII, com o significado de feliz, alegre, exultante e, também, divertido. A palavra entrou no inglês como “gay”, com o mesmo significado, mas no século XVII adquiriu a conotação de pessoa autoindulgente que busca apenas o prazer e em fins do século XIX, usava-se com a denotação atual nos códigos da comunidade homossexual norteamericana. Nos anos sessenta do século XX, na medida em que os homossexuais começaram a tornar-se mais visíveis, a palavra transcendeu ao vocabulário comum, no princípio entre aspas, e chegou ao português pelos anos setenta.”

Anúncios

Facebook: o titanic da Nasdaq?

Agora que o valor das ações da empresa de Mr. Zuckerberg caiu abaixo de 30 dólares (e não se sabe se já parou de cair), parece fácil apontar o dedo para possíveis culpados. Mas o fato é que muitos analistas alertavam sobre os problemas que envolviam o maior IPO dos últimos tempos. E a diretoria da Nasdaq escolheu desconsiderar os avisos. O preço dessa decisão recaiu principalmente nas costas dos pequenos investidores, como se pode depreender desta matéria do Business Insider, mas a médio prazo pode ser que comprometa profundamente a imagem da própria Nasdaq. Leia a matéria, em inglês, no TechCrunch.

Brasileiro é coautor de novo padrão para Internet móvel Continue lendo »

V Congresso exalta ícones da comunicação

Um dos momentos mais emocionantes do V Congresso da Indústria da Comunicação foi a entrega do prêmio Ícones da Comunicação, realizado pela Associação brasileira das Agências de Propaganda (Abap). A homenagem é prestada pela associação aos nomes que mais contribuem para o mercado no País. Este ano foram contemplados com o troféu Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, Júlio Ribeiro, sócio-presidente da Talent, e Octávio Florisbal, diretor-geral da Rede Globo. DPZ e da ESPM também foram homenageadas. Leia a matéria completa, com vídeo, no Meio&Mensagem.

Mídia brasileira deve crescer R$ 10 bilhões a menos que o previsto Continue lendo »

Abertura do V Congresso da Indústria da Comunicação

Entre os dias 28 e 30 de maio no World Trade Center, em São Paulo, acontece a quinta edição do evento que irá debater as principais questões relacionadas ao setor e que contará com a presença de renomados líderes da indústria da comunicação no Brasil. Veja a galeria de fotos do primeiro dia no Meio&Mensagem.

Inscrições abertas para a 22a. turma do Curso de Especialização em Marketing Direto da Abemd.

Saiba mais em http://www.abemd.org.br/curso/

Google investe em cartão com NFC

Google disponibiliza o Beba, oferecido inicialmente no Quênia, que funciona como um cartão de banco com a tecnologia NFC (Near Field Communication) para transportes públicos. Leia a matéria completa no portal ProXXIma.

Facebook pode comprar navegador Opera

Atacado pelo Google+ nas redes sociais, Mark Zuckerberg pode revidar e invadir a área de buscas, que não lhe é tão familiar, para tirar mercado do Google. A especulação não é nova, mas o Mashable abre a semana alertando para a iminente imersão do Facebook por meio da compra do Opera. Leia a matéria completa no Adnews.

Conhece o modelo matemático dos boatos na web?

Existe, segundo o Prof. Silvio Meira. É o modelo de albert-barabási (ilustração abaixo). Confiram que história é essa no Terra Magazine.

As 25 marcas que mais cresceram no YouTube em maio

Segundo o Adnews, levantamento feito pela Socialbakers avalia as 25 marcas globais que mais cresceram em maio no site de vídeos. O principal critério levado em conta pela empresa é o poder de viralização do conteúdo, diretamente atrelado à quantidade e qualidade dos vídeos publicados nos canais. O Brasil tem apenas um representante: a operação nacional da Motorola. No topo, figuram Rovio Mobile, Dior e Sony Music India Channel. Confira as demais marcas no site  da Socialbakers.

(Os ortodoxos que me perdoem, mas a corujice falou mais alto. O artigo abaixo, do Rodolfo Lucena, colunista da Folha, e que saiu no jornal de domingo, é sobre o maravilhoso trabalho de minha filha Laura.)

Pensei que fossem poemas, retalhos de poesia, quando vi pela primeira vez os pequenos textos impressos em papel colorido e colados em pontos de ônibus da zona oeste de São Paulo. Mas não. “São microrroteiros”, corrige a criadora dessas historinhas, Laura Guimarães, 34, figura miúda de cabelos pretos encaracolados. Continue lendo »

E o milagre não aconteceu. Como qualquer pessoa sensata preveria, o preço das ações do Facebook despencou a partir do segundo dia de pregão. Caiu 13,1% nos primeiros cinco dias, o que configura o pior desempenho da década de uma primeira semana pós-IPO.

O gráfico abaixo foi feito pela Venture Beat a partir de dados compilados pela Bloomberg no fechamento do pregão de sexta-feira. Observe o contraste com os IPOs da Mastercard e principalmente da Visa. Leia a matéria completa, em inglês, no site do VB.

Como vocês sabem bem, eu sou um “cara do texto”, vulgarmente conhecido como redator. Sei (menos do que até gostaria) e, principalmente, gosto de escrever. E não apenas “sacadas”, títulos, os textos cada vez mais curtos que foram se tornando padrão na publicidade. Gosto de contar uma história, envolver o leitor/consumidor com um tema bem introduzido, bem desenvolvido e bem concluído. Daí, provavelmente, a explicação de como terminei caindo no marketing direto, pois é uma disciplina onde, até pouco tempo, pelo menos, o texto reinava.

Mas o fato é que vivemos na era da cultura visual, da soberania da imagem e não dá para enfiar a cabeça na areia e fingir que não é com você. O exemplo mais bem acabado disso é o Instagram. Quando se começou a falar em co-criação, crowdsourcing e que-tais, eu e muita gente pensamos logo na explosão de blogs e outras ferramentas de compartilhamento de texto. Ledo engano. A coisa explodiu mesmo foi com esse singelo aplicativo de fotos. Continue lendo »

No último dia 16, publiquei aqui um post sobre este assunto, no qual citei as fontes listadas no site wordofmouth.org e prometi me estender um pouco sobre cada uma delas. Isso foi feito, mas não aqui neste blog e sim em um artigo no site A Zona de Desconforto. Relembrando, aqui estão as fontes: Prestar um excelente serviço ao consumidor, Criar algo surpreeendente, Ser divertido, Agregar um novo recurso e Compartilhar informações valiosas. Confiram.

Projeto E-Commerce Brasil anuncia segunda edição do prêmio para profissionais de comércio eletrônico

Com objetivo de reconhecer os profissionais de comércio eletrônico que mais se destacaram ao longo do ano, o Projeto E-Commerce Brasil, oferecido por iMasters, Abril e IBM, anuncia o Prêmio E-Commerce Brasil 2012. O prêmio irá coroar os maiores destaques nas seguintes categorias: Atendimento e Relacionamento; Estratégia e Gestão; Inovação; Logística e Operação; Marketing e Vendas; Pagamentos; Segurança; Tecnologia; Métricas; e Integração ERP. Para a escolha dos vencedores, a celebração será dividida em duas etapas, a primeira começa já no próximo dia 28 de maio, com o lançamento do site do prêmio – http://www.ecommercebrasil.com.br/premio-e-commerce-brasil-2012. Nele, será possível indicar os profissionais, relacionando a empresa e a categoria. A seleção irá até o dia 2 de julho. Saiba mais no release distribuído à imprensa.

Impressora japonesa não usa tinta e papel pode ser reutilizado até 1000 vezes Continue lendo »

Quando vejo um IPO como este da FB, mais me convenço de que a bolsa é para profissionais. O artigo abaixo, do professor José Luis Berg, merece ser lido com atenção. E a questão é maior: continuamos vivendo no meio de bolhas?

O IPO do Facebubble Continue lendo »