A semana que passou foi a da abertura da Assembléia Geral das Nações Unidas. Como é de praxe, o primeiro a discursar é o presidente do Brasil – no caso, a presidenta. E sua crítica firme contra a espionagem americana repercutiu em praticamente todos os grandes veículos de comunicação do mundo. Menos intensamente, porém, no Brasil, onde praticamente todo mundo colocou “mas” e acusou-a de mirar em sua reeleição. Leia o resto deste post »

Abandono de carrinhos: estudos apontam soluções

CEO do Yahoo afirma que futuro da publicidade está na personalização (marketing diálogo?). Leia abaixo

A maioria dos clientes abandonam seus carrinhos de compras durante as compras online. Embora a porcentagem exata varie dependendo do instituto, o abandono é sempre alto. Pesquisas da SaleCycle e da Listrak apontam para uma taxa de abandono de 75% em média. A comScore fala em 67% e a Rejoiner, em 80%. Então, o que uma marca precisa fazer para que o consumidor termine a compra? Em primeiro lugar, começar a perceber que esses abandonos geralmente ocorrem porque os clientes ainda não estão prontos para comprar ou o preço não está certo. Charles Nicholls, fundador e diretor de estratégia da empresa de remarketing  SeeWhy (cuja pesquisa aponta para uma taxa média de abandono de 72%), diz que uma campanha sequencial de email muitas vezes pode persuadir pessoas que abandonaram seus carrinhos de compras a retornar com seus cartões de crédito. Ele chama isso de “lembrar, tranquilizar, e promover”. O e-mail “lembrar”, que tem em média uma taxa de abertura de 46%, é enviado imediatamente após o abandono e pergunta se o cliente teve algum problema com o check-out e oferece ajuda. O e-mail “tranquilizar”, enviado 24 horas após o abandono, contém opiniões ou recomendações de produtos para atrair de volta quem abandonou os carrinhos (Nicholls diz que aqueles que retornam ao site via e-mail são 2,6 vezes mais propensos a fazer uma compra do que aqueles que não clicarem). E o email “promover” é enviado de uma semana após o abandono geralmente com descontos e outras ofertas, o que aumenta significativamente as taxas de abertura. Portal Abemd

Marissa Mayer aposta suas fichas: “O futuro é a personalização” Leia o resto deste post »

Empresas que mais inovaram em fidelização de clientes receberam prêmios do Colloquy

O Aloft Bogota Airport é considerado o hotel mais sustentável da América Latina. Leia abaixo

A premiação existe desde 2010 e reconhece as estratégias de fidelização mais inovadoras. Este ano, o COLLOQUY premiou iniciativas em sete categorias, além do Master of Enterprise Loyalty Award, que exemplifica o melhor uso de pesquisas com consumidores para beneficiar o consumidor e a organização. Dezenas de empresas de inúmeros países concorreram. Caesars Entertainment ganhou o Masters, com seu programa Total Rewards; Walgreens, recebeu o prêmio Innovation in Loyalty Marketing Award (North America), por seu programa Balance Rewards; Hertz International recebeu o prêmio Loyalty Innovation in Travel/Hospitality Award (Global), pelo seu programa Gold Plus Rewards; Citi recebeu o prêmio Loyalty Innovation in Financial Services Award (North America), pelo reformulação do programa ThankYou; St. John’s Transportation Commission (Newfoundland, Canadá) recebeu o prêmio Loyalty Innovation in Other Industries (Global), pela parceria Metrobus-AIR MILES; ANZ Banking Group (Australia) recebeu o prêmio Loyalty Innovation in Financial Services Award (International) por sua campanha de expiração de pontos; Air Miles (Emirados Árabes Unidos) recebeu o prêmio Innovation in Loyalty Marketing Award (International) por sua campanha Rewarding 2013 Experience;  e Coles (Australia) recebeu o prêmio Loyalty Innovation in Retail Award (Global) pelo relançamento do programa Flybuys. “As expectativas dos consumidores estão aumentando rapidamente”, editor-at-large, comentou Dennis Armbruster, editor da COLLOQUY, durante o almoço no Four Seasons no qual foram entregues os prêmios. “Como profissionais de marketing de fidelização, devemos continuar a encontrar caminhos para aumentar o nosso cacife em relação a esse aumento das expectativas dos nossos clientes – ou eles vão deixar de voltar.” Portal Abemd

ExactTarget Connections ’13: evite as falsas melhores práticas Leia o resto deste post »

FoxSports escala Facebook em suas transmissões esportivas

Um smartphone sustentável? Leia abaixo

O Facebook anunciou um acordo de parceria de seis meses com a FOX Sports que vai permitir que os dados do Facebook e também conversas sociais apareçam ao vivo nas transmissões de jogos de futebol americano da NFL e da liga universitária, e também de jogos de futebol (soccer). A FOX Sports vai usar os dados do Facebook para fornecer análises em tempo real de forma suplementar às suas transmissões ao vivo. Os telespectadores poderão votar em uma determinada equipe ou jogo, incluir perguntas que serão visualizadas durante as transmissões. Além disso, a rede vai fornecer um fluxo em tempo real de conversas do usuário em áreas como o ticker. O contrato de seis meses é puramente relacionado ao conteúdo, ou seja, nenhuma das duas empresas está pagando nada uma à outra, de acordo com um porta-voz do Facebook. Elas também não informaram o que ocorrerá ao fim do contrato. Portal Abemd

Twitter firma sua maior parceria até agora: CBS Leia o resto deste post »

Pesquisa: cresce uso de mídias sociais pelas empresas para objetivos de marketing diálogo

Investimentos em Big Data crescem, mas há muita gente que sequer sabe do que se trata. Confira abaixo

Semanalmente, a Direct Marketing Association publica alguns resultados das pesquisas que realizou para o seu DMA 2013 Statistical Fact Book.  O tema publicado no sábado passado, 21, foi mídias sociais. A questão era: qual o objetivo mais importante que seus clientes estão tentando atingir com mídias sociais? Leia o resto deste post »

Sede da Embraer

Embraer vai operar no segmento naval. Leia mais abaixo

Deixando de lado, as fofocas pessoais (Bill Gates voltou a ser o homem mais rico, Lehman é “brasilionário”, Eike põe culpa nos astros…), vamos tentar listar algumas coisas interessantes que aconteceram.

O fato, por exemplo, do Google anunciar que vai criar uma companhia para desenvolver tecnologias na área de saúde ligada ao envelhecimento. Batizada de Calico, a empresa seria liderada pela Apple e por Art Levinson, presidente da firma de biotecnologia Genentech. Entretanto, executivos do Google afirmam que o negócio principal da companhia continua sendo o serviço de buscas na internet. Leia o resto deste post »

Bradesco Seguros lança aplicativo “Conviva Bike”

Projeto Helsinki Plant Tram levou finlandeses a criar jardim urbano em troca de gratuidade no transporte. Uma ideia para as cidades brasileiras? Leia abaixo

Pedalar tornou-se um dos hobbies com maior número de adeptos no Brasil. Pensando nesse público, o Grupo Bradesco Seguros lançou, nesta quarta-feira (18), o aplicativo Conviva Bike, ferramenta tecnológica voltada para os “bikers”, que disponibiliza diversas informações, como rotas, fotos, eventos e opções de compartilhamento. A ferramenta vai aproximar esse público ainda mais da marca.  O aplicativo está disponível para download gratuito em celulares Android (via Google Play), iOS (iPhone/iPad/iPod) e conta com a interatividade do Facebook Connect. Por meio dessa opção, o usuário tem acesso mais completo às funções do aplicativo, podendo, entre outras coisas, visualizar rotas criadas pelos seus amigos, criar eventos e, com auxílio de um sistema de localização, consultar estabelecimentos “bikefriendly” próximos a ele, entre outras funções. Portal Abemd

IBM anuncia suite de ferramentas voltados para customer intelligence e rede de marketing digital Leia o resto deste post »

A simplicidade do Twitter é uma força ou uma fraqueza?

Cientistas criaram lente que combina focagem natural do olho humano com “grande angular” do olho dos insetos. Leia abaixo

O Twitter é, sem dúvida, um produto muito mais simples do Facebook, o que pode representar uma fraqueza, na medida em que não oferece aos anunciantes o tesouro de dados demográficos do seu rival. Mas essa simplicidade, por outro lado, pode ser uma virtude. De acordo com matéria publicada ontem, 16, no The New York Time, a estratégia de monetização do Twitter é examente explorar isso, oferecendo basicamente três formatos de publicidade: tweets promovidos, aparecer na lista de assuntos do momento (trending topics) e aparecer no topo da lista de Quem Seguir. “O que eles têm sido capazes de fazer muito bem é desenvolver produtos que atendam as necessidades da maioria dos anunciantes sem ser excessivamente complexos”, comenta Debra Aho Williamson, da eMarketer. Portal Abemd

Nota da Coca-Cola sobre o caso do Rato no refrigerante Leia o resto deste post »

Varejistas eletrônicos garimpam redes sociais em busca de imagens de pessoas reais

Plataforma Fiat Live Store leva o consumidor para dentro do carro. Leia abaixo

Plataforma Fiat Live Store leva o consumidor para dentro do carro. Leia abaixo

Até agora, as empresas de comércio eletrônico, como o varejo em geral, na hora de mostrar seus produtos, usavam principalmente top models, magras e com ar de alienígenas, fotografadas em estúdios high-end. Mas isso está mudando. O e-varejistas estão cada vez mais usando instantâneos de pessoas normais que endossam as marcas no Instagram, Facebook, Twitter e Pinterest. A ideia, nas palavras de Lis Eswein, co-fundadora da The Mobile Media Lab, é usar, “em vez de alguém com 1,80m e medidas perfeitas, alguém que se parece mais com você”. Marcas como Urban Outfitters, Under Armour e Rebecca Minkoff estão testando Fanreel, uma plataforma de curadoria que ajuda a gerenciar imagens geradas pelo usuário de mídias sociais para uso em seus sites. “Imagens geradas pelos usuários estão subindo para todos os nossos canais de marketing. É para onde nossos clientes vão”, disse Moira Gregonis da Urban Outfitters. Portal Abemd

Fiat lança experimentação de carro pela web Leia o resto deste post »

Análise: veículos impressos que estão mudando para mobile precisam se lembrar de trazer os leitores junto

O ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner, orientou as pessoas a usarem menos os seus carros.

O ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner, participou do 1º Encontro de Mobilidade Urbana Sustentável. Leia abaixo

Um número cada vez maior de jornais e revistas está oferecendo versões móveis. Mas, na pressa de fazer isso, eles podem estar comprometendo as relações vitais com os leitores, afirma Cezary Pietrzak, diretor de marketing da Appboy, plataforma de integração de web, mobile e social. O fato é que assinaturas digitais ainda representam apenas 3,3% do total da circulação desses veículos. Felizmente, continua, existem remédios, inclusive coisas simples como prestar mais atenção a como os leitores realizam suas experiências com aplicativos e ser mais sensível à forma como acessam conteúdos no celular. Para que essa migração para o mundo digital seja bem sucedida, jornais e revistas precisam parar de “empurrar” vendas e começar a se relacionar melhor. Uma atitude centrada no cliente, alerta ele, não só trará resultados em curto prazo, mas também irá lançar as bases para o sucesso em longo prazo. Portal Abemd

Como desfazer o gap entre CRM tradicional e Mídia Digital Leia o resto deste post »