Resultado de imagem para industria 4.0Quem dispor de pessoal habilitado e tiver os instrumentos para decifrar mais precisamente as informações por trás de uma miríade de dados, ficará com o ouro Continue lendo »

(Saiu ontem no caderno de Tecnologia do Terra, mas continua quente.)

A Microsoft está sob ataque desde sexta-feira por causa de um programa que informa empresas de segurança sobre falhas em produtos que desenvolve. Um dos “guias” enviado às companhias, que explica como explorar uma falha grave e recém-descoberta, apareceu em um site hacker chinês no último dia da semana passada, segundo a Reuters.

O guia, conhecido como “código de prova de conceito”, teria sido vazado por um das mais de 70 companhias de segurança informática que recebem as informações da Microsoft, de acordo com o pesquisador que descobriu a falha. A companhia de Redmond afirmou que está investigando o documento publicado e “vai tomar as medidas necessárias para proteger os consumidores e garantir que as informações confidenciais compartilhadas pela empresa sejam protegidas nos termos dos contratos e dos requerimentos de programa”.

Leia a matéria completa.

Twitter atinge mais de 500 milhões de contas;  Twitter testa ferramenta de tradução simultânea

As duas notícias saíram no Portal ProXXIma, embora a primeira esteja recebendo contestação. Seja como for, o portal de microblogging está se mexendo bastante para não ficar atrás do Facebook e de outros formatos que estão ganhando impulso, como o Tumblr e o Pinterest. Confira a informação quantitativa aqui e a da ferramenta, aqui Continue lendo »

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A notícia é do site Asiajin. Segundo eles, a NTT Docomo, operadora gigante do Japão, prepara o lançamento para este verão (meio do ano para eles).

O artigo adianta o nome do telefone é LOOX F-07c e algumas de suas características:

  • Troca entre os sistemas Symbian e Windows 7 (atenção: não é Windows Phone) com o toque de um botão
  • 32GB SSD
  • Tela de 4 polegadas com resolução de 1.024×600
  • Intel Atom CPU
  • dimensõess: 125mm×61mm×19,8mm
  • berço para USB/HDMI opcional

A existência do novo celular não foi confirmada nem pela Fujitsu nem pela Docomo.

 

Ontem, o Winamp para Android saiu da versão beta. O lançamento foi só há um mês e o programa já soma mais de 500 mil downloads.

Winamp é um software de gerenciamento de música muito popular para Windows, com 60 milhões de usuários, dos quais apenas 5% nos EUA. Esta versão lançada ontem é a 5.6 e vai permitir o gerenciamento das músicas baixadas diratamente no aparelho e oferecerá algumas novas funcionalidades, incluindo sincronia por Wi-Fi com o Winamp instalado no PC.

O Winamp vai ser posicionado como o melhor aplicativo de gerenciamento de músicas para o Android. A empresa não tem plano de lançar uma versão para iPhone, pois considera praticamente impossível competir com o iTunes no “campo do adversário”.

Fonte: Portal G1

Em1985,  foi lançado o Windows 1.0. Tinha 32 páginas de informações e custava 99 dólares (preço sugestão varejo). E, apesar das chacotas da já crescente comunidade de macmaníacos, foi fundamental para a popularização dos computadores. A primeira versão, na verdade, não era um sistema operacional completo, mas uma interface gráfica que rodava sobre o DOS. Confira abaixo a cara do bicho:

Fonte: Mashable.com

Adnews:

Com o iPad, Steve Jobs não só criou um novo setor tecnológico, como também acabará com outro: o de netbooks. E foi a própria responsável pelo desenvolvimento do Windows quem admitiu o fato, segundo Jonny Evans, do Computerworld, em matéria repercutida pelo IDGNow!.

Gavriella Schuster, gerente geral da Microsoft, declarou ao jornal americano Seattle PI que os netbboks “estão, definitivamente, perdendo importância. Embora sejam dispositivos secundários, suas vendas estão, de fato, diminuindo.” A executiva deu a sentença quando perguntada se o Windows estaria ameaçado com o crescimento dos sistemas operacionais contidos nos tablets.

O Computerworld comenta que a Microsoft insiste em chamar gadgets como o iPad de “dispositivos” sob a justificativa de que eles não se tornarão o principal aparelho dos usuários. Mas lembra que no segmento de aparelhos secundários o dispositivo da Apple é líder incontestável. Pesquisa realizada pela Changewave revelou, por exemplo, que apenas 1% dos usuários de iPad não estão satisfeitos com ele – 72% estão muito felizes e 23% estão contentes.

Já quando o assunto é o uso do tablet no meio corporativo, a Gartner divulgou uma análise que mostrou o potencial do aparelho em se tratando de treinamento de funcionários. “Por mais que não seja um fato consumado, o iPad deve se tornar um marco da tecnologia, assim como o iPod o foi. Mesmo que você pense que é uma moda passageira, o custo de adaptar-se a ela é pequeno, mas o preço do atraso pode ser altíssimo”, disse Stephen Prentice, vice-presidente da empresa.