Primeiro, era a astrologia. Depois é que veio a astronomia. Não foi assim com o estudo do universo em que existimos? Parece que algo parecido se delineia no campo das mídias sociais. O mito mais forte no momento é que basta abrir uma página no Facebook. Sinto muito, amigos, mas se você pretende ser efetivo terá de incluir outros planetas e até outros sistemas solares em sua busca. Nessa direção, e falando basicamente de B2B, o pessoal da Marketo preparou um infográfico que vale a pena dar uma olhada. De acordo com o estudo que fizeram, blogs (surprise!) continuam no centro do universo. O sucesso do que eles chamam “orbiting entities”, entidades em órbita, é determinado pela qualidade do blog.  Continue lendo »

Respostas à terceira questão formulada pelo site Who’s blogging what e pela Hubspot. Se quiser repassá-las, confirme aqui.

Conteúdo baseado em soluções, por Maddie Grant

“Os profissionais de marketing deveriam parar de fazer marketing e começar a se conectar. COMEÇAR A RESOLVER PROBLEMAS. COMEÇAR A CONSTRUIR RELACIONAMENTOS. A teia social capacita isso muito, muito facilmente. Eu também penso que as empresas têm cada vez mais responsabilidade social. Se elas puderem ajudar a melhorar as comunidades (online and offline) em torno delas, o dinheiro seguirá a trilha…” Continue lendo »

26 entre os maiores especialistas de marketing mundiais responderam a 6 questões formuladas pelo site Who’s blogging what e pela Hubspot, empresa que desenvolve sistemas de gerenciamento web, email marketing, analytics, etc. Com essas respostas, elas criaram o ebook 54 pearls of marketing wisdom que pretendo compartilhar com vocês. Por um lado, apresentando a tradução de algumas das respostas e, por outro, disponibilizando, para quem quiser o ebook (em inglês)).

As perguntas foram:

  1. O que surpreendeu você no campo das mídias sociais em 2011 e como isso afetou seu planejamento para 2012?
  2. Como fazer o melhor planejamento de longo prazo em móbile?
  3. As mídias sociais afetaram a natureza do conteúdo online?
  4. Como fazer a melhor alocação de recursos entre as maiores redes de mídias sociais?
  5. Se você voltasse a 2006, o que mudaria no desenvolvimento das mídias sociais?
  6. Quais os seus conselhos para os profissionais que trabalham com mídias sociais em relação a 2012?

E vamos às respostas da primeira pergunta (interessante observar as visões conflitantes em relação ao Google+: Continue lendo »