Kellogg desde 2015, Huggies no ano passado e Starbucks desde a semana passada são as marcas que estão experimentando premiar outros produtos de suas lojas Continue lendo »

Starbucks Roastery SeattleCrescimento dos pedidos via mobile é inevitável e precisa ser enfrentado para evitar gargalos

Continue lendo »

Resultado de imagem para evan williams mediumCliques não sustentam mais os negócios na Internet — mas nada realmente bom já apareceu para substituí-los

Continue lendo »

29 de fevereiro é chamado de Leap Day nos países de língua inglesa e deveria, segundo a empresa, ser devolvido às pessoas para que elas pudessem fazer o bem
A rede de varejo Zappos, que pertence à Amazon e é conhecida por sua criatividade, deu a todos os seus 1.600 funcionários um dia de folga remunerada nesta segunda-feira, 29/2. Além disso, a empresa lançou uma petição no site Change.org, juntamente com uma campanha nas mídias sociais, usando a hashtag #TakeTheLeap, para que o Leap Day, como esse dia que existe apenas em anos bissextos é chamado nos países de língua inglesa, seja declarado um feriado nacional. “Nós queremos dar esse dia de volta para as pessoas”, declarou uma porta-voz da empresa. “Ele deveria ser usado como um dia de bônus para fazer o bem — para sua comunidade, para sua família, para você mesmo.” Fonte: Adweeek

Lembre-se: ainda dá tempo de se inscrever no Curso de Especialização da Abemd: abemd.org.br

Continue lendo »

7 sinais de que está na hora de modernizar seu programa de fidelidade

Customização de produtos, via impressão 3D, ao alcance de pequenas empresas. Confira abaixo

A Starbucks tinha 40 anos e uma das marcas mais reconhecidas do mundo quando decidiu renovar o seu logotipo em 2011. A bem sucedida cadeia do café sabia que uma série de fatores, de uma economia em declínio a uma concorrência mais focada, exigia isso. Uma marca menos confiante podia ter enfiado a cabeça na areia e evitado mudar, mas a ousadia favoreceu a Starbucks. Segundo Bryan Pearson, presidente e CEO da LoyaltyOne, o mesmo vale para programas de fidelidade. Independentemente da sua idade e do seu sucesso no passado, quem o opera precisa ficar atento a eventos que podem comprometer o seu sucesso no futuro. Continue lendo »

Starbucks confirmou que guarda dados dos clientes em .txt

Image: Mark Lennihan/Associated Press

Na quinta-feira passada, 16/1, executivos da Starbucks confirmaram que o aplicativo mobile da rede salva senhas e outras informações do usuário, como endereços de email, nomes de usuários e dados de geolocalização em inseguros arquivos de texto. Ou seja, não criptografados, ao alcance de qualquer um que conecte um POS das lojas a um PC. O mais grave é que o Starbucks App, disponível para iOS, Android e Blackberry, é o aplicativo de pagamento mais popular nos EUA. Aparentemente, a empresa priorizou a conveniência – o consumidor só precisa usar login e senha na primeira vez que usa o aplicativo, todas as compras subsequentes usam essa informação. O problema é que Continue lendo »

MMS pode ser o próximo grande canal de mobile marketing

Os 100 mil primeiros usuários que se cadastrarem com um cartão Visa ganharão um gift card de US$ 5

Starbucks lança nos EUA ação pelo Twitter e 100 mil primeiros usuários cadastrados com cartão Visa ganharão gift card de 5 dólares. Confira

“Mobile marketing” geralmente evoca imagens de banners ou publicidade nativa, mas algumas empresas acham que o futuro está nas humildes mensagens de texto. Marcas como Ikea, Kellogg, Bloomingdales, Starbucks e as redes de TV ABC, Fox e CBS lançaram ações utilizando SMS e MMS. Este último é visto por alguns como uma grande oportunidade para anúncios multimídia, incluindo vídeo. Ao mesmo tempo, a Iris Mobile, de Chicago, anunciou esta semana que recebeu US$ 3 milhões em financiamento dos fundos Origin Ventures, Illinois Ventures, Hyde Park Angels e OCA Ventures. Continue lendo »

O poder das boas perguntas

Andrew-Headshot-2-242x300Andrew Sobel tem mais de 30 anos de experiência como consultor especializado em gerenciamento de empresas, educador-executivo e coach. Autor prolífico, publicou entre outros “Client For Life”, “Making Rain” e “All for One: 10 Strategies for Building Trusted Client Partnerships”. Sua obra mais recente chama-se “Power Questions”. Ele foi entrevistado por , do SmartBlog On Leadership.

As pessoas costumam falar muito em um esforço para demonstrar o próprio conhecimento. Por que você acha, ao contrário, que fazer perguntas e ouvir vai fazer as pessoas parecerem mais inteligente? 

Continue lendo em A Zona de Desconforto

Na cola da Starbucks e da Panera Bread, Dunkin’ Donuts lança programa de fidelidade Continue lendo »

Zynga leva “fazendeiros” do Facebook para o próximo nível

A Zynga anunciou ontem o lançamento global do FarmVille 2, a nova geração do popular jogo da empresa para Facebook. “FarmVille 2 oferece aos jogadores uma nova maneira de cuidar de suas fazendas ao entregar uma experiência imersiva, personagens ricos e novos recursos sociais que farão os tabuleiros criar vida junto com seus amigos”, afirmou Tim LeTourneau, vice presidente de games da Zynga. É o primeiro produto da Zynga construído inteiramente em 3D. O jogo permite que os jogadores não apenas plantem e cultivem como também usem suas colheitas para fazer coisas como alimentar galinhas e cozinhar bolos que podem levar para o mercado e vender. Leia a matéria completa, em inglês, no Mashable.

Os 50 mais inovadores do mundo digital brasileiro Continue lendo »

Facebook: 3 erros que você pode evitar ao usar a rede em seu marketing

Fae Esperas: “Faz quase um ano que comecei a fazer social media marketing. Na ocasião, eu pensava que meu trabalho seria principalmente publicar posts na página do Facebook do cliente, com fotos e tiradas bem-humoradas que dariam voz à marca. Aos poucos, no entanto, percebi que o trabalho seria bem mais difícil, mais desafiador até do que escrever posts para os blogs. E apesar de dedicar tempo e esforço na criação de conteúdo que iria ser publicado nos perfis de meus clientes muitas vezes o resultado foi pífio.” Leia a matéria completa em A Zona de Desconforto.

A estética da “nova classe média” Continue lendo »