Starbucks confirmou que guarda dados dos clientes em .txt

Image: Mark Lennihan/Associated Press

Na quinta-feira passada, 16/1, executivos da Starbucks confirmaram que o aplicativo mobile da rede salva senhas e outras informações do usuário, como endereços de email, nomes de usuários e dados de geolocalização em inseguros arquivos de texto. Ou seja, não criptografados, ao alcance de qualquer um que conecte um POS das lojas a um PC. O mais grave é que o Starbucks App, disponível para iOS, Android e Blackberry, é o aplicativo de pagamento mais popular nos EUA. Aparentemente, a empresa priorizou a conveniência – o consumidor só precisa usar login e senha na primeira vez que usa o aplicativo, todas as compras subsequentes usam essa informação. O problema é que Continue lendo »