Resultado de imagem para roi

Especialista aconselha a análise de causalidade e incrementalidade Continue lendo »

Pesquisa: Email Marketing garante retornos sobre investimentos

Instalada na inóspita Xinjiang, central de geração terá capacidade de produzir 10 mil megawatts.

Instalada na província de Xinjiang, parque solar chinês terá capacidade de produzir 10 mil megawatts. Leia mais abaixo

Uma boa notícia para quem utiliza a ferramenta. A pesquisa MarketingSherpa 2013 Email Marketing Benchmark Survey mostrou uma grande maioria de empresas, 60%, confirmando que suas ações de email marketing produzem ROI. Segundo um dos executivos ouvidos, “email marketing, mesmo em um nível tão básico como utilizamos a ferramenta em 2012, superou todas as outras formas de marketing online combinadas. Estamos investindo agora muito mais em email. Ele funciona melhor do que PPC, melhor do que a exibição de anúncios online e fornece um canal para marketing de conteúdo”. Outro entrevistado declarou que Continue lendo »

How to capture leads with social mediaA coluna desta semana pegou carona – mais uma vez! – no blog do consultor australiano Jeff Bullas. Ele publicou um desses artigos seminais, assinado por um autor convidado, Jason Parks, sócio-proprietário de The Media Captain, uma produtora de video e de Digital Marketing de Columbus, Ohio, EUA. O artigo fala de um assunto que está em praticamente todas as rodas de negócio atualmente: como medir o ROI das redes sociais. Continue lendo »

De onde vêm os melhores “leads” de vendas? PMEs apontam o Twitter

150792Para as pequenas e médias empresas (PMEs) voltadas para o mercado B2B, Facebook é para tráfego e Twitter é para leads, isto é, solicitações de visitas e outras formas de início de uma venda. Isso, pelo menos, é a conclusão de uma análise de 600 sites norte-americanos conduzida pela Optify. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Ferrari Racing Days será realizado em São Paulo no mês de abril Continue lendo »

Estudo: campanhas online aumentam atividade em lojas do mundo real

De acordo com análises da RapidBlue, campanhas do Google AdWords têm um efeito dramático no comportamento de compra do consumidor no mundo real, multiplicando mais de dez vezes tanto o tráfego nas lojas como o tempo em que o consumidor passa na loja. Isso sugere que a concentração das mensurações em taxas de click-thru e outras métricas exclusivamente online estão perdendo uma porção do substancial do ROI real das campanhas. Leia a matéria completa, em inglês, no site da CNNMoney/Fortune.

Como criar um concurso cultural no Facebook Continue lendo »

Reproduzo abaixo entrevista do Presidente da Abemd ao Propmark, na qual ele apresenta a estratégia para impulsionar atividade no país.

Marketing direto = diálogo. Essa é a definição que Efraim Kapulski, presidente da Abemd (Associação Brasileira de Marketing Direto), utiliza quando alguém pede para que ele explique o que significa essa atividade que hoje movimenta mais de R$ 22 bilhões por ano e que, segundo o executivo, ainda tem muito campo para crescer. Os números facilmente comprovam essa constatação – 40% do setor do marketing direto brasileiro vem dos investimentos das empresas dos segmentos financeiros e de telecom. Porcentagem essa que deve diminuir nos próximos anos, com a entrada cada vez mais consistente de setores como o automobilístico, imobiliário, de educação e saúde, para ficar apenas em quatro importantes mercados. E que deve impulsionar ainda mais o crescimento da disciplina nos próximos anos. A estimativa das empresas é de que o marketing direto cresça cerca de 16,5% ao ano até 2014. Número superior ao crescimento médio da década passada, que foi de 12,5% ao ano. Nesta entrevista, além de comentar o atual momento do marketing direto no país, Kapulski também fala das principais ações da Abemd e o que a entidade está fazendo para impulsionar o crescimento da atividade no Brasil. Continue lendo »

Portal Call Center:

Ferramenta de gerenciamento preditivo da comunicação com clientes aumenta o ROI e a eficácia das campanhas de marketing

Definir os clientes-alvo e conquistar o ROI das campanhas de marketing é a meta de todo profissional de marketing.  Mas só isso não é suficiente para o sucesso de uma campanha. É necessário prever a reação do consumidor e saber qual é a probabilidade de um cliente-alvo reagir positivamente a uma mensagem de marketing e partir para o consumo.

Para suprir essa necessidade, a Pitney Bowes Software lançou o Portrit Uplift que, segundo a empresa, “vai além das abordagens tradicionais de modelagem que prevêem clientes propensos a comprar, e, em vez disso, prediz o quanto uma interação de marketing vai aumentar, ou diminuir, a probabilidade de um cliente a comprar”.

Em nota, a Pitney Bowes Software explica que a ferramenta habilita uma organização a ir além da segmentação analítica tradicional, focando as ações de marketing apenas nos clientes que vão reagir positivamente a uma mensagem, eliminando aqueles que vão comprar de qualquer jeito, que nunca irão comprar, ou os que podem reagir negativamente.

Leia a matéria completa.