CIA reconhece a existência da Área 51 (mas sem extraterrestres)A notícia que todo caçador de alienígenas esperava veio esta semana: o governo americano confirmou a existência oficial da Área 51. Segundo The Atlantic Wire, documentos que recentemente deixaram de ser confidenciais, obtidos pelo Arquivo de Segurança Nacional da Universidade George Washington, parecem, pela primeira vez, reconhecer a existência da Área 51. Centenas de páginas descrevem a gênese do local no estado de Nevada, como o lar de programa avião espião do governo durante décadas. Os documentos , no entanto, não mencionam “aliens”. Continue lendo »

Anúncios

Reproduzido de A Zona de Desconforto

A notícia está em todos os portais: Kinea, empresa de investimentos do Itaú, comprou 20% do Grupo ABC, por R$ 170 milhões. Com o dinheiro e a consultoria financeira dos executivos do Kinea, o grupo, que hoje é o 18º maior conglomerado de comunicação do mundo, pretende fazer aquisições e expandir a operação, principalmente no Brasil. Continue lendo »

Reproduzo abaixo entrevista do Presidente da Abemd ao Propmark, na qual ele apresenta a estratégia para impulsionar atividade no país.

Marketing direto = diálogo. Essa é a definição que Efraim Kapulski, presidente da Abemd (Associação Brasileira de Marketing Direto), utiliza quando alguém pede para que ele explique o que significa essa atividade que hoje movimenta mais de R$ 22 bilhões por ano e que, segundo o executivo, ainda tem muito campo para crescer. Os números facilmente comprovam essa constatação – 40% do setor do marketing direto brasileiro vem dos investimentos das empresas dos segmentos financeiros e de telecom. Porcentagem essa que deve diminuir nos próximos anos, com a entrada cada vez mais consistente de setores como o automobilístico, imobiliário, de educação e saúde, para ficar apenas em quatro importantes mercados. E que deve impulsionar ainda mais o crescimento da disciplina nos próximos anos. A estimativa das empresas é de que o marketing direto cresça cerca de 16,5% ao ano até 2014. Número superior ao crescimento médio da década passada, que foi de 12,5% ao ano. Nesta entrevista, além de comentar o atual momento do marketing direto no país, Kapulski também fala das principais ações da Abemd e o que a entidade está fazendo para impulsionar o crescimento da atividade no Brasil. Continue lendo »