Resultado de imagem para wharton alumni angelsWharton Alumni Angels quer colocar empresários brasileiros em contato com a cultura empreendedora americana

Continue lendo »

praise-worship-800x430Embora a experiência religiosa impacte mais de 5,8 bilhões de pessoas no mundo, a nossa compreensão das conexões cerebrais envolvidas permanece obscura. Em um estudo publicado na quinta-feira, 24/11, na revista Social Neuroscience, pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Utah relataram que as experiências espirituais e religiosas ativam os mesmos circuitos de recompensa no cérebro que estão associados a sentimentos de amor e estados de euforia induzidos por drogas. Continue lendo »

Algumas das interfaces mais avançadas que existem – tecnologias que vão além de interfaces gestuais como a Kinect da Microsoft – podem estar mais perto de serem implementadas do que você pensa. De fato, um grupo de pesquisadores em San Diego desenvolveu um sistema que permite aos usuários discar um número de telefone em um celular usando apenas seus pensamentos. O método é surpreendentemente acurado e pode se tornar um grande benefício para pessoas incapacitadas ou que precisam das mãos livres ou que desempenham regularmente tarefas que requerem alto grau de concentração mental.

A tecnologia, que foi desenvolvida pelo pesquisador de neurociência Tzyy-Ping Jung e seus colegas do campus de San Diego da Universidade da California rastreia atividade elétrica no cérebro, usando uma faixa de elétrodos na cabeça e um equipamento Bluetooth. Os usuário do sistema vêem dígitos de zero a nove piscando em diferentes velocidades em uma tela de computador; a freqüência de cada dígito é detectada pelos elétrocos, permitando que o equipamento Bluetooth “saiba” que números discar. Em várias tentativas, pessoas com graus diferentes de treinamento mostraram uma acuracidade entre 70% e 85% ao tentar discar um número de telefone com 10 dígitos.

Fonte: Mashable.com