Imagem relacionadaA “bomba” explodiu na quinta, 27/12, deflagrada no Twitter (onde mais?) de Ellen K. Pao (@ekp), ex-CEO do Reddit, uma supercomunidade da internet. Ou seja, alguém que sabe muito bem o que está falando. Continue lendo »

Resultado de imagem para augmented realityEcossistema saiu do estágio de novidade e já começa a criar valor para os usuários; próximo passo: via web
A realidade aumentada está agora ativada em mais de 500 milhões de dispositivos. Existem mais de 2.000 aplicativos de AR disponíveis na iOS App Store e outros mais de 200 no Google Play. O crescimento do ecossistema móvel foi impulsionado, em parte, por três casos de uso: aplicativos criativos, contextuais e conectados. Esses mesmos casos de uso estão empurrando o ecossistema de AR para além do estágio inicial de novidade, criando um verdadeiro valor para os usuários. O próximo passo, acreditam os analistas, é o crescimento da RA sem aplicativos — como é o caso da solução brasileira pdlighter.com.br. Fonte: Venture Beat
Como mapear e perceber as métricas de engajamento que são importantes
O envolvimento do cliente é uma prioridade para muitos, mas o fato é que não existe um plano de ação único para medi-lo. Algumas marcas simplesmente identificam e registram os engajamentos de clientes, enquanto outras realmente entendem o valor de cada ação. O site eMarketer entrevistou dezenas de executivos de empresas e produziu um documento, “Understanding Customer Engagement: How to Map and Make Sense of the Metrics that Matter”, que busca entender e estruturas as métricas de engajamento do cliente.  na organização. Ele compartilha os requisitos para usar essa estrutura e dá exemplos de empresas que navegam com sucesso pelos esforços de envolvimento do cliente. Uma das empresas mais envolvidas com o projeto é a Beckon, provedora de inteligência de marketing. Ela trabalha com marcas para gerar pontuações e proporções de envolvimento do cliente que podem ser preditores de resultados reais de negócios, como o valor da vida útil (LTV) e as vendas. O envolvimento do cliente é geralmente definido como qualquer ação iniciada pelo cliente que mostre algum tipo de intenção, interesse, conexão ou colaboração com a marca. Essas ações podem diferir por canal. “Se é uma comunicação por e-mail, pode ser uma abertura. Se for um banner, pode ser um clique. Se for uma plataforma social como o Facebook, pode ser um ‘like'”, explicou Jennifer Zeszut, co-fundadora e Chief Customer Officer da Beckon. As marcas podem analisar uma contagem de volume básico de engajamentos totais, por exemplo, 1,2 milhão de engajamentos de clientes em um trimestre, e isso pode ser usado como referência em relação aos trimestres anteriores. Pode-se avaliar os engajamentos por cliente — número total de clientes e número total de engajamentos. Outro exemplo poderia ser o engajamento por cliente individual. As marcas que podem rastrear engajamentos em um nível de cliente podem criar uma métrica para ver quais clientes têm o nível mais alto de engajamento. Essas métricas podem ser uma forma de descobrir segmentos de compradores e quem está pronto para navegar pelo funil ou que tipo de aumento de vendas esperar. Outros profissionais de marketing usam essas métricas para testar mensagens criativas e diferentes. “Para algumas marcas, algumas métricas do tipo de engajamento são muito preditivas de receita. Mas os preditores de vendas e receitas são diferentes de atribuição, causa ou retorno sobre o investimento. Você está procurando um indicador da marca — algo que se move de forma confiável com a receita “, acrescentou Zeszut. Fonte: eMarketer

 

Resultado de imagem para artificial intelligence talking to each other

Inteligência artificial do Facebook está usando linguagem própria. Leia abaixo

Há três novas formas de pensar que estão ajudando os profissionais de marketing a descobrir novas oportunidades de crescimento Continue lendo »