Ciclo Vivo:

Existem diversas maneiras sustentáveis de se locomover pela cidade. Entre as opções estão: andar a pé, usar o transporte público ou veículos não motorizados – como bicicleta, skate ou patins. Para as pessoas que querem manter o conforto do automóvel, a sugestão é a carona. Continue lendo »

Acreditem, se quiser. São 900 árvores, juntamente com outros tipos de vegetação e plantas, em duas torres residenciais, com 110 e 76 metros de altural. Chama-se Bosco Verticale, bosque vertical, e cada apartamento com uma varanda com árvores plantadas. Um passo à frente, sem dúvida, em relação a “pintar áreas de verde”, como um dos maiores empreendedores brasileiros queria enfrentar, na década de setenta do século passado, as primeiras reações de ambientalistas à concretificação de uma das mais belas paisagens do mundo, a floresta que cerca a cidade do Rio de Janeiro.

Leiam mais…

Ciclo Vivo:

O governo da Nova Zelândia anunciou que pretende substituir a atual fonte energética da ilha de Tokelau, na Polinésia, por 93% de energia solar e o restante com óleo de coco. As alternativas renováveis devem ser implantadas até 2012. Continue lendo »

A Naturalis Brasil trouxe a tecnologia dos Estados Unidos e desenvolveu no Brasil uma máquina que separa o mercúrio do vidro e do alumínio, possibilitando posterior reciclagem dos resíduos gerados. O Papa Lâmpadas é um processador triturador que funciona como uma usina de tratamento. Quando inserida na máquina, a lâmpada é quebrada, o material pesado fica no fundo do tambor e o vapor de mercúrio é filtrado e adsorvido por carvão ativado, depois levado para uma câmara de alta temperatura, que o volatiza, resfria e o traz novamente a seu estado metálico, sendo reaproveitado em novas aplicações próprias do mercúrio. Continue lendo »