Resultado de imagem para romeo and julietShakespeare ficaria deliciado com o fato, anunciado na última quarta-feira, 10/10, de que a Microsoft está se unindo à Open Invention Network, o que significa colocar à disposição das mais de 2.600 empresas membros da rede suas 60 mil patentes, ajudando-as assim a se defender de ações e processos. Continue lendo »

Antes da notícia, o contexto (via Wikipedia): Chrome OS é um sistema operacional de código aberto baseado em Linux projetado peloGoogle para trabalhar exclusivamente com aplicações web. Anunciado em 7 de julho de 2009, o Chrome OS teve um lançamento público de uma versão estável durante o segundo semestre de 2010, no dia 7 de Dezembro de 2010. A interface de usuário faz uma abordagem minimalista, assemelhando-se ao navegador Chrome. O Chrome OS não estará disponível como download para instalação, em vez disso, o sistema operacional só virá em hardware específico de fabricação dos parceiros do Google. O browser será a única aplicação residente no dispositivo, pois o Google Chrome OS é destinado aos usuários que passam a maior parte do seu tempo de uso de computador navegando na Internet.

Pois bem.  O Google acaba de anunciar uma nova atualização do Chrome OS beta, focada principalmente em consertar problemas ligados à conectividade com WiFi e 3G – um bug de desconexão, suporte para o modo de segurança WPA-SK, aumento da estabilidade quando WPA2+ TKIP é usado, etc. –,  tornando a experiência geral com o sistema melhor e mais útil.

A bem da verdade, segundo o site Ubergizmo, o Chrome OS não tem se mostrado assim aquela brastemp e não oferece de fato benefícios para usuários que já têm o browser Chrome instalado. Espera-se que atualizações futuras mudem isso.

Fontes: wikipedia, ubergizmo

Mais uma vez a capital paulista é palco da Campus Party Brasil, o maior acontecimento de tecnologia, conteúdo digital e entretenimento em rede do mundo. Nesta quarta edição, o evento reune 6.500 participantes (campuseiros) de todo o País (500 mais do que a edição do ano passado), além de dezenas de milhares de visitantes no Centro de Exposições Imigrantes.

Durante uma semana, entre 17 e 23 de janeiro, os apaixonados por tecnologia estão reunidos para compartilhar conhecimentos, trocar experiências e promover novas criações. “Nessa festa conseguimos reunir a vanguarda, que antecipa tendências e novos caminhos da tecnologia da informação, com pessoas que vão realizar seu Batismo Digital e ter o primeiro contato com o computador”, comenta o diretor geral da Futura Networks do Brasil, Mário Teza, responsável pela realização do evento.

Com acesso a uma completa infraestrutura de serviços, alimentação, lazer, tecnologia, higiene e segurança, os campuseiros se mudam com malas e barracas para o Centro de Exposições Imigrantes a fim de aproveitar cada segundo desse grande acontecimento. A troca de informações entre os presentes acontece a todo o momento, deixando, inclusive, as madrugadas mais animadas.

E como toda festa democrática, os participantes têm backgrounds diferentes: são estudantes, professores, cientistas,  esquisadores, jornalistas, empresários e interessados nas últimas novidades tecnológicas, troca de conteúdo e compartilhamento de informações e experiências.

Este ano, assim como nas edições passadas, os participantes poderão usar uma rede super veloz de 10Gb, para o melhor aproveitamento de uma agenda repleta de oficinas, palestras, conferências e muitas atividades e opções de entretenimento.

Entre os principais convidados da quarta edição da Campus Party estão o ex-vice-presidente americano Al Gore, o diretor da primeira Campus Party EUA e editor especial da revista Wired, Ben Hammersley, um dos fundadores da Apple e uma das figuras mais emblemáticas do Vale do Silício, Steve Wozniak, e o criador da World Wide Web, Tim Berners-Lee.

Participam ainda Kul Wadhwa, diretor-gerente da Wikimedia Foundation/Wikipedia, Stephen Crocker, um dos criadores  dos protocolos da Arpanet e também considerado um dos “pais” da internet,  Paco Ragageles, um dos fundadores da Campus Party, José María Álvarez-Pallete, presidente da Telefônica na América Latina, o diretor executivo da Linux Internacional e ícone do Software Livre, Jon “Maddog” Hall, os criadores do blog Jovem Nerd, Alexandre Ottoni e Deive Pazos, e Tatiana Rappoport, doutora em Física que estuda as propriedades de materiais nanofabricados.

Programação conta com mais de 500 horas de formação. Em sua quarta edição, a Campus Party Brasil oferece uma extensa programação, que contempla os assuntos mais relevantes no mundo da tecnologia e da internet.

Matéria da http://www.adnews.com.br