Resultado de imagem para camara e.net
Iniciativa faz parte das ações de ampliação do mapeamento do ecossistema, que passa a qualificar as empresas cadastradas Continue lendo »

A primeira versão ainda não é tão boa quanto o Google News, mas as vantagens são claras

Continue lendo »

Apesar das novidades do Wii U, Nintendo diminui previsão de vendas

t_12915_20130205032312O Wii U foi lançado com pompa e circunstância nos Estados Unidos e na Europa, e chega ao Brasil ainda neste primeiro semestre. Tem muitas novidades, como o Virtual Console e o GamePad, um controle que, além dos botões tradicionais, tem acelerômetro. Ainda assim, a Nintendo já anunciou uma redução em sua previsão de vendas. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Smiles faz acordo de programa de fidelidade c/ Petrobras Distribuidora

A Smiles, empresa de programa de milhagens da Gol, iniciou parceria com a Petrobras Distribuidorapara que clientes da rede de postos possam converter pontos do programa de fidelidadeem milhas, segundo comunicado divulgado ao mercado. O programa de fidelidade da rede de postos da Petrobras , o PetrobrasPremmia, tem uma base de 2,3 milhões de clientes. A Smiles tem uma base de 9 milhões de membros. Desde outubro do ano passado, a Gol iniciou parceria com empresas para ampliar a fidelização de novos clientes a Smiles. A companhia aérea também sinalizou interesse em fazer o oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Smiles. O mercado espera que essa operação seja realizada ainda no primeiro semestre desse ano. Ana Rita Cunha / Agência CMA Ecofinanças

Campeões, jogadores da Nigéria poderão ganhar 1 semana de sexo grátis

A oferta partiu da Associação Nigeriana de Prostitutas, como incentivo para a seleção de futebol do país ganhar a Copa Africana de Nações de 2013. Continue lendo em A Zona de Desconforto

Twitter compra empresa que faz medição de comentários sobre TV

O Twitter anunciou anteontem (5) a compra da empresa Bluefin Labs,que monitora o engajamento das pessoas em programas de TV através das redes sociais. A negociação segue a tendência dos usuários que utilizam smartphones ou tablets para comentar o conteúdo da televisão que estão assistindo. Adnews

Para começar a semana, uma questão que vem de Cannes: as áreas de Direct e de Promo tendem a virar a mesma coisa? Pelo menos, em termos de concorrer ao cobiçado prêmio, parece que há uma tendência para se inscrever mesmas peças e campanhas nas duas categorias. Em minha opinião, porém, a diferença é grande. E a prova está exatamente no fato de que essas peças, algumas vencedoras na categoria Direct em Cannes, não são inscritas no nosso brasileiríssimo Prêmio Abemd, nem no Echo, da DMA. Os critérios são diferentes (e, falando como coordenador do Prêmio Abemd, arrisco a dizer que somos mais rígidos na questão resultados). Mas vamos à sequência de matérias  sobre o assunto. Continue lendo »

À medida em que cai o valor das ações da empresa, o IPO do Facebook permanece no centro da discussão. Três pontos de vista – capitalizou a empresa no patamar maior, aposta errada, má fé – são discutidos no artigo abaixo, assinado por meu amigo Bob Wolheim e publicado no Blue Bus.

Declínio do Facebook na bolsa de valores – O IPO do ano virou o #fail do ano?

“Em primeiro lugar, acho que a discussao se o Zuck está mais rico ou mais pobre é a menos relevante. Ele, de qualquer maneira, continua muito rico e nunca conseguirá gastar tudo nessa vida! ;- ) Quanto ao IPO, acho que há vários olhares e é difícil saber o mais correto.” Leia o artigo completo.

Terceirizar ou não terceirizar, outra questão candente. Uma visão bem abrangente foi oferecida pelo mestre Ethevaldo Siqueira, em artigo publicado em O Estado de S. Paulo. Continue lendo »

E o milagre não aconteceu. Como qualquer pessoa sensata preveria, o preço das ações do Facebook despencou a partir do segundo dia de pregão. Caiu 13,1% nos primeiros cinco dias, o que configura o pior desempenho da década de uma primeira semana pós-IPO.

O gráfico abaixo foi feito pela Venture Beat a partir de dados compilados pela Bloomberg no fechamento do pregão de sexta-feira. Observe o contraste com os IPOs da Mastercard e principalmente da Visa. Leia a matéria completa, em inglês, no site do VB.

Quando vejo um IPO como este da FB, mais me convenço de que a bolsa é para profissionais. O artigo abaixo, do professor José Luis Berg, merece ser lido com atenção. E a questão é maior: continuamos vivendo no meio de bolhas?

O IPO do Facebubble Continue lendo »

Será que já não vimos este filme? Fechado o primeiro dia em que suas ações foram vendidas ao público, o Facebook valia nada mais nada menos do que 105,19 bilhões de dólares. Já é o maior IPO de uma empresa de Internet da história. As ações, que começaram a circular em sua oferta pública inicial  por US$ 38 cada, estrearam em Wall Street cotadas a US$ 42,05. E, em apenas 30 segundos, 82 milhões de ações já haviam sido negociadas.

Nada garante que o preço das ações, quando o pregão abrir novamente na segunda, permaneça nesse patamar, mas não deixa de ser notável o fato de uma empresa com apenas 8 anos de idade e muito poucos ativos reais valer mais do que algumas gigantes e bem consolidadas. O Facebook, neste momento em que escrevo, vale praticamente a mesma coisa que a PepsiCo, avaliada em US$ 106,5 bilhões. E mais do que valem McDonald’s (91 bilhões), Amazon (96 bilhões), Disney (78 bilhões), Visa (92 bilhões) e Volkswagen (7o bilhões).  Fonte: Mashable.com e Reuters

O infográfico abaixo foi criado pelo portal MBA Online e mostra alguns números que podem trazer alguma luz à discussão se o Facebook vale mesmo 100 bilhões de dólares. Ou não. A questão principal é: você investiria no brinquedo do Mark? Continue lendo »