Bradesco lança aplicativo para Google TV

Bradesco-no-Google-TV_59337_1Nesta semana, o Bradesco começou a disponibilizar o aplicativo “Bradesco Google TV”, que poderá ser acessado por televisões conectadas à nova plataforma do Google e também à internet. Com o lançamento desse aplicativo, o Bradesco reforça o relacionamento com os clientes que poderão consultar o saldo da conta corrente, extrato de últimos lançamentos e investimentos, além de outras informações. Baseado no sistema operacional Android para dispositivos móveis, o Google TV permite que o consumidor navegue e acesse conteúdos disponíveis na internet, incluindo vídeos on-line, em seu televisor, bem como a programação de TV, ao vivo, pelo mesmo aparelho. Além de acesso à conta, o aplicativo permite consultar Índices Financeiros e informações sobre os Canais de Atendimento Bradesco, acompanhar os posts das Redes Sociais do Banco e assistir aos vídeos institucionais do Bradesco. Leia mais notícias sobre o mercado de Marketing Direto no Portal da Abemd

Android 72 x Apple 14. Já virou goleada! Continue lendo »

No próximo dia 13 de agosto, vai se realizar em São Paulo um Trend Seminar, promovido pelo pessoal da Trendwatching.com. De acordo com o material promocional, é indispensável para quem quer se manter à frente, pois o seminário cobrirá todas as maiores tendências de consumo que importam hoje e nos próximos 12-18 meses, e como afetarão consumidores e negócios no Brasil. Mais informações e inscrições no site do evento.

Confira os resultados e as fotos de Cannes 2012 Continue lendo »

Você sabia disso? Interessante como o sucesso cria suas própria armadilhas. Aliás, um provérbio chinês diz que “quando os deuses querem lhe punir, primeiro lhe dão quarenta anos de prosperidade”. No caso da ex-gigante de Rochester, a punição talvez até seja maior, porque a prosperidade durou mais de 100 anos. Mas a empresa que praticamente criou o negócio de filmes não soube adaptar-se aos novos tempos digitais. A ironia é ainda maior porque foi a Kodak que lançou a primeira câmera digital, em 1975. Leiam a matéria da Wall Street Journal.

Já em relação às empresas coreanas, elas estão vivendo os anos de prosperidade. Ontem, por exemplo, anunciaram para a CES 2012, que começa na próxima semana em Las Vegas, o lançamento de aparelhos na plataforma Google TV. Leiam a matéria no IDG Now.

Quem diria, não? Pois é o que relata a jornalista Jessica E. Vascellaro, do The Wall Street Journal. O Google estaria procurando um apoio dos estúdios para seu novo software, o Google TV.

Para isso, reuniu-se, nas últimas semanas, com executivos das grandes redes de TV aberta dos Estados Unidos (a NBC, a ABC, a CBS e a Fox) – segundo fontes do WSJ. A investida esbarrou em um conhecido problema: os donos do conteúdo duvidam que o gigante das buscas consiga criar um modelo de negócios que compensaria uma possível perda das atuais fontes de receitas das redes.

As TVs também temem se associar a um serviço que invade seu mercado, já que permite ao telespectador assitir e buscar a programação da TV paga e da internet nas TVs, caixas conversoras e aparelhos de DVD equipados com o novo software do Google. Fabricados pela Sony Corp., os primeiros aparelhos chegam às lojas nos próximos meses fomentando a discussão entre as empresas de tecnologia, que anseiam pela maior oferta de conteúdo, e as de comunicação, que temem oferecê-lo de graça.

Fonte: Valor Econômico