HP abandona mercado de tablets e smartphones

A Hewlett-Packard anunciou na quinta-feira passada o fim das vendas e produção de dispositivos móveis baseados no sistema webOS, que foi comprada pela HP em 2010, como parte da aquisição da Palm por US$ 1,2 bilhão. Entre os produtos que saem de linha estão o Palm Pre 2,Palm Pixi, Veer e o iPAQ Glisten. Um dos dispositivos que rodavam o sistema, o TouchPad, foi um fracasso de vendas. A Best Buy, parceira da HP no lançamento do tablet, afirma ter vendido menos de 10% das 270 mil unidades recebidas. Continue lendo »

Ou de qualquer outra forma, desde que nova. Porque, verdade seja dita, a onda de sites de compras coletivas já está na fase de esgotamento. Pelo menos no modelo criado pelo GroupOn e seguido aqui entre nós pelo Peixe Urbano, pelo ClickOn, pelo Oferta Única, pelo… enfim, pelas centenas de sites que estão na mesma toada.

Por que, esgotamento? Em primeiro lugar, porque o custo de aquisição de um novo cliente foi para as nuvens. Fala-se em mais de 50 reais. Imagine quanto esses sites que saíram na frente teriam que gastar hoje para montar a base que possuem atualmente. Algumas centenas de milhões de reais. Em vez de lançar o Imperdível, teríamos que lançar o Impensável.

A aposta agora é em qual será o próximo modelo.

Uma novidade que pintou recentemente foi o  u-Deals, site criado em San Francisco, pela Loopt, um mashup de FourSquare com compras coletivas já famoso na região. No u-Deals, você escolhe o que deseja comprar com desconto. Se quiser visitar um bar, por exemplo, você manda a sugestão à empresa que, se identificar ali uma boa oportunidade de negócio, procura o estabelecimento. A partir daí, basta chamar os convidados e esperar até que a oferta apareça. Quando isso acontecer, todos os cadastrados recebem um link que dá direito ao cupom.

A gente aqui no Laboratório está fazendo alguns experimentos. E você, já tem uma idéia do próximo “groupon”?

ProXXIma News:

App traz informações culturais sobre mais de dois mil estabelecimentos de São Paulo e faz integração com Twitter, Fousquare e Facebook

O Estadão lançou nesta quinta-feira, 12, o aplicativo para Android e iOS do caderno Divirta-se. Publicado a cada sexta-feira, o caderno indica as novidades culturais do final de semana.

Gratuito, o app traz informações culturais sobre mais de dois mil estabelecimentos da cidade de São Paulo e faz integração com Twitter, Fousquare e Facebook.

A tela inicial conta com destaques nas categorias Balada, Cinema, Teatro, Passeios, entre outros. Entre as funcionalidades da ferramenta está a opção de realizar check-in no Foursquare direto do aplicativo, bem como twittar sobre, compartilhar informações por e-mail ou avaliar estabelecimentos e dicas culturais.

O serviço também indica opções próximas do usuário, exibe os tópicos mais comentados e mais buscados. Além disso, ao descobrir um evento novo ou um lugar que o caderno desconhece é possível entrar em contato com os moderadores e informar a novidade.

O Facebook Places foi lançado há cerca de dois meses, mas já se tornou uma excelente oportunidade de negócios graças ao fato de se integrar firmemente com toda a “Facebook experience”.

Um dos primeiros a utilizarem o produto foi o Westfield Valley Fair, um shopping center de Santa Clara, California. Quem faz o “checkin” na página do shopping tem direito a resgatar um cupom de desconto (o aplicativo foi desenvolvido pela Fan Appz). Não é diferente do que outras empresas estão fazendo com a Foursquare, mas é eficiente em fazer os fãs do Facebook em compradores offline.

O fornecedor de softwares para mídias sociais Context Optional está pensando em maneiras de explorar o crescente interesse das marcas em utilizar o produto de geolocalização do Facebook. Segundo Kevin Barenblat, CEO da empresa, “os profissionais de marketing têm dificuldades para fazer com que marcas globais funcionem localmente. Algumas marcas deram o pontapé inicial no Foursquare, no Loopt e em outros serviços de localização e, agora, estão percebendo que o Facebook — com sua população de mais de 500 milhões — oferece uma oportunidade valiosíssima com o seu Places”.

Para atender a demanda, a empresa de CRM social lançou o aplicativo Facebook Places Check-in Leaderboard. O aplicativo foi desenhado para ajudar as marcas a criarem seus próprios sistemas de ranking personalizado para suas páginas no Facebook Place. Dessa forma, uma marca poderá recompensar os fãs mais ativos com ofertas e descontos especiais.