Imagem do logo do CGI.brOrganizada em cinco eixos, a consulta do Comitê Gestor da Internet no Brasil receberá contribuições de toda a sociedade Continue lendo »

Anúncios
Agentes terão que estar mais bem preparados, ter mais fidelidade às empresas e obter mais satisfação de seus trabalhos

Continue lendo »

Busca por voz no B2B. Leia abaixo

Desenvolver e operar um chatbot de sucesso não é tão simples como estão pensando

Um número cada vez maior de empresas está usando chatbots para se divulgarem, adquirir novos clientes, gerar engajamento e vendas. Mas desenvolver e operar um chatbot de sucesso não é um passeio no parque. Apesar de toda a atenção que os chatbots ganharam no ano passado, essas empresas estão enfrentando inúmero desafios para criar valor com eles. Al Roberts, editor do site ClickZ, listou sete desses desafios. 1. Os casos de uso até agora não impressionaram. 2. A tecnologia nem sempre é suficientemente boa. 3. Já a experiência do usuário é frequentemente pobre. 4. Outras tecnologias, como os assistentes virtuais operados por voz, por exemplo, podem tornar obsoletos os chatbots. 5. A eficácia ainda é incerta. 6. O suporte de pessoas ainda tem a preferência dos consumidores. 7. O mercado de chatbots já está superpopulado. Fonte: ClickZ
Busca por voz pode ser chave para o B2B marketing
A busca por voz está na boca do povo, mas a discussão costuma girar em torno de SEO local e B2C. Ainda assim, não há dúvida de que já começa a ser pensada para mais coisas além de obter rotas para os restaurantes próximos ou ouvir o próximo passo da receita enquanto se cozinha. Inclusive no B2B. Alguns analistas preveem que, em 2020, 50% de todas as buscas serão conduzidas por voz. Os números atuais parecem comprovar isso: no ano passado, o Google relatou que 20% de suas pesquisas móveis já eram feitas via voz. Para se preparar para o impacto da busca por voz no SEO para B2B, os profissionais precisam dar os passos certos para começar a otimizar as pesquisas via voz. Há três grandes focos para otimizar o conteúdo do site para a busca por voz: mobile, palavras-chave de cauda longa e  “featured snippets”, que são quadros que o Google coloca na “posição zero” quando reconhece que uma página responde mais oorretamente a pesquisa por voz. Fonte: Search Engine Land
Google e Nutanix forjam pacto estratégico
A Nutanix e o Google formaram uma aliança estratégica que gira em torno de implementação de nuvens híbridas. A partir da parceria, as empresas que usarem conjuntamente as plataformas Google Cloud e Nutanix Calm poderão gerenciar suas infraestruturas internalizadas e na nuvem pública como um serviço unificado. A integração das plataformas e de seus ambientes operacionais deverá estar concluída no primeiro trimestre de 2018. Fonte: ZDNet
chatbot shopfacil

Chatbot do Shopfácil no Facebook. Confira abaixo

Webinar acontece no dia 11 de abril com dicas que visam otimizar a relação entre marcas e clientes, além da melhoria do ROI das campanhas
Serviço de webmail mais popular do mundo, o Gmail promove constantes atualizações em busca de oferecer uma melhor experiência aos assinantes no uso da ferramenta. Para os profissionais de marketing, o desafio está em ficar atento a essas mudanças, de maneira que seus investimentos em campanhas não sejam encaminhados para o “lixo virtual” ou a “caixa de spam”. Não é novidade que o número de assinantes do Gmail cresce a cada dia e, por consequência, aumenta a presença de usuários do provedor na lista de destinatários das campanhas dos profissionais de marketing. Sabendo disso, a Return Path preparou o webinar: “Entregabilidade no Gmail: dicas para monitorar a entrega por categoria e entender o impacto no resultado de suas campanhas”. Durante a ação, que acontece no dia 11 de abril, Samuel Sousa, associate technical account manager da Return Path, esclarecerá importantes dúvidas dos profissionais de marketing, como: impactos das abas do Gmail na entregabilidade; performance do programa de e-mail; otimização da experiência do assinante; e melhora do ROI das campanhas. As inscrições estão abertas, são gratuitas e podem ser realizadas gratuitamente pelo link abaixo.
“O Gmail é um dos provedores que mais cresce e se destaca na indústria do e-mail. Portanto, acho fundamental que os profissionais de marketing fiquem cada vez mais inteirados sobre o funcionamento dessa plataforma e as alternativas para usá-la de uma maneira mais eficiente, conquistando resultados cada vez mais positivos para o negócio”, explica Samuel Sousa, associate technical account manager da Return Path.
Webinar da Return Path
Tema – Entregabilidade no Gmail: dicas para monitorar a entrega por categoria e entender o impacto no resultado de suas campanhas
Especialista – Samuel Sousa, associate technical account manager da Return Path
Data – 11 de abril de 2017
Horário – das 11h às 12h
Acesso – https://cc.readytalk.com/registration/#/?meeting=p402h1gxuv6d&campaign=hezn3ut4d5xb

9 dicas de SEO para melhorar seus vídeos no youtube
O YouTube é parada obrigatória na internet para quem quer acompanhar vídeos de todos os tipos. Portanto, é impensável ignorá-lo quando falamos de publicar conteúdo audiovisual na rede. Por outro lado, a popularidade dessa plataforma implica em maior concorrência para o seu conteúdo, o que pode ser uma desvantagem se você não souber como otimizar seus vídeos. A boa notícia é que a solução para esse problema está em um conceito já bem conhecido: o SEO. Aplicando algumas técnicas de SEO em seus vídeos, você passa a contar com muito mais visibilidade e audiência: o seu conteúdo passa a aparecer com mais destaque entre os resultados de busca no YouTube e pode até emplacar boas posições no Google. A ideia é semelhante à do SEO para texto: você precisa conhecer bem a sua proposta e implementar as táticas que farão do seu conteúdo um conteúdo vencedor. A seguir, separamos 9 dicas de SEO para melhorar seus vídeos no YouTube sugeridas por Diego Carmona é CVO do leadlovers. Confira e garanta o seu destaque. 1 – Deixe o objetivo do vídeo bem claro; 2 – Faça uma descrição rica, utilizando de forma adequada a sua palavra-chave (também é interessante fazer uma breve transcrição do vídeo, de forma a ajudar o algoritmo a escanear o texto); 3 – Pense bem na palavra-chave (no YouTube, serve para filtrar os vídeos dentro da plataforma, mas se a sua escolha de palavra-chave for boa o suficiente, ela pode ir além dos resultados de busca do YouTube para começar a obter bom ranking no próprio Google); 4 – Incentive inscrições e likes; 5 – Utilize tags relacionadas; 6 – Nomeie o arquivo adequadamente (o nome original do arquivo também é determinante para a sua performance no ranking de buscas); 7 – Incorpore o vídeo em seus outros conteúdos; 8 – Distribua o vídeo nas redes sociais; 9 – Faça vídeos de qualidade. Fonte: Adnews

Chatbot do ShopFácil.com permite compras no Facebook
A partir de agora, os clientes do ShopFácil.com, empresa da Organização Bradesco, podem realizar transações, sem sair do Facebook Messenger. A novidade, recém-lançada na rede social em parceria com a Visa, baseia-se em um chatbot equipado com inteligência artificial e processamento de linguagem natural. “Ao oferecer a possibilidade de pagamento no Facebook, fechamos o ciclo e oferecemos uma experiência de compra completa em uma mesma plataforma”, disse Marcelo Sarralha, diretor executivo de produtos da Visa do Brasil, em comunicado à imprensa. Além disso, a ferramenta busca por produtos, recomenta ofertas baseadas no perfil do usuário e consulta preços. Para realizar a aquisição, basta o consumidor já ter realizado uma compra anterior no ShopFácil.com. “Somos a primeira empresa do varejo brasileiro a oferecer a possibilidade de comprar produtos via Facebook Messenger. Estar numa plataforma como o Facebook facilita ainda mais a popularização do serviço. Para se ter uma ideia, um mês após o lançamento, o robô já interagiu mais de 117 mil vezes. Acreditamos que essa plataforma vai ajudar a dobrar as vendas da empresa”, concluiu Carta Mita, superintendente do ShopFácil.com. Fonte: Meio&Mensagem

Ao ouvir falar em inteligência artificial, você provavelmente pensa em ambientes imaculados e máquinas sem emoção – portanto, sem preconceitos. Bem, é melhor pensar de novo. Continue lendo »

Lembra alguém que você conhece?

Continue lendo »