“Temos de garantir que o ano de 2024 não vai se parecer com uma página do romance 1984”, disse Brad Smith, presidente da empresa

Continue lendo »