‘Fidelidade’ torna-se negócio para farmas

Cada vez mais acirrado por conta da concorrência dos genéricos, o mercado de medicamentos brasileiro está em “guerra”. As principais farmacêuticas, sobretudo as multinacionais, estão aprimorando seus programas de fidelização de pacientes, como forma de manter as marcas de seus principais produtos em evidência e não perder espaço para as versões genéricas e similares de seus próprios produtos. Programas de descontos de medicamentos são proibidos no país, mas campanhas de fidelização de pacientes não. A estratégia de grandes laboratórios é fidelizar as marcas de seus produtos, disse ao Valor Nelson Mussolini, presidente do Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo). Leia mais no Valor.

Twitter atualiza apps para iOS e Android e traz tweets expandidos Continue lendo »


A empresa appMobi acabou de fechar um financiamento no significativo valor de 6 milhões de dólares junto a investidores “anjos” para poder oferecer uma plataforma com mais serviços para desenvolvedores e outras empresas do ecossistema móvel.

O dinheiro será usado para contratar mais gente para o departamento de engenharia e também para aumentar os esforços de marketing e promoção para a suíte de tecnologia móvel da appMobi. Mais de 8.000 desenvolvedores (incluindo os do laboratório Robitussin e os da Fox News Radio) usam XDK, da appMobi, alavancando a tecnologia de desenvolvimento baseada na nuvem para criar aplicativos para equipamentos de iOS e Android com suas próprias marcas.

A appMobi é um spin-off da Flycast, uma das primeiras empresas a levar aplicativos em video (streaming) para a plataforma iPhone.