Dispositivo de US$ 500 ajuda pequena loja de brinquedos a se sobressair no Google

11/12/2018

Imagem relacionadaTalbots Toyland colocou seu inventário online e viu o tráfego de pedestres explodir

A Talbots Toyland costumava comprar anúncios de jornal de página inteira durante a temporada de compras de fim de ano e esperar pelo melhor. Agora, a loja de San Mateo, cidadezinha próxima a San Francisco, na Califórnia, conecta-se com os compradores de brinquedos da Bay Area através do mecanismo de pesquisa do Google e atrai clientes que, de outra forma, nunca teriam encontrado. Há anos, o Google oferece ferramentas para ajudar pequenos comerciantes a aumentar sua visibilidade online, mas somente se esses varejistas tiverem registros digitais dos estoques. Como muitos pequenos negócios, a Talbots não possuía esses registros digitais e nunca chegou a construir um para seu enorme estoque de 65.000 produtos, que incluem tudo, desde colecionáveis Lionel Trains até os mais recentes Legos. No ano passado, a loja comprou três aparelhos da Pointy, uma startup de Dublin que ajuda comerciantes independentes a aumentar sua visibilidade online e atrair consumidores que comprariam na Amazon.com e no eBay ou em grandes varejistas, como Walmart, que têm equipes dedicadas a serem visíveis online. O dispositivo de US$ 500 conecta-se a uma caixa registradora e, usando o código de barras de cada item à medida que os funcionários registram as vendas, cria um inventário digital que é postado online e visível nas pesquisas do Google junto com a localização do varejista. Embora o hardware da Pointy esteja disponível há quatro anos, ficou ainda mais atraente graças a uma nova parceria com o Google que permite que comerciantes comprem “anúncios de inventário local” que aparecem nos resultados de pesquisa de compradores próximos. Pense nisso como um Google Maps para produtos locais. A Talbots, que está no mercado há mais de 60 anos, viu resultados imediatos. Potenciais compradores chamados para confirmar os itens que eles queriam estavam em estoque. Talbots sabia que esses eram novos clientes, já que muitos pediam informações, e a loja imaginou que pelo menos alguns desses novatos foram alertados pela publicidade gerada pela parceria Google-Pointy. As vendas aumentaram em dois dígitos este ano, o que Talbots atribuiu a esta visibilidade online, bem como o fechamento de locais próximos da Toys “R” Us. Fonte:Bloomberg

O que o varejo precisa saber para trabalhar com millennials
Os millennials, definidos como aqueles nascidos entre 1982 e 1996, constituem a demografia mais influente na crescente indústria de varejo, porque eles são a primeira geração a crescer em um ambiente tecnológico. Para chegar até esse eles com sucesso, comenta Shirley Klein, Diretora de Marketing da Zebra Technologies Brasil, os varejistas precisam seguir o caminho Omnicanal, já que ele apóia as estratégias de marketing que são realizadas em todos os canais de vendas. A omnicanalidade, como denomina ela, é vital para capturar a atenção desta geração, pois permite entregar conteúdo personalizado para os clientes, no lugar certo e no momento certo. Também gera métricas importantes, como a frequência de visitas às lojas, retenção de clientes e visitas cruzadas entre diferentes pontos de venda. Da mesma forma, o click-and-collect está se destacando entre os formatos atuais do varejo. Para colocaro em termos simples, é a resposta à própria mentalidade dos millennials que é definida exigindo recompensa instantaneamente. O click-and-collect permite que as empresas ofereçam um melhor atendimento ao cliente, abrindo a possibilidade de fazer seus pedidos on-line e depois buscá-los na loja. Quando o cliente está em um raio próximo à loja, o sistema gera um alerta para o pessoal da loja preparar o pedido e prepará-lo. Um grande diferencial no atendimento. Outra das tendências crescentes, devido às exigências dos millennials, são os retornos livres. Um grande número de empresas que vendem online, acompanham suas ofertas com retornos gratuitos para garantir a conversão e garantem que os clientes desconfiados abandonem os carrinhos de compras. No entanto, o processo de reembolso tem um custo para os varejistas e afeta suas margens. Portanto, esse método de click-and-collect traz enormes benefícios, pois oferece aos clientes a possibilidade de testar o produto, minimiza o risco de danos ou perda no transporte, reduz o tempo de retorno, bem como o tempo que o produto está fora do estoque. Mesmo algumas lojas mais progressistas são agora armazéns, gerando melhor visibilidade do estoque e permitindo tanto o envio de pedidos quanto o recebimento de devoluções no mesmo ponto de venda.

Com ajuda da IA, empresas vão fundo no recrutamento de funcionários
Os serviços de recrutamento, incluindo o Eightfold.ai, estão reunindo funcionários e empregos em potencial através de uma forma avançada de inteligência artificial conhecida como aprendizado profundo. A tecnologia, que vai além da tradicional pesquisa de palavras-chave do currículo de um candidato, identifica habilidades não especificamente listadas em um currículo. Com base em algoritmos sofisticados para equiparar trabalhadores e empregos, muitos empregadores poderão em breve ter acesso a um universo de trabalhadores em potencial — mesmo para cargos difíceis de preencher – a quem, de outra forma, poderiam não encontrar. E, embora isso também possa ajudar alguns candidatos, há uma desvantagem potencial para quem procura emprego: esses algoritmos também podem reduzir os salários nesses campos, disse Bo Cowgill, economista da Universidade de Columbia que estudou o uso da inteligência artificial na contratação. “Você obtém as pessoas mais não tradicionais, igualmente qualificadas e igualmente de alto desempenho”, disse Cowgill. Mas o empregador “parece não ter que competir por eles tanto”. Fonte:The New York Times

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: