Programa de fidelidade da Google Play é lançado no Japão

20/09/2018

Resultado de imagem para google play points
Ainda não está claro se o Google Play Points será exclusivo do mercado japonês ou se será liberado para mais países no futuro

Ainda que sem anúncio oficial, o Google lançou um programa de pontos para a loja Google Play chamado simplesmente de Google Play Points. De forma semelhante aos programas de fidelidade de lojas ou cartões de crédito, ele dá pontos ao usuário pelas compras feitas na plataforma da empresa e permite que essa pontuação seja convertida em benefícios. Inicialmente disponível apenas no Japão, o Google Play Points dá um ponto para cada 100 ienes (US$ 0,90) gastos. Esse valor pode aumentar à medida que o usuário sobe de nível e chega em categorias mais altas, que podem ser Bronze, Prata, Ouro, Platina ou Diamante. A última delas é exclusiva para quem tem mais 15 mil pontos acumulados e dá direito a dois pontos para cada 100 ienes gastos. Entre as vantagens, os usuários podem trocar esses pontos por créditos, usá-los diretamente para fazer as compras ou até mesmo gastar parte dos pontos para obter um desconto em aplicativos, filmes, livros ou jogos. Mais detalhes sobre o programa estão disponíveis nesta página de ajuda da Google Play. Como não foi anunciado oficialmente, ainda não está claro se o Google Play Points será algo exclusivo do mercado japonês ou se ele será liberado para mais países no futuro. Uma possibilidade é que o Google ainda esteja realizando testes antes de lançar a funcionalidade para todos os seus usuários. Fonte: Tecmundo

O advento da era 5G alimenta as tendências da indústria sem fio
A indústria sem fio foi definida por mudanças rápidas desde o início, e isso deve continuar nos próximos meses e anos. Na verdade, o ritmo de mudança pode até aumentar à medida que as operadoras correm para implantar redes 5G, à medida que novas mídias e conteúdos surgem para aproveitar conexões 5G, e indivíduos e indústrias expandem o uso de tecnologias de internet das coisas. A implantação tão esperada de redes 5G será a força motriz para a indústria sem fio, começando muito em breve. Os primeiros lançamentos comerciais da rede 5G estão chegando este ano para os EUA, e a GSMA projeta que até 2025, haverá aproximadamente 200 milhões de conexões móveis 5G nos EUA e no Canadá, representando 49% do mercado total.

As redes 5G permitirão velocidades de download amplamente aprimoradas, latência mais baixa e capacidade de processamento aprimorada. A Verizon informou que, em seus testes, atingiu velocidades de download de 30 a 50 vezes mais rápidas do que as conexões 4G, e algumas projeções sugerem que ela pode ser 100 vezes mais rápida que as redes existentes. Fonte: SmartBrief
 
Pesquisa: o que importa para os compradores de e-commerce B2B
Sessenta por cento dos compradores business-to-business analisam dois ou três sites de comércio eletrônico antes de comprar um produto online, de acordo com uma pesquisa da B2BecNews. Preços, uma experiência positiva para o usuário e disponibilidade de produtos são importantes para os compradores. O fundador da Marshall Field’s, uma das maiores cadeias de lojas de varejo dos EUA  no início do Século XX, certa vez disse que a melhor maneira de satisfazer os clientes é simplesmente “dar à madame o que ela quer.” No e-commerce B2B, compradores de negócios também querem – e esperam – muito dos sites de comércio eletrônico que usam (ou pode usar) para fazer uma compra online com rapidez, facilidade e eficiência. Fonte: Digital Commerce 360
 
Salesforce mostra seus planos para o futuro no Dreamforce
Os usuários podem antecipar que mais recursos do Einstein AI sejam integrados aos produtos Salesforce e mais notícias sobre as recentes aquisições do fornecedor de CRM e como eles desempenharão papéis essenciais na plataforma Salesforce. Espera-se que a Salesforce revele os desenvolvimentos do Einstein e de aquisições na Dreamforce, a conferência anual de clientes da empresa em São Francisco que atrai cerca de 150.000 participantes e que será realizada entre 25 e 28 de setembro. Analistas disseram que esperam melhorias substanciais nos principais sistemas Salesforce e mais casos de uso para o Einstein e como as recentes aquisições do CloudCraze e do MuleSoft se encaixam no ecossistema Salesforce. Fonte: TechTarget

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: