Campanhas de marketing devem ter como alvo famílias ou indivíduos?

25/07/2018

Resultado de imagem para householdÀs vezes, é melhor misturar

O agregado familiar é frequentemente o foco central dos esforços de segmentação de anúncios para empresas que vendem itens partilhados por membros da família ou produtos e serviços centrados em eventos da vida. Muitos anunciantes estão agora trabalhando na combinação de práticas de segmentação em nível individual e familiar para melhor atingir os objetivos principais de marketing, como otimizar o alcance e a frequência. A segmentação de anúncios e, especificamente, formas mais avançadas, como a segmentação em dispositivos diferentes, são a principal preocupação dos anunciantes. O Interactive Advertising Bureau (IAB) e o Winterberry Group descobriram que a maior parte dos profissionais sênior de marketing dos EUA pesquisados ​​entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018 citou o reconhecimento do público entre dispositivos como o tópico de marketing que chamará a maior parte das atenções este ano. Por isso, estão se voltando para empresas de gerenciamento de identidade e integrantes de dados para identificar ou combinar os conjuntos de dados necessários para a segmentação de anúncios. Assim, pode-se pegar informações de clientes conhecidas, como números de telefone e endereços residenciais, e procurar combiná-las aos endereços de email para impulsionar uma abordagem de segmentação de anúncios de nível mais individual. Mas o inverso também é verdadeiro: pode -se procurar estabelecer identificadores de nível individual e compará-los a famílias, de modo a capitalizar na mala direta ou em outras iniciativas de segmentação no nível familiar. Para a maioria dos anunciantes, no entanto, uma combinação de ambos é cada vez mais necessária para chegar a jumavisão holística do cliente — em mídias endereçáveis ​​e não endereçáveis. Fonte: eMarketer

Mercado de smartphones dos EUA está virando duopólio 
Na semana passada, o Google recebeu a maior multa antitruste já imposta pela Comissão Européia (CE). No nível mais alto, essa multa diz respeito ao domínio do Google no mercado mundial de smartphones.O Android é de longe o sistema operacional dominante, com uma participação de mercado global de cerca de 77% (ou mais). Nos EUA, a divisão iOS-Android é menos dramática. Embora haja apenas uma fabricante de smartphones iOS, a Apple, há dezenas de fabricantes de dispositivos Android em todo o mundo. Esse ecossistema diversificado foi fundamental para o sucesso global do Android. No entanto, no mercado dos EUA, cada vez mais, apenas um OEM do Android que importa: a Samsung. A Consumer Intelligence Research Partners  divulgou novos dados mostrando que o mercado dos EUA é agora essencialmente um duopólio, com empresas como Motorola e LG perdendo terreno para a Samsung. Outros fabricantes do Android têm participação marginal de apenas um dígito, sem muita chance de sucesso, de acordo com dados e análises da empresa. Fonte: Marketing Land

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: