Como Blockchain pode dar mais valor aos programas de fidelidade

11/12/2017

Imagem relacionadaAceitação universal e eliminação do problema do passivo de pontos são duas das vantagens

Os leitores do Diretinhas não precisam ser convencidos da importância de um programa de fidelidade para a retenção de clientes — e, consequentemente, para os resultados de uma empresa. Mas, infelizmente, os especialistas têm apontado para um declínio do interesse dos clientes. Um dos motivos é que há atualmente tantos programas de fidelidade que é difícil para um consumidor médio monitorar todos os programas de fidelidade de que faz parte. Além disso, devido aos inúmeros programas, geralmente leva mais tempo para que os consumidores acumulem pontos suficientes para se beneficiar de programas de fidelidade. Um relatório da Maritz Loyalty Marketing mostrou que 70% dos consumidores pesquisados abandonaram os programas porque levou entre seis e nove meses para acumular pontos suficientes para resgatar prêmios. A tecnologia Blockchain, por ser uma rede descentralizada, pode descentralizar e unificar o espaço fragmentado dos programas de fidelidade, tornando-os mais valiosos no final. Já existem pelo menos uma criptomoeda, Elements, voltada para programas de fidelidade. Trata-se de uma espécie de “moeda-de-multifidelidade 2.0” que pode ser aceita universalmente — e até trocado por moeda real — e evita o problema dos passivos de pontos, na medida em que as empresas podem elas mesmas “minerarem” a criptomoeda para recompensar seus clientes. Fonte: The Cointelegraph
Oracle inaugura laboratório de inovação na cidade de São Paulo
Oracle inaugurou nesta quinta-feira (7), em São Paulo (SP), o primeiro espaço físico dedicado ao laboratório de inovação da companhia. O espaço foi chamado de Oracle Innovation Labs, e é voltado para a cocriação entre colaboradores da empresa, clientes e startups. O laboratório, na verdade, já funcionava no ambiente virtual há mais de dois anos, mas, até a abertura do espaço físico, os profissionais se reuniam nos escritórios de clientes para desenvolver soluções conjuntas. Neste formato, o Innovation Labs já permitiu a criação de protótipos de realidade virtual e aumentada, além de soluções envolvendo big data e machine learning, sendo que mais de 50 soluções já foram desenvolvidas no esquema de cocriação da Oracle. Para Renato Nobre, arquiteto de inovação da empresa, o foco do novo espaço é aumentar o número de projetos trabalhados em cerca de 60%, chegando a 3 processos realizados por semana. Fonte: Canaltech
Apple vai adquirir o aplicativo de reconhecimento de música Shazam
Enquanto a Spotify prepara-se para abrir o capital, a Apple está aumentando suas apostas em serviços de música. Segundo o TechCrunch, a empresa deve adquirir o Shazam, aplicativo popular que permite que as pessoas identifiquem qualquer música, programa de TV, filme ou anúncio em segundos, ouvindo um clipe de áudio ou (no caso de, digamos, um anúncio) um fragmento visual e, em seguida, levando a conteúdo relevante para essa pesquisa. O acordo seria assinado e anunciado logo no início desta semana, embora isso possa mudar. Uma fonte disse que o acordo envolve cerca de 400 milhões de dólares, o que é inferior aos US$ 1,02 bilhão que teria sido, de acordo com a PitchBook, a avaliação da a empresa em sua última rodada de financiamento, em 2015. Ao todo, a Shazam arrecadou US$ 143,5 milhões de investidores que incluem a Kleiner Perkins, a DN Capital de Londres, a IVP e os investidores estratégicos Sony Music, Universal Music e Access Industries (que possui a Warner Music). Kleiner Perkins também investiu no concorrente SoundHound. O aplicativo, em setembro de 2016, havia ultrapassado 1 bilhão de downloads, mas nesse mundo números elevados nem sempre se traduzem em lucros: até 2016, a empresa ainda não havia conseguido passar a fase das grandes perdas. Fonte: TechCrunch

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: