Brasil terá programa para expandir exportações via e-commerce

28/10/2017

Resultado de imagem para apexbrasilProjeto da Apex-Brasil pretende apoiar empresas brasileiras no acesso a mercados internacionais estratégicos com mentoria, treinamento, inteligência e promoção comercial online

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) vai lançar o Programa E-xport Brasil, uma iniciativa que envolve um portfólio de serviços, incluindo consultoria e mentoria customizada, inteligência comercial, ações de promoção comercial online e capacitação para as empresas brasileiras explorarem todo o potencial que o comércio digital tem para impulsionar as exportações nacionais. O lançamento acontecerá em São Paulo, nos dias 30 e 31 de outubro, no Hotel Tivoli Mofarej, e seu foco inicial é explorar quatro mercados estratégicos: China, Estados Unidos, Argentina e México. Já estão confirmados para o evento de lançamento a CEO do Mercado Livre, Cristina Farjallat, o Diretor do E-Bay, Jason Harvey e o Gerente da Amazon, Jose Fernandez, além de outros representantes de marketplaces chineses e especialistas em e-commerce dos países estratégicos a serem trabalhados. Dados do Euromonitor International indicam que o comércio eletrônico mundial (varejo) movimentou US$ 1,16 trilhão em 2017, sendo que o Brasil corresponde a (0,89%) dessa cifra.
Anote em sua agenda:
Lançamento do Programa E-xport Brasil
30 e 31 de outubro, das 9h às 17h, no Hotel Tivoli Mofarrej, Alameda Santos, 1437, Cerqueira César, São Paulo

Correios do Brasil e de Portugal assinam acordos para ampliação de negócios
Os correios do Brasil e de Portugal assinaram acordos para o fortalecimento da parceria entre os dois países, com o objetivo de aperfeiçoar a eficiência e a competitividade dos seus produtos de correio expresso, viabilizando o lançamento de ofertas principalmente para clientes de comércio eletrônico. Uma das mudanças previstas é a melhoria na qualidade de informação nos fluxos postais entre Brasil e Portugal, permitindo um rastreamento mais completo e facilitando a previsão de entrega. Segundo o presidente dos Correios, Guilherme Campos, a proposta é otimizar a experiência de quem compra e vende on-line: “O comércio eletrônico aproximou os países do mundo todo e é nosso papel fomentar essa aproximação, proporcionando mais segurança e comodidade para quem compra pela internet em sites de outros países. O acordo assinado com o CTT é estratégico na otimização desse processo”, afirmou.  Francisco de Lacerda, presidente dos CTT, concorda: “O comércio eletrônico é, a par dos serviços bancários e financeiros, um dos eixos estratégicos de desenvolvimento dos CTT e acreditamos que estes acordos agora assinados com o Brasil são uma das chaves para o desenvolvimento das trocas neste corredor atlântico, aproveitando a crescente digitalização da economia e a ligação tradicionalmente relevante entre as comunidades de ambos os países”. Fonte: Correios/Departamento de Relações Institucionais e Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: