A indústria da publicidade digital ganhou outra dor de cabeça, além do “duopólio”: a Apple

20/09/2017

Usuários não serão mais rastreados no Safari após 24 horas de suas visitas

Já não bastava o problema que é a concentração de tráfego no “duopólio Google-Facebook”. Agora é a vez da Apple deixar o mercado em polvorosa. A empresa está limitando o rastreamento de anúncios no seu navegador Safari, o que vai dificultar a criação de nichos de audiência. O resultado disso é claro: por um lado, aumenta a privacidade dos usuários, mas por outro complica a vida dos anunciantes ao reduzir o CPM dos veículos que confiam em dados de terceiros para vender seus inventários de anúncios. Nesta terça, 19/9, a Apple atualizará o sistema operacional do Safari fazendo com que os usuários só possam ser rastreados no período de até 24 horas depois de visitar um website. Por conta disso, seis grupos de publicidade publicaram uma carta aberta afirmando que essa iniciativa sabota a economia da internet. A Apple não comentou a reação. Fonte: Digiday

Amazon avança no mundo fisico. Agora, acaba de fazer parceria com a Kohl’s 

A Kohl’s Corp anunciou nesta terça, 19/9, que 82 de suas lojas em Los Angeles e Chicago aceitarao devoluções de produtos vendidos pela Amazon. Essas devoluções serão reembaladas e entregues nas centrais de devoluções da Amazon. Esta é a segunda iniciativa da parceria entre as duas empresas; no início deste mês, a Kohl’s anunciou que começaria a vender equipamentos da Amazon, incluindo o Echo, alto falante controlado por voz, em 10 de suas lojas naquelas duas cidades. Outros varejistas, como a Sears, também estão anunciando parcerias com a gigante do ecommerce, provavelmente se antecipando a possíveis perdas que a concorrência com ela faria na temporada de vendas do final do ano. A Amazon também avança no mundo físico com as próprias pernas, abrindo lojas próprias e adquirindo as 456 lojas da rede de supermercados Whole Foods Market. Fonte: Reuters
Greve dos Correios é parcial e não afeta serviços de atendimento
O Departamento de Relações Institucionais e Comunicação dos Correios informou o mercado que “a paralisação parcial, iniciada nesta quarta-feira (20) por alguns sindicatos da categoria, não afeta os serviços de atendimento dos Correios”. Até o momento, ressalta o comunicado que enviou, “todas as agências, inclusive nas regiões que aderiram ao movimento paredista, estão abertas e todos os serviços estão disponíveis”. Mais do que isso, continua a nota, “a empresa já colocou em prática seu Plano de Continuidade de Negócios para minimizar os impactos à população”. Segundo os Correios, “o movimento está concentrado na área de distribuição — levantamento parcial realizado na manhã de hoje mostra que 93,17% do efetivo total dos Correios no Brasil estão presentes e trabalhando — o que corresponde a 101.161 empregados, número apurado por meio de sistema eletrônico de presença.” A nota enviada finaliza, informando que “as negociações com os sindicatos que não aderiram à paralisação ainda estão sendo realizadas esta semana. Os Correios continuam dispostos a negociar e dialogar com as representações dos trabalhadores na busca de soluções que o momento exige e considera a greve um ato precipitado que desqualifica o processo de negociação e prejudica todo o esforço realizado durante este ano para retomar a qualidade e os resultados financeiros da empresa.”
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: