A moeda virtual Bitcoin dividiu-se em duas. E agora?

03/08/2017

Grupo usou uma manobra técnica chamada “hard fork” para criar a Bitcoin Cash — mas nem todo mundo está convencido

Se você tem uma conta em bitcoins e entrou nela desde ontem, pode ter levado um susto, ao descobrir que tem uma segunda conta em uma nova criptomoeda chamada Bitcoin Cash. Isso ocorreu através de uma manobra técnica chamada “hard fork” e é o projeto de um grupo que diz que os guardiões do bitcoin estão limitando seu alcance ao resistir à mudança. A criação do Bitcoin Cash é o resultado mais espetacular de uma disputa que tem dois anos e diz respeito ao futuro da criptomoeda cujo valor coletivo já de US$ 47 bilhões, mas permanece um produto de nicho. Quem criou a nova moeda diz que é necessário fazer uma marca real em como o mundo usa dinheiro. Nem todo mundo está convencido, porém. “O Bitcoin é uma marca incrivelmente bem conhecida e sua fragmentação em várias peças é confuso para reguladores e consumidores”, comentou Dan Morehead, fundador e CEO da Pantera Capital, que investe em startups de bitcoins e outras moedas digitais. Morehead disse ser neutro na disputa. “Apenas não soa bem; não estamos acostumados a moedas que se dividem em duas.” Para aumentar a confusão, pode ser que não tenha ocorrido nada em sa conta pois muitos serviços de armazenamento de bitcoins disseram que não reconhecem a nova moeda. Fonte: Wired
HP vai fundir sua unidade de softwares com a Micro Focus em 1º/9
A Hewlett Packard Enterprise Company planeja fazer um spin-off de sua unidade de softwares e fundi-la com a Micro Focus International. Segundo um comunicado da HP, isso deverá ocorrer em 1º de setembro próximo e resultará em uma das maiores empresas puro-sangue de softwares do mundo, “com recursos extraordinários e foco em entregar vlor aos clientes através de um portfolio de produtos de primeira classe”. A HPE Software estreou 30 anos atrás com os produtos Data Protector e Network Management. Ja a Micro Focus foi fundada há mais de 40 anos com foco em COBOL — e quem pensa que COBOL é coisa do passado deve saber que os negócios nessa linguagem triplicaram de 2001 para cá, principalmente através do Visual Cobol, que permite aos clientes migrar bases legadas para modelos modernos, como nuvem e mobile. Ambas as empresas têm crescido organicamente, através de inovação e também com uma série de aquisições, como se pode ver no quadro abaixo:

Fonte: Discovering The New

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: