O que o uso da Ciência de Dados pela Airbnb pode nos ensinar

29/05/2017

O mercado dos aluguéis de curto prazo dependem muito de análises de dados para obter um ROI eficaz

Se há uma coisa de que os profissionais de marketing não podem reclamar atualmente é de falta de opções. Online, offline, digital, tradicional, o que não falta é lugar onde investir as verbas. Em compensação, é cada vez mais difícil saber exatamente onde investir. Uma solução é analisar as métricas de dados e desempenhos. Durante o Facebook Measurement Event, realizado no escritório novaiorquino da rede, Alok Gupta, gerente de ciência de dados da Airbnb, contou alguns dos seus segredos — bem importantes, considerando que o mercado dos aluguéis de curto prazo dependem muito de análises de dados para obter um ROI eficaz. Ele falou, por exemplo, da importância de testar e medir: “Nós só investiremos onde formos capazes de medir”, declarou. E essa mentalidade de “testar-e-medir” precisa ser sistemática, o que inclui, segundo Gupta, criar hipóteses, testá-las rapidamente e então rejeitá-las ou confirmá-las. “É chamado ciência por uma razão”, diz ele. Gupta também ressalta a importância de estar aberto a colaborações, ser honesto com parceiros e entender que erros no processo podem acontecer — “Nunca iremos construir o sistema perfeito”, alertou ele. Fonte: Direct Marketing News

A Apple está desenvolvendo um chip de inteligência artificial
A Apple trabalha com software de inteligência artificial desde 2011, quando lançou o Siri, que opera os smartphones com comandos de voz. Mas agora está trazendo a inteligência artificial para os chips. A Apple está desenvolvendo um processador específico para tarefas que utilizam IA. Conhecido internamente como Apple Neural Engine, o chip deve melhorar os dispositivos da empresa a lidar com atividades que de outra forma exigiriam uma inteligência humana — como reconhecimento facial e de fala. Esse chip significa que a Apple está levando a sério a corrida com Amazon e Alphabet (Google) no campo inteligência artificial, pois essas empresas, nos últimos anos, haviam conseguido uma boa dianteira. Fonte: Bloomberg

Snap adquire a Ctrl Me Robotics, fabricante de drones
Há alguns meses circulavam rumores de que a Snap, proprietária do Snapchat, estava interessada em fabricantes de drones. Mas agora, a aquisição da Ctrl Me Robotics demonstra que o interesse em hardware não é apenas por curiosidade. O negócio foi fechado por menos de US$1 milhão, ou seja, custou relativamente pouco e pode abrir algumas oportunidades interessantes para uma empresa que está se reposicionando como “the camera company”. A Ctrl me (pronuncia-se “control me”) oferece ferramentas de captura de imagens aéreas para estúdios de cinema, usando drones de terceiros e soluções próprias. A empresa também estava planejando diversificar, com soluções para a indústria de petróleo e agricultura. Em um post no Instagram, Ctrl Me mostrou um drone e um estabilizador experimental que segura um smartphone, permitindo o uso do Snapchat em um ângulo aéreo. Fonte: Buzzfeed

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: