A última da Amazon: está dando bananas para o público

24/05/2017

 

Geração Z não consegue viver sem YouTube. leia abaixo

Empresa já tem dois Community Banana Stand em SeattleA fruta, claro. A gigante do e-commerce vem transformando os negócios por onde passa: varejo, produção e distribuição de filmes, armazenamentos de dados. Mas ninguém imaginava que aconteceria com essa fruta tão comum. A ideia de Jeff Bezos, CEO da empresa, e que teria nascido em um brainstorming, era oferecer a todo mundo — e não apenas aos seus funcionários — em torno da sua sede, em Seattle, um lanche saudável e ecossustentável. Primeiro, pensaram em laranjas, mas as bananas ganharam a preferência. Assim nasceu o primeiro Community Banana Stand (agora já são dois estandes) através dos quais a Amazon já distribuiu gratuitamente 1,7 milhão de bananas. Nem todo mundo está feliz, porém. As frutarias em torno da empresa têm reclamado muito da “concorrência desleal”. Fonte: The Wall Street Journal

 

Hábitos digitais da Geração Z: YouTube é essencial
O tempo não para. Resultado, os millennials estão sendo convidados a dar um passinho para o lado, pois há um novo segmento demográfico na praça, a Geração, adolescentes e pré-adolescentes nascidos entre 1996 e 2010. Eles estão ganhando poder como um segmento de consumidores e, diferentemente da geração anterior, que em sua maioria testemunharam o começo da revolução da internet, a Geração Z cresceu em um mundo inteiramente digital, o que lhes dá uma perspectiva totalmente nova que as empresas precisam começar a entender. Para ajudá-las a entender como a Geração Z funciona, o Adweek fez uma parceria com a Defy Media e perguntou a um grupo de 1.500 adolescentes, na faixa de 13-20, o que eles pensam sobre tudo: plataformas de mídias sociais a vídeo digital, e até uma nova cepa de celebridades online. Eis duas descobertas importantes da pesquisa: aproximadamente todo mundo da Geração Z usa YouTube — e metade não consegue viver sem essa rede — e eles confiam nas estrelas das redes sociais tanto (e às vezes mais) do que nas celebridades do mundo offline. Confira em detalhes no infográfico: https://br.pinterest.com/pin/279575089350688270/ Fonte: Adweek

Empresa do ramo imobiliário coloca realidade virtual em todos os escritórios dos EUA
A realidade virtual tem se destacado pelo uso em jogos, mas as empresas estão começando a enxergá-la como um componente de seus negócios. O setor imobiliário saiu n frente com uma empresa global voltada para o mercado de luxo, com sede na Alemanha, colocando os dois pés nesse campo. Durante o MediaPost IoT Marketing Forum, Anthony Hitt, CEO da Engel & Völkers, contou o que sua empresa está fazendo. Segundo Hitt, no próximo ano, 171 milhões de pessoas vão usar hardware e software de RV e a empresa não quer perder esse trem. Por isso construiu uma plataforma de RV e colocou câmeras Ricoh e dispositivos Google Cardboard em todos os escritórios da America do Norte. O investimento sequer foi muito alto: menos de mil dólares por locação. Agora, os interessados em escritórios e apartamentos podem ir até um escritório da Engel & Völkers, colocarem os óculos e fazerem tours por todas as propriedades disponíveis. Os vendedores podem ver o que o comprador está vendo em uma tela separada e assim ajudar no tour virtual. Fonte: MediaPost Connected Thinking

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: