Nintendo vai descontinuar o NES Classic — um erro que também pode virar clássico

26/04/2017

Empresa anunciou que agora em abril será feito o último carregamento do produto para as lojasGuardadas as devidas proporções, é como se estivéssemos revivendo a decisão da Coca-Cola em 1987, quando “aposentou” seu produto clássico e lançou a “new Coke”. A Nintendo acaba de anunciar que em abril despachará para as lojas o último carregamento do NES Classic Edition. De acordo com um porta-voz da empresa, ele não foi planejado para ser um produto “ongoing” e permanecer no portfolio no longo prazo. Mas se isso não estava no planejamento original, observam alguns analistas da indústria, o fato é que foi exatamente o que ele se tornou. Assim, em vez de usar argumentos lógicos para justificar o abandono do produto, eles deviam usar a inteligência e continuar a atender um público cativo — e que não é pequeno. Em janeiro, a Nintendo vendeu um milhão e meio de unidades do NES Classic Edition e mesmo agora, quatro meses depois da temporada de final de ano, a empresa não consegue atender totalmente a demanda do microconsole. A história realmente lembra o episódio da Coca-Cola, o que pode indicar que não termina por aqui. No mínimo, haverá quem esteja disposto a ocupar esse espaço do mercado, oferecendo uma cópia do produto a seus milhões de fãs. Fonte: Wired

Primeira startup da Walmart está focada em experiências personalizadas de compra

A estratégia de crescimento do Grupo Walmart passa pela expansão para outras indústrias além do varejo de tijolo-e-cimento. E para isso lançou uma incubadora de empresas de tecnologia, Store No. 8, em março. A meta é ter uma unidade separada e com agilidade para perceber tecnologias emergentes que possam ser desenvolvidas e aplicadas no ecossistema Walmart. Agora, acaba de anunciar a contratação de Jennifer Fleiss, co-fundadora da Rent the Runway, um serviço online de aluguel de roupas, para supervisionar sua primeira startup, a Code Eight, que desenvolverá “experiências de compra personalizadas, one-to-one”. O anúncio reforça o fato de a incubadora se inserir em um contexto mais amplo de investimentos da gigante do varejo em e-commerce sob a liderança de Marc Lore, que veio para o grupo quando sua empresa, a Jet.com, foi adquirida no meio do ano passado por US$3,3 bilhões, trazendo ideias e táticas avançadas. Fonte: Bloomberg
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: