Quando seus dados estão ‘suficientemente bons’ para análise preditiva?

14/02/2017

A imperfeição nos dados é uma oportunidade de identificar fraquezas e amadurecer as estratégiasEstamos vivendo a era do consumidor. Com as empresas estão empenhados em conseguir insights melhores, o valor dos dados nunca foi tão grande. Mas, em alguns casos, eles deixam de ser usados em projetos de análise preditiva porque os profissionais estão “Esperando Godot”, ou seja, estão em busca de atingir a perfeição antes de começar. Segundo o relatório “The State of Salesforce”, da Bluewolf, 81% dos clientes da Salesforce citaram o aumento no uso de análise preditiva como a iniciativa mais importante para suas estratégias de vendas. Ao mesmo tempo, porém, isso vem sendo feito com um cuidado talvez excessivo, uma vez que não existe a perfeição na área dos dados. Assim, aconselham analistas, em vez de atrapalhar a implementação de ferramentas preditivas, a existência de dados imperfeitos oferece uma oportunidade de identificar pontos de fraqueza em seus conjuntos de dados e amadurecer suas estratégias. Os dramáticos benefícios da análise preditiva pode ser visto em todo nível do seu uso — a chave é começar a trabalhar com os projetos. Fonte: TechTarget

Varejistas duplicam suas apostas em email
Uma pesquisa de outubro de 2016 feita pela Yes Lifecycle Marketing descobriu que os principais objetivos das empresas no mundo inteiro este ano são aumentar as vendas, melhorar o engajamento com consumidor e melhorar a aquisição de clientes. Para dar suporte a essas metas, os respondentes pretendem priorizar email (68%) e mídias sociais (54%). Os varejistas também estão buscando integrar canais online e offline para obter melhores insights sobre seus consumidores este ano. Em torno de 4 em cada 10 empresas disseram que implementarão iniciativas de atribuição multicanal e testar ferramentas para canais e conteúdos em 2017. A maioria já está usando táticas como botões em midias sociais e vídeos. Outras táticas, como ofertas dinâmicas e conteúdo gerado pelos usuários são menos comuns, embora haja interesse em implementá-las. Fonte: eMarketer

Nova loja da Neiman Marcus oferece poderosas experiências “tech-powered”
Os varejistas estão sendo desafiados para criar experiência ainda melhores — e isso quer dizer acima de tudo conveniência. A rede Neiman Marcus abriu na sexta, 10/2, uma nova lojas em Fort Worth, Texas. São quase 9 mil metros quadrados com um grande sortimento de recursos “high-tech” voltados para melhorar a experiência de compra. A loja inclui um departamento de cosméticos onde as prateleiras de vidro foram substituídas por displays de autosserviço, embora os experts em maquiagem continuem disponíveis. Memory Mirrors foram espalhados pela loja. Esses equipamentos filmam os clientes sendo maquiados e o vídeo é enviado para seus telefones e são usados para referência futura. Vinte marcas já fazem parte do projeto. Fonte: Dallas News

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: