MIT desenvolve app para smartwatches que detecta emoções 

08/02/2017

download (16)O software usa uma variedade de sinais ligados à fala

Tuka AlHanai eMohammad Mahdi Ghassemi, pesquisadores do MIT, desenvolveram um novo software para relógios inteligentes que entendem o tom de uma conversa e podem dizer se a pessoa está feliz, triste ou neutra, baseado em seus padrões vitais e de fala. Eles demonstraram esse recurso em um Samsung Simband e acreditam que os dispositivos no futuro servirão como ‘social coaches’ para pessoas com ansiedade ou síndrome de Asperger. O algoritmo desenvolvido pode analisar fala e tom em tempo real. O video-demo mostra como o gráfico flutua à medida que uma pessoa conta uma história triste ou feliz. O sistema captura ondas fisiológicas em alta resolução para medir movimentação, batidas do coração, pressão e fluxo sanguíneo, temperatura da pele, assim como reúne dados de áudio e transcrições de texto para analisar o tom, a altura, a energia e o vocabulário da pessoa. Então, mostra em tempo real as emoções da pessoa enquanto ela fala. O MIT garante que o sistema tem 83% de acuracidade. O software ainda terá que passar por vários testes, incluindo outros dispositivos, como o Apple Watch. Fonte: Thinkur

Programa de fidelidade coloca rede de material esportivo nas finais do Retail Innovation
O Retail Innovation é uma premiação da revista Innovative Retail Technologies que reconhece os varejistas não apenas pelos aspectos de novidades, mas pelos resultados obtidos. Uma das finalistas deste ano é a rede Columbia Sportswear, que desenvolveu um programa de fidelidade através das mídias sociais que é uma maneira eficaz de engajar seus consumidores mais profundamente, conectando seus perfis e criando uma experiência mais holística com a marca. Por exemplo, há um recurso de moderação conectado com o CRM que dá à Columbia Sportswear a capacidade de identificar as experiências passadas do consumidor com a marca e premiá-lo por isso. A ferramenta da Chirpify permite ainda moderar qualquer gatilho social, filtrando a fila resultante com parâmetros como a qualidade do conteúdo gerado pelo usuário, o número de seguidores, a língua do post, a imagem do perfil e mais. Fonte: Chirpify
Último produto de Steve Jobs está próximo de ficar pronto
A principal características do co-fundador da Apple era a profunda preocupação com todos os recursos dos seus produtos. E seu último trabalho – a nova sede da Apple em Cupertino, Calif. –  será um tributo à altura: um campus futuristico, construído com estonteante atenção aos detalhes. Da disposição da rede elétrica ao acabamento primoroso de um encanamento escondido, nenhum aspecto do edifício principal, com 260 mil metros quadrados, era pequeno demais para escapar ao escrutínio. Mas isso significou também inevitáveis atrasos. A data inicial era 2015, mas foi adiada algumas vezes e agora situa-se em algum ponto próximo ao meio deste ano. O preço da “nave espacial” também não foi pequeno: calcula-se em não menos de 5 bilhões de dólares, um quinto alocado apenas para o interior do edifício principal. O mais importante, porém, é o espírito de Jobs presente na construção. “Trata-se de criar um centro simbólico para essa empresa global”, comentou Louise Mozingo, titular do Department of Landscape Architecture and Environmental Planning, da Universidade de Berkeley. “Eles estão criando um ícone.” Fonte: Reuters
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: