Fácil x agradável: como a experiência de compra afeta a satisfação do consumidor

26/01/2017

Tilt CEO James Beshara. Photo by Bloomberg.

James Beshara, CEO da Tilt, que está sendo comprada pela Airbnb. Saiba mais abaixo

Uma experiência fácil de compra é importante, mas não é o principal diferenciador entre clientes satisfeitos e insatisfeitos

As marcas líderes estão fazendo grandes esforços para facilitar a experiência de compra de seus clientes. Mas uma pesquisa recente da MarketingSherpa descobriu que isso pode não ser suficiente. O estudo foi feito em setembro e outubro de 2016, nos EUA, com uma amostra de 2.400 consumidores. A opção “experiência de compra (seja online ou pessoalmente) é fácil” ficou no topo quando se pediu para descrever a principal característica do marketing de uma empresa, considerando-se tanto clientes satisfeitos como insatisfeitos. 55% dos clientes satisfeitos concordaram com essa descrição, e 24% dos insatisfeitos. Isso significa que uma experiência fácil de compra é importante, mas não é o principal diferenciador entre clientes satisfeitos e insatisfeitos. Esse seria a criação de experiências agradáveis. A opção “experiência de compra (seja online ou pessoalmente) é agradável” ficou em segundo lugar entre os clientes satisfeitos (46%), mas cai para a oitava posição (em 10) entre os insatisfeitos (10%). Fonte: MarketingSherpa

Airbnb está negociando a compra de empresa de pagamentos
Segundo fontes ouvidas pelo site The Information, a Airbnb está bem próxima de fechar um acordo para a compra da Tilt, empresa de pagamentos concorrente da Venmo, por um preço estimado entre 10 e 20 milhões dólares. O baixo valor surpreende, considerando que a empresa já levantou 62 milhões de dólares em fundos e chegou a ser avaliada recentemente em US$ 400 milhões. Mas o fato é que a Airbnb está comprando a Tilt por sua expertise em pagamentos e não por suas receitas correntes. A Tilt criou um app que permite a grupos de amigos dividirem o custo de viagens ou fazerem crowdfund para uma grande compra. O app será provavelmente encerrado, pois a tecnologia por trás é o que parece haver interessado a Airbnb. Fonte: The Information

Lojas físicas, a nova moda do varejo “plus-size”
A Eloquii é uma operação de varejo online especializada em roupas de tamanhos grandes, fundada em 2014, e que acaba de anunciar que vai abrir lojas físicas. Na verdade, um espaço físico experimental e temporário, do mesmo modo que outras operações “plus-size” como a ModCloth, que abriu sua primeira loja em dezembro na cidade de Austin, Texas. A loja da Eloquii fica no Fashion Centre de Pentagon City, Arlington, Virginia, que atende a Grande Washington, D.C., e é uma clara resposta às demandas dos consumidores por uma locação física. Outras marcas no mesmo caminho são Gwynnie Bee, Lane Bryant, Of Mercer. Segundo Mariah Chase, CEO da Eloquii, “fala-se muito em levar tecnologia digital para a experiência offline, [mas] queremos garantir que estamos fazendo isso para atender a vontade do consumidor e lhe oferecer benefícios — não apenas fazendo isso por nós mesmos, para dizer que temos tecnologia interessante em nossa loja.” Fonte: Glossy
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: