Email Marketing: estudo da Return Path aponta tendências da ferramenta 

10/12/2016

Resultado de imagem para email marketing52% dos entrevistados acreditam que personalização é o elemento mais crítico para o sucesso das campanhas — qualidade dos dados é o maior desafio

Tendo completado 45 anos de existência, o email continua sendo o “carro-chefe” do conjunto de ferramentas do marketing digital, oferecendo o maior ROI entre os canais disponíveis. Mas a execução de uma campanha de sucesso depende de análise minuciosa dos dados para tomar as melhores decisões. “Quando comparado a outros canais, o email é o preferido dos consumidores para interação com as marcas. Dessa forma, sai na frente o profissional de marketing antenado a essa preferência e disposto a aproveitar todo o potencial da ferramenta, com atenção especial a necessidades de ajustes contínuos das estratégias”, explica Cecilia Belele, Diretora Regional da Return Path para América Latina.
Para orientar os profissionais da área nas tomadas de decisões, a Return Path, em parceria com a Ascend2, lançou o estudo “Estratégias de Campanhas de E-mail Marketing: otimização de performance para Marketing B2C”, que apresenta os desafios e as melhores e mais eficazes táticas no uso do canal. A pesquisa foi realizada em novembro, com base na percepção de 104 influenciadores de marketing dos Estados Unidos, entre os quais proprietários de empresas, CXO, vice-presidentes, diretores e gerentes.
A seguir estão os principais destaques do estudo.
· 52% dos entrevistados acreditam que melhorar a personalização do email é o objetivo mais importante, pois os consumidores atuais esperam uma experiência de email altamente adaptada às suas preferências pessoais. Melhorar a retenção de clientes e aumentar o engajamento dessas pessoas também são objetivos altamente valorizados (47% e 44%, respectivamente).
· 46% dos entrevistados revelam que a qualidade dos dados dos assinantes é o maior desafio para o sucesso (uma lista de assinantes de alta qualidade é aquela que contém apenas destinatários que tenham demonstrado interesse em receber mensagens de determinada marca, além de reunir também dados comportamentais e de preferências desses usuários.)
· 48% dos entrevistados apontam que mensagens individualizadas é a forma mais eficaz de personalização, mas também a mais difícil de executar.
· 47% dos profissionais de Marketing dizem combinar recursos terceirizados e internos, uma tendência que se explica pelo aumento da concorrência pela atenção dos clientes na caixa de entrada, o que tem elevado significativamente a sofisticação das campanhas de e-mail.
O estudo está disponível (em inglês) para download gratuito no site da Return Path.
Viajantes frequentes: o que piorou em 2016
Este ano tem trazido mudanças disruptivas para o programa de fidelidades das companhias aéreas. Impulsionadas pela pressão de aumentar receita e se manter em alta em rankings do gênero, as companhias aéreas dos Estados Unidos, que influenciam a aviação mundial, têm explorado novos tipos de tarifas e cabines para gerar mais lucro. Como resultado, muito dos luxos uma vez aproveitados por viajantes frequentes agora estão limitados em razão de restrições ou mudanças de mercado. Confira abaixo as cinco principais tendências para a indústria:
1. As tarifas das classes Basic Economy da Delta que concorriam em rotas operadas por concorrentes low-cost expandiram-se para outras rotas e o conceito foi adotado por outras grandes, tirando espaço das outras classes.
2. há menos upgrades, com as empresas preferindo cobrar cada vez valores mais altos por tarifas premium em vez de vender duas vezes mais assentos pela metade do preço.
3. O foco passou a ser na receita, tornando mais difícil o acúmulo de milhas e ganhar status elite.
4. American e Delta lançaram as classes Premium Economy, dificultando o acesso dos participantes dos programas às suas classes executivas.
5. Salas VIP estão cada vez mais caras.

Fonte: Panrotas
Correios apresentam seu novo serviço de mensagens: Postal Reverso

Os Correios anunciaram o lançamento de um novo serviço no segmento de mensagens, o Postal Reverso. Por meio dele, bancos, corretoras de seguro, empresas de vigilância e conservação, planos de saúde, cartórios e órgãos de governo podem substituir parte da sua estrutura administrativa, utilizando a capilaridade da estatal para atender seus clientes na oferta de serviços rotineiros. O Postal Reverso é, na verdade, um combo de soluções que podem ser contratadas: impressão, manuseio, postagem, entrega, coleta, conferência e devolução de documentos, agregando ainda a possibilidade de monitoramento online. O destinatário final também poderá contar com duas modalidades de devolução de documentos: na agência, por meio de autorização de postagem (e-ticket), e em domicílio, com a coleta do documento na residência. Aécio de Figueiredo Silva, CMO da vice-presidência do Negócio Postal dos Correios destaca que esse conjunto de soluções vai propiciar a redução de custos das empresas ao mesmo tempo que facilitará a ampliação da sua capacidade de atendimento. Para saber mais sobre o serviço, basta entrar em contato com uma das Gerências de Vendas dos Correios.
Fonte: Correios – Gerência de Marketing Postal e Vendas
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: