11 Razões para não colocar sua estratégia de mídias sociais nas mãos de adolescentes

27/11/2016

2642-12745437615w13Falando em mídias sociais, muitas vezes dá vontade de estender a mão e me apresentar da seguinte maneira: “muito prazer, Stegosaurus armatus”. Como vocês devem saber, esse “lagarto telhado” viveu no fim do período jurássico, uns 150 milhões de anos atrás, época em que a Internet caía muito mais do que hoje em dia.

É um meio onde qualquer pessoa que tenha mais de 25 anos começa a ser olhado como um ancião. E olhem que já passei por essa fronteira muito tempo atrás.

Até dá para entender que uma empresa cujo público-alvo seja os jovens pense em utilizar um estagiário recém-formado ou até mesmo um adolescente “nerd” para ajudá-la a se comunicar com essa audiência. Mas não pode ser “a” solução para o gerenciamento das mídias sociais.

Em artigo publicado em 2012 na revista Inc., Hollis Thomases, autora de Twitter Marketing: An Hour a Day, falou uma coisa interessante: não é porque você não entende de mídias sociais que pode deixar a operação de um ativo de marketing cada vez mais importante nas mãos da sua sobrinha, ou de qualquer outro adolescente “muito bom no Facebook”.

stegosaurus_bwNós, os dinossauros, temos alguns benefícios para oferecer. Experiência, por exemplo. Um acervo de conhecimentos mais amplo. Etc. E alguns de nós, os estegossauros armatus, até também “somos muito bons no Facebook”.

Hollis listou 11 razões pelas quais você não deveria deixar todo o esforço de mídias sociais de seu negócio, ou seja, a reputação online de sua marca, em mãos inexperientes. Eis o que ela fala, em tradução e adaptação minha.

1. Eles não estão suficientemente maduros. Comparados com os jovens de 50 anos atrás, que estavam ansiosos para entrar e se estabelecer na idade adulta, os jovens de hoje não só não estão ansiosos para fazer isso,como a maioria não sente que atingiram a fase adulta até os 30 anos ou mais, de acordo com pesquisa da Clark University. Em vez disso, eles tendem a se sentirem instáveis e auto-centrados e preferem continuar a explorar quem são e como podem transformar suas vidas. O que é ótimo para eles, mas não tanto para você, o empregador – especialmente porque mídias sociais têm tudo a ver com comunicar-se com seus públicos de uma maneira madura e responsável.

2. Eles podem estar concentrados em suas próprias atividades nas mídias sociais. Na mesma direção do item acima, se você contrata um jovem para gerir as suas mídias sociais, você também pode precisar se preocupar em como ele ou ela realmente está usando o seu tempo. Será preciso monitorar o monitorador?

3. Eles podem não ter sua mesma ética – ou sua mesma experiência. Seu estagiário com pós-graduação na faculdade pode ter experiência com o Facebook e Instagram, mas é bom certificar-se de verificar o conteúdo de suas atualizações e posts. Você precisa ter certeza de suas mensagens refletem sua marca – e que você não vai ver publicada uma foto comprometedora feita com um smartphone no final de uma noitada. No mínimo, você deve garantir que haja uma uma “social media policy” estabelecida (confira a da Intel em http://www.intel.com/content/www/us/en/legal/intel-social-media-guidelines.html).

4. Você não pode controlar os amigos deles. Isso não é exclusivo para recém-formados, claro, mas é um risco a considerar: mesmo se você contratar um verdadeiro vencedor, assegure-se de que seus amigos ou amigas não vão postar conteúdo inadequado nos perfis de sua empresa.

 5. Nenhuma aula pode substituir o treinamento on-the-job. Mídias sociais para empresas, na verdade, é um conjunto de coisas: marketing, atendimento ao cliente, relações públicas, gestão de crises, branding. Quão profunda é a experiência de um jovem na entrega de qualquer delas?

6. Eles podem não entender o seu negócio. Você está entregando as chaves do reino das suas mídias sociais para um novato, mas há muito que ele ou ela precisa entender além das próprias ferramentas sociais. Quais são as nuances de seus produtos ou serviços? O que faz você se destacar no mercado? Quais são as expectativas típicas de seus clientes? Como você soluciona problemas e convence clientes a permanecer um pouco mais com você? O que sua empresa representa? Nenhum recém- contratado será capaz de absorver estas questões da noite para o dia, claro, mas um recém-formado enfrentará uma curva de aprendizagem ainda mais acentuada.

7. Habilidades de comunicação são fundamentais. Comunicação é fundamental para uma execução sólida de mídias sociais. Antes de deixar um jovem contratado assumir as mensagens de blog da empresa, analise suas habilidades de escrita. Mais ainda: muitos jovens ainda não aprenderam a “arte” de se comunicar. Certifique-se que aprendam a ler nas entrelinhas, ao invés de levar as coisas muito literalmente.

8. Humor é um negócio complicado. As pessoas gostam de se divertir, em mídias sociais, bem como em outros lugares. Será que um jovem entende os limites do humor e o nível de entretenimento apropriado para o seu público-alvo, sem risco de ofender sua audiência?

9. Conhecimento de mídias sociais não é o mesmo que conhecimento técnico. Cuidar de mídias sociais exige uma combinação de ambos. Uma gestão bem sucedida envolve entender elementos como produção, análises, ferramentas, entre outros.

10. Gestão de mídias sociais podem se tornar a gestão de crises. A natureza em tempo real das mídias sociais pode rapidamente transformar um post divertido em um desastre de relações públicas, especialmente se a pessoa atrás do volante não está pensando alguns passos à frente. Você está realmente disposto a correr esse risco?

11. Você precisa manter as chaves. Se você for em frente e contratar um jovem recém-entrado no mercado, certifique-se que ele ou ela configurou os perfis de mídias sociais usando o email da sua empresa e compartilhando as senhas com você. Caso contrário, você pode acabar sem acesso a esses perfis – e sem poder removê-los.

Em resumo, finaliza Hollis, mídias sociais não é o todo, nem o fim. É um meio, uma ferramenta de marketing que é parte de um arsenal cada vez maior de maneiras de capturar a atenção de clientes e prospects para a sua empresa.

O que você acha?

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: