Como usar melhor o LinkedIn em sua estratégia de marketing

20/11/2016

kh-linkedin-advertising-formatsO artigo abaixo foi adaptado de um post do blog da Linkfluencer

No caso de você não haver percebido, o LinkedIn tem uma plataforma de publicidade que vem sendo cada vez mais utilizada pelos anunciantes.

Mas muita gente ainda não a utiliza devido ao alto custo por clique (mais sobre isso mais tarde) e às opções limitadas de tipos de anúncio. A plataforma, na verdade, é muito básica em comparação à do Facebook e do Google.

A teoria da Linkfluencer é simples: como em qualquer coisa na vida, quando todo mundo está “zigging”, você precisa estar “zaggging”, ou seja, enquanto todo mundo está lutando por cliques nas concorridas plataformas de anúncios do Facebook e do Google, anúncios no LinkedIn conseguem excelentes resultados.

Mas atenção: o LinkedIn não é eficaz para todos os tipos de empresas; vai depender do portfolio de produtos ofertados. Devido ao alto CPC, se você oferece cursos online cujo valor médio está abaixo de 1500 reais, pode ser que você não consiga atingir o ROI desejável com o LinkedIn.

Considerando isso, eis uma maneira de alavancar a plataforma de publicidade do LinkedIn para começar a gerar leads para seu negócio com base na experiência do Linkfluencer.

Passo 1: Criar um Perfil da Empresa

Em primeiro lugar, para começar uma campanha no LinkedIn, deve-se configurar um perfil da empresa para publicar os anúncios nele. Mas não é recomendável configurar um perfil quando se tem menos de 11 funcionários, pois isso pode fazer a empresa parecer pequena demais.

Utilize o perfil de sua empresa no LinkedIn apenas para publicidade; não vale a pena o esforço para compartilhar conteúdos a partir dele a não ser que você tenha um grande volume de seguidores. O conselho, portanto, é não se preocupar em criar conteúdos, pois isso absorve tempo e traz poucos resultados. Para esse objetivo, é muito melhor usar o seu perfil pessoal, conectando-se e construindo relacionamentos com seu mercado alvo através da metodologia dos três passos do Linkfluencer.

Passo 2: Selecionar o Tipo de anúncio

Entre os anúncios que se pode publicar (anúncios na barra do lado direito e conteúdo patrocinado), deve-se escolher os anúncios de conteúdo patrocinado. São as peças de conteúdo que se pode postar no perfil de empresa e que aparecerão no newsfeed do LinkedIn. Já os anúncios na barra do lado direito não conseguem gerar tração e, na experiência da Linkfluencer, têm resultados horrorosos.

Para ser eficaz, basta compartilhar um link do perfil da empresa nos anúncios que serão publicados.

Como exemplo, veja a landing page da promoção que a Linkfluencer está fazendo para o Elite Mastermind Program, que oferece o conselho de especialistas para as empresas alavancarem eficazmente o LinkedIn e ajudá-los a aumentar seus negócios mais rapidamente.

E eis anúncio que está no ar atualmente no LinkedIn:

Passo 3: Obter a Segmentação Correta

Depois de selecionar o post, e criar título e imagem para ele, está na hora de escolher a segmentação correta.

Há algumas boas opções de segmentação para seus anúncios. O que funcionou para a Linkfluencer foi país, tipo de indústria, tamanho da empresa e nível de senioridade dos executivos (veja abaixo).

Eles também obtiveram resultados muito bons usando os grupos para segmentação. Por exemplo, quem está buscando “business coaching” pode usar grupos em que esses profissionais fazem parte.

A segmentação por grupos é mostrada abaixo:

Passo 4: Definir Verba e Lance

Uma vez definido o anúncio, é hora de configurar orçamento e lance. Devido ao custo dos cliques, você deveria ter um orçamento de pelo menos R$ 170 – R$ 340 por dia para testar.

A Linkinfluencer costuma estabelecer o CPC (custo por clique) no valor do lance recomendado e isso parece estar gerando um bom número de cliques a preços mais baratos. Assim, embora você diga que pode pagar R$ 30 para clicar em seu anúncio é bom, você acaba pagando R$ 12 ou em torno disso por um clique.

Pode-se estabelecer um valor menor para seus cliques, mas aí o anúncio pode não ser mostrado para muitas pessoas e você vai ter que monitorar o anúncio mais frequentemente para saber se ele deixou de ser mostrado.

É importante anotar que, embora o CPC seja mais alto no LinkedIn, a qualidade do tráfego que tem gerado para a Linkinfluencer é muito melhor do que o de outras plataformas. Ele tende a converter mais – quase o dobro do que ela consegue no Facebook – e a qualidade dos pedidos é bem mais alta.

Isso significa que, quando você pagar R$ 12 por clique no LinkedIn, a conversão é melhor do que, quando o clique vem do Facebook, embora esse custe entre R$ 3 e R$ 6.

Conclusão: o ROI do LinkedIn é melhor.

Passo 5: Revisar os Dados

Depois da publicação, será preciso fazer a revisão dos dados, considerando que um teste sólido exige cerca de 60-100 cliques. Acima, está um exemplo de um teste com 66 cliques que a Linkinfluencer fez em uma audiência com bons índices de conversão e dados estatísticos sólidos.

Em seguida, é preciso determinar quantos cliques são convertidos em leads e em vendas – mas você precisar testar durante pelo menos duas semanas para obter uma visão sólida de seus resultados.

Ao mesmo tempo, não se descuide de analisar a evolução da taxa de cliques (CTR) versus custo por clique (CPC). Se você perceber que o CTR está caindo e o CPC está aumentando, é provável que o anúncio esteja com “ad fatigue”, ou seja, ele vem sendo mostrado muito para o público e eles não estão mais clicando nele.

Agora, o mais importante, como antes de qualquer campanha de publicidade online, é garantir que em primeiro lugar você tem um funil de vendas online de alta conversão. Mas, se quem o criou, seja você ou outra pessoa, não tem ideia sobre conversões pela web, é melhor esquecer até ter os fundamentos certos, pois não faz nenhum sentido queimar sua verba em publicidade se o seu funil de vendas é um lixo.

E aqui é onde você vai precisar dos conselhos de especialistas. O investimento pode retornar multiplicado por milhares de vezes.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: