Gamificação passa para o próximo nível

04/11/2016

Resultado de imagem para gamificationUnder Armour, Gatorade e Warby Parker são algumas das marcas que estão usando a abordagem

O tempo de atenção do consumidor continua a encolher — está abaixo de oito segundos, de acordo com um relatório da Microsoft do ano passado. Como resultado, mantê-los engajados está ficando cada vez mais difícil.Para algumas marcas, a gamificação tem se mostrado uma tática produtiva. Embora a abordagem seja praticada há anos, a nova onda de jogos envolvendo marcas utiliza o que se aprendeu em campanhas prévias. Ao combinar a experiência cumulativa com novas plataformas e tecnologias, a gamificação avançou para o próximo nível e está engajando consumidores como nunca. Eis alguns exemplos recentes de grandes marcas: a Under Armour fez os participantes calçarem literalmente os tênis de Cam Newton, quarterback do Carolina Panthers, para disputar uma corrida de obstáculos; a Gatorade fez parceria com a tenista Serena Williams para oferecer aos jogadores a chance de ganharem um título do Grand Slam; e a Warby Parker criou um jogo baseado em física para lançar uma nova edição de lentes. À medida em que a tecnologia evoluir, a gamificação torna-se uma opção mais em conta para as marcas que não têm verbas multimilionárias. CataBoom, uma startup de Dallas, lançou uma plataforma que visa desenvolver fidelidade instantânea ao recompensar determinados comportamentos de consumo. O produto oferece a capacidade de criar campanhas de prêmios online em menos de sete minutos, disse o CEO da CataBoom,Todd McGee. “Automatizamos todo o processo, inclusive os acordos legais”, disse McGee. “Com mais de 60 jogos diferentes disponiveis, podemos oferecer a gratificação instantânea através de prêmios que realmente fala com consumidores, principalmente os millennials.” Independentemente do tamanho da marca, a gamificação oferece inúmeros beneficios, como repetição de visitas (se a experiência for positiva, os consumidores voltarão para jogar e se engajar com a marca), experiências únicas e conexões diretas. Fonte: Colloquy

Microsoft lança Teams, ferramenta colaborativa rival do Slack
Preview do produto está disponível para 181 países e em 18 línguas
Nesta quarta, 1/11, em um evento realizado em Nova York, a Microsoft anunciou o lançamento do Teams, uma solução de chat em grupo que é baseada no Office 365. Segundo Kirk Koenigsbauer, vice-presidente corporativo encarregado do Office, “o Microsoft Teams é uma experiência inteiramente nova que reúne pessoas, conversações e cnteúdo — juntamente com as ferramentas que as equipes precisam — de forma que eles podem colaborar facilmente para realizar mais”. O Teams veio para concorrer diretamente com o slack, ferramenta colaborativa que tem obtido sucesso crescente entre as empresas. A diferença entre os dois produtos está principalmente no peso da Microsoft, como se pode notar quando se sabe que a nova solução foi disponibilizada em preview simultaneamente em 181 países e 18 línguas para os clientes que usam o Office 365 Enterprise ou possuem planos Business. Saiba mais sobre o produto, assistindo este vídeo — https://youtu.be/nKU-FMzZFF0. Fonte: Blog Office

Descubra as marcas que mostram mais respeito ao consumidor
Em geral, a verdade sobre a empresa —  o que funciona, o que não funciona e o que precisa mudar  — não é encontrada se ficarmos exclusivamente olhando para o umbigo da sua organização. Ela reside em algum lugar lá fora, ao lado do seus clientes. Mas o que realmente faz sentido para eles? O que gera a fidelidade deles? O que criar experiências do consumidor realmente fantásticas? Na visão de muitos especialistas, essas são as questões que determinam de fato a verdade do seu negócio, embora suas respostas sejam frequentemente intangíveis e difíceis de mensurar. Tentando resolver isso, a agência C Space fez um estudo chamado “customer quotient metric” e ouviu 20 mil consumidores para ranquear as marcas que geram mais fidelidade e fazem os consumidores se sentir respeitados. REI, a rede de varejo de roupa e produtos para exteriores de Seattle, que no ano passado fechou no Black Friday para estimular as pessoas a terem tempo para se relacionarem com a natureza, encabeçou a lista, seguida de Publix, Wegmans, Dove e Olay. Veja aqui (https://br.pinterest.com/pin/279575089347873133/) a lista das 20 primeiras do mercado dos EUA. E receba o relatório do estudo, enviando email para fernando.gguimaraes@gmail.com. Fonte: Harvard Business Review

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: