“Economia dos bots” cresce mais rápido do que cresceu”economia de apps”

26/09/2016

Hora de mudar de foco, apontam os especialistas: deixe apps para lá e vá atrás dos bots

Uma nota recente do Citigroup Inc. destaca quão rápido a “economia dos bots” está crescendo em relação à velocidade da “economia dos apps” em seu início. De acordo com o analista Mark May, as lojas de app móveis sozinhas geram cerca de US$40 bilhões/ano, mesmo sem levar em conta outras receitas como mobile marketing e publicidade. Uma nova oportunidade está surgindo, no entanto. Os bots estão se tornando cada vez mais presentes em muitas dessas plataformas. “Mudanças em players importantes como o Facebook na direção de comercializar sua plataforma Messenger e o anúncio recente da Apple de que lançará uma loja de apps e bots especificamente para iMessenger junto com o iOS10 apontam para uma correção de rumo no cenário mobile: de “economia dos apps” para “economia dos bots”, comentou May. Ele adicionou que “já um potencial significativo para os bots se tornarem uma tecnologia do dia a dia, não muito diferente do que ocorre com os apps em nosso smartphones atualmente”. Esse assunto será abordado em profundidade no Meeting ClienteSA Digital. Saiba mais em http://clientesa.com.br/calendario/63096/em-um-mundo-de-mudancas/ler.aspx Fonte: Bloomberg

Compra do Twitter entra na agenda de pesos pesados do mercado

O valor das ações do Twitter dispararam nesta sexta, 23/9, depois de circular a informação de que a empresa de microblogging cujos resultados não têm sido bons estaria próxima de ser comprada. Segundo as fontes ouvidas pela CNBC, várias empresas de tecnologia e de mídia estariam preparando propostas formais. Google e Salesforce foram as mais citadas, mas Microsoft e Verizon também teriam demonstrado interesse. Elas estariam interessadas tanto nos dados que o Twitter gera como em seu potencial como empresa de mídia. O conselho de administração do Twitter seria favorável à venda, desde que os valores fossem no mínimo de 30 bilhões de dólares. Fontes: CNBC, TechCrunch, Recode
Apple estaria acelerando na direção da indústria automobilística
Na quarta-feira, 21/9, o Financial Times publicou uma matéria, dizendo que a Apple estaria conversando com o McLaren Technology Group para aquisição do grupo inglês que fabrica supercarros e possui uma equipe de Fórmula 1. Ou, pelo menos para um investimento estratégico. Embora tenha havido uma negativa oficial, o movimento faria todo sentido, considerando que a Apple está trabalhando há mais de dois anos em um veículo elétrico autônomo. A aquisição seria apenas mais um passo no sentido de entrar para valer na indústria automotiva. E não seria a única iniciativa da Apple: ela estaria também em conversações com a Lit Motors, uma startup de San Francisco que desenvolveu uma motocicleta elétrica que se re-equilibra sozinha, tendo inclusive já contratado vários engenheiros que trabalharam na Lit Motors. Fontes: Business Insider, The  New York Times  

2 Respostas to ““Economia dos bots” cresce mais rápido do que cresceu”economia de apps””

  1. paulo roberto whitaker pentedao said

    Como? Se bots são programas que invadem computadores? Não entendo que economia é essa.

    • labdrnin said

      Paulo, bots são aplicações de software concebidas para simular ações humanas repetidas vezes de maneira padrão, da mesma forma como faria um robô. No contexto dos programas de computador, pode ser um utilitário que desempenha tarefas rotineiras ou, num jogo de computador, um adversário com recurso a inteligência artificial. O seu uso mais frequente, entretanto, está no Web crawler, em que um script realiza buscas automáticas, analisa informações de arquivos e servidores em uma velocidade extremamente alta, muito superior à capacidade humana. Além desses usos, o bot pode ser implementado em sites em que há comunicação com o usuário, como sites de jogos ou simplesmente onde é necessária comunicação semelhante à humana. O uso mais recente de Internet bots foca-se na publicidade, como o Google Adsense, que exibe a propaganda mais adequada a cada pessoa dependendo de seu comportamento na Internet. As aplicações que invadem computadores para disseminar spam ou aumentar visualizações de um site também sao bots, mas quando se fala em “economia dos bots” trata-se de chatbots e outros que estão funcionando nos sites móveis e substituindo os apps.Abs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: