Curso gratuito de programação para mulheres, novidades na DynAdmic…

03/09/2016

 

Participantes de programas de fidelidade preferência experiências em vez de descontos. Leia abaixo

Inscrições podem ser feitas até o dia 6 de setembro
De acordo com o estudo The Network Skills in Latin America, encomendado pela Cisco à IDC, até 2019 haverá mais de 449 mil ofertas profissionais na área de TIC (Tecnologia da Informação e Telecomunicações) para a América Latina. O Brasil é o país com maior lacuna de mão de obra especializada no setor: somente em 2015 teve déficit de 195 mil profissionais. Além do gap de mão de obra especializada em tecnologia no Brasil, existe ainda um número muito pequeno de mulheres que atuam no setor. “Neste contexto, a Reprograma visa sensibilizar, empoderar e educar mulheres brasileiras em programação. Mostrando que esse é um mercado possível e muito próspero também para elas, que podem – e devem – contribuir no desenvolvimento de novas tecnologias”, explica Mariel Reyes Milk, fundadora e diretora da {reprograma}.As mulheres que tiverem interesse em entrar para o mundo da programação têm até o dia 6 de setembro para entrar no endereço www.reprograma.com.br/inscricao e se inscrever na segunda turma do curso {reprograma}. A formação tem duração de seis semanas e carga horário de 240 horas, com aulas de 3 de outubro a 11 de novembro, em São Paulo. A grade curricular é estruturada em três assuntos principais: programação (HTML, CCS e Javascript), empreendedorismo e mentoria com Flávia Verginelli, diretora de Produto e Inovação, e Alberto Menoni, diretor de Parcerias Estratégicas para a América Latina, ambos do Google. As aulas serão ministradas por professores voluntários com múltiplas formações, como a empreendedora Carla de Bona, especialista em design de interfaces (UX/UI design); Paulo Silveira, diretor na Caelum e gerente de produtos na Alura Cursos Online; e Mateus Chagas, desenvolvedor no GuiaBolso. Fonte: Adnews

 

Membros de programas de fidelidade preferem experiência a descontos
Uma recente pesquisa feita pela consultoria Emarketer sobre programas de fidelidade mostrou que clientes que se associam a programas de fidelidade tendem a se manterem fiéis às marcas que oferecem experiência. Ao contrário do que se acreditava nos últimos anos, a oferta de descontos nos programas tendem a mostrar pouco eficiência na retenção dos clientes. Além disso, a participação dos associados tem caído ou não acompanhado o ritmo na maioria dos varejistas pesquisados. Para a Emarketer, o motivo da retenção não acompanhar o ritmo de aderência a programas é simples: apesar das barreiras para entrar nos programas estarem cada vez menores, a maioria deles depende majoritariamente de descontos. De acordo com a CEO da empresa de análise de compras Kantar Shopcom, Katie Casavant, o foco em descontos tem um lado negativo ao criar o movimento oposto, pois incentiva a fidelidade ao menor preço, seja lá onde será encontrado. “Para criar mais fidelidade, as empresas precisam ir para além do lado das transações e atingir o relacionamento.” Portanto, a experiência geral define a fidelidade. “Lealdade é um estado emocional”, diz o VP sênior de Experiência Digital do Cliente da Capgemini, Mark Taylor. “O caminho é criar engajamento por meio da experiência. O que seria isso? Dar ao cliente o que ele gosta de fazer quando não está comprando, como escalar, levar os filhos para passear, etc.” Fonte: Panrotas

DynAdmic amplia equipe para o mercado latino-americano
A DynAdmic, startup francesa de mídia programática em vídeo, anuncia três novos executivos para cargos de liderança no Brasil e América Latina: Gabriel Dias, Rodrigo Sobreiro e Rodrigo Jorge. À frente do time comercial brasileiro, Dias chega à empresa como diretor para comandar as estratégias de vendas junto aos clientes para campanhas em vídeo online. Já Sobreiro assume como gerente de parcerias com publishers para a América Latina e Jorge, como gerente de Traffic e gestão de campanhas no Brasil. Com a entrada dos executivos, a DynAdmic investe no desenvolvimento da equipe para atender a demanda crescente dos mercados brasileiro e regional. Para a América Latina, a empresa se organiza também no relacionamento com publishers para parcerias estratégicas que visam o acesso ao inventário de qualidade e com maior volume, gerenciadas a partir do escritório brasileiro. Fonte: Propmark

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: