Pesquisa: quantidade de internautas brasileiros que assistem Video On Demand surpreende analistas

24/08/2016

Angela Ahrendts

Apple tira palavra store do nome de suas lojas. Leia abaixo

E quando se trata em assistir TV no smartphone, o Brasil empata com os EUA

Com os Jogos Olímpicos, os americanos descobriram muitas novidades sobre o Brasil. Mas as surpresas não vieram apenas dessa fonte. Uma pesquisa da Conecta, divisão do Ibope, e da Worldwide Independent Network of Market Research/Gallup International descobriu que 49% dos internautas brasileiros com 16 anos ou mais assistem TV e vêem filmes via serviços de VOD, tipo Netflix e outros. Isso é praticamente a mesma proporção dos internautas americanos, 50%. O mesmo ocorre quando se trata de assistir conteúdo de TV nos smartphones: tanto no Brasil como nos EUA, cerca de 30% dos internautas fazem isso. No país que vem em seguida, Panamá, a proporção é de apenas 16%. Fonte: eMarketer
 
10 erros que as empresas cometem em marketing de conteúdo
Qualquer um do mundo de marketing de conteúdo pode lhe dizer o quão difícil é produzir material fantástico e consistente a ponto de se destacar, comenta Chirag Kulkarni, co-fundador da Insightfully, em artigo para o site Entrepreneur.com. Não basta gastar um monte de dinheiro contratando escritores de qualidade, você precisa fazer com que os consumidores mais valiosos apaixonem-se pelo material. Há 10 erros que são comuns do que precisaria ser (ele mesmo confessa que já cometeu alguns deles), mas que podem ser evitados. Sucintamento, ei-los aqui: 1. Não se focar em qualidade, mas apenas em quantidade; 2. Não revisar cuidadosamente seu trabalho; 3. Não pesquisar bem seus assuntos; 4. Não escrever conteúdo em profundidade; 5. Não construir sua base de leitores; 6. Não escrever com consistência; 7. Não fazer um resumo do seu trabalho; 8. Não descobrir qual conteúdo funciona e qual não; 9. Não escrever para um nicho ou audiência específica; 10. Não otimizar seu website. Fonte: Entrepreneur.com
Apple vai abrir mão da palavra “Store’ e tornar seus espaços mais sociais
Em um novo movimento que pode representar uma nova tendência em branding a Apple retirará a palavra “Store” das fachadas de lojas de varejo e fazer alterações de design que devem estimular os compradores a marcarem encontros e fazerem outras atividades sociais nelas. “Nós não precisamos realmente abrir mais lojas, precisamos abrir lugares incríveis que quase se comportam como a praça de uma cidade”, disse Angela Ahrendts, chefe de varejo da Apple, na inauguração da loja do varejista no novo World Trade Center. Fonte: Business Insider  

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: