A semana que passou: expectativa de Pokémon Go no Brasil é frustrada – e por que isso não é uma má notícia

31/07/2016

Mais uma vez, milhares ou talvez milhões de brasileiros, ficaram acordados nesta madrugada de sábado para domingo, esperando o tão aguardado lançamento do game de realidade aumentada, “Pokémon Go”. Não é a primeira vez que isso acontece, pois há dias atrás também surgiu esse boato sobre o lançamento do jogo aqui no Brasil e muitos ficaram esperando durante toda a madrugada e nada.

Entretanto, dessa vez havia uma grande expectativa a respeito do lançamento e quase que uma certeza, uma vez que o site “MMO Server Status” informou que soube de uma fonte segura que “Pokémon Go” estaria sendo lançado no Brasil no dia 31 de julho. Inclusive, o site fez questão de colocar no status dos servidores disponíveis para o Brasil a palavra “Soon”, que quer dizer “breve”.

Outros motivos que levaram muitos a acreditarem que o game seria disponibilizado nesse final de semana é que as Olimpíadas estão para começar e com tantos turistas estrangeiros e atletas internacionais por aqui, era quase certo que a empresa iria querer que todos eles pudesse jogar, já que em muitos outros países já se pode sair pelas ruas capturando os monstrinhos.

Mas se, por aqui, o sentimento é de frustração, lá fora não há apenas festa em relação ao badalado jogo. Na semana passada, por exemplo, o site The Next Web publicou um artigo interessantíssimo cujo título é Por que você deveria deletar imediatamente o Pokémon Go.

Segundo o autor, Juan Buis, é compreensível a excitação em torno do jogo, principalmente nas gerações que cresceram nas décadas de 1990 e 2000. Além disso, principalmente para os “casual” e “non-gamers”, a Realidade Aumentada é um gimmick bem divertido. E quando se soma com o truque da localização é novo o suficiente para explicar o enorme interesse.

Mas, no fundo, não passa de outro jogo que está caçando seu tempo e seu dinheiro.

E o resultado disso é que você nunca vai ganhar.

Em primeiro lugar, porque não se trata de um jogo que exija habilidade ou conhecimento. Os principais objetivos são capturar Pokémons, reivindicar a posse de ginásios – e ir subindo de nível. Nada, portanto, que possa ser feito com sua habilidade – depende apenas de quanto tempo você tem para desperdiçar. Ou dinheiro – pois você pode comprar pokécoins e encontrar maneiras de subir no ranking do jogo.

O Buis confessa que saiu no nível 10. Segundo ele, haverá sempre pessoas com mais tempo ou dinheiro do que ele.  Pois ele tem que trabalhar – e não tem ideia do que essas pessoas fazem na vida.

O conselho dele é simples: delete o Pokémon Go e pegue sua vida de volta.

Fontes: Blasting News, The Next Web

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: