Uber inaugura lounge, celebridades, 8 dicas para programas de fidelidade…

30/07/2016

Uber inaugura lounge para recarregar as baterias em aeroporto do Rio Espaço no Santos Dumont oferece bancos para relaxar, wi-fi gratuito e tomadas para carregar celulares e notebooks

A concorrência entre taxistas e motoristas de Uber está cada vez melhor … para os passageiros.  Pensando nos milhares de pessoas que virão ao Rio de Janeiro para as Olímpiadas, a companhia criou um espaço para que elas pudessem descansar, recarregar as baterias e relaxar enquanto esperam seu carro ou Uber chegar. Lá, existem bancos para relaxar, wi-fi gratuito e tomadas para carregar celulares e notebooks. Até sua localização foi pensada para proporcionar uma melhor experiência aos frequentadores. Ele se encontra do lado do estacionamento do shopping, evitando os homéricos tumultos dos terminais em tempos olímpicos. O lounge estreou quarta-feira, 27, no Shopping Bossa Nova, anexo ao aeroporto Santos Dummont.  O ambiente funciona todos os dias das 6h à 0h e irá até o dia 20 de setembro conta com inúmeras comodidades para quem está em transito. Fonte: Adnews

As 10 celebridades que mais apareceram em comerciais em 2016
No primeiro semestre de 2016, a campeã da hora do intervalo é a atriz global Marina Ruy Barbosa. O ranking, divulgado pelo Controle da Concorrência, mostra que Marina foi a celebridade com mais aparições: 4.449, no total. A lista é dominada por mulheres. O primeiro homem a aparecer é Neymar, na sétima posição. Os números levam em conta o total de aparições, não a quantidade de campanhas. Por exemplo, a modelo Aline Riscado só precisou da campanha da Itaipava para ficar na terceira colocação das celebridades com mais inserções em campanhas televisivas. Eis a lista das 10 mais: 1. Marina Ruy Barbosa, 4.449 aparições. Campanhas: Genomma Laboratories, Procter & Gamble, Rede Globo. 2. Claudia Leitte, 2.712 aparições. Campanhas: Amigos do Bem, Jequiti Cosméticos, Procter & Gamble, Sky. 3. Aline Riscado, 2.367 aparições. Campanhas: Cervejaria Petropolis. 4. Marília Gabriela, 2.327 aparições.Campanhas: Genomma Laboratories, Ultrafarma. 5. Gisele Bündchen, 2.053 aparições. Campanhas: Carolina Herrera, Procter & Gamble, Sky. 6. Ivete Sangalo, 1.907 aparições. Campanhas: Brasil Kirin, Bombril, Procter & Gamble, Vivo. 7. Neymar, 1.829 aparições. Campanhas: Ambev, Ceras Johnson, Johnson & Johnson, Procter & Gamble, Ultrafarma, Unilever. 8. Fátima Bernardes,1.674 aparições. Campanhas: Rede Globo, Seara. 9. Zezé Di Camargo e Luciano, 1.430 aparições. Campanhas: Liderança Capitalização SA, Marabraz, Piracanjuba. 10. Marcos Veras, 1.338 aparições. Campanhas: Casas Bahia, Grupo Eztec. Fonte: Exame

Programas de fidelidade ajudam a economizar na crise; veja 8 dicas
Em épocas de crise econômica, os programas de fidelidade podem dar uma ajuda no seu dia a dia. Como todo mundo tem de consumir, por que não acumular alguma vantagem nessas compras obrigatórias? Eis algumas dicas importantes. 1. Participe de programas de coalizão, que reúnem empresas de diferentes segmentos — assim, o acúmulo de pontos/milhas é mais rápido. 2. Resgate com poucos pontos. 3. Pesquise sempre. 4. Agende-se (principalmente na troca de pontos/milhas para viagens — com antecedência, o número de milhas usadas também pode ser menor). 5. Aproveite oportunidades — empresas de fidelidade realizam constantemente promoções, para isso companhe sites dos programas e comunicados por e-mail. 6. Ofertas no dia a dia (se vai ter de comprar certo produto, escolha uma loja que ofereça pontos/milhas. Você acumula sem aumentar seus gastos mensais). 7. Não deixe expirar seus pontos/milhas. 8. Use o cartão de crédito, excelente aliado para o acúmulo de pontos. Fonte: UOL Economia

Patrocinadores globais inovam para se exibir na vitrine da Rio 2016
Nos Jogos Olímpicos não só os atletas entram nas arenas em busca de medalhas, como também as marcas estão na disputa, só que pela atenção do público. No Rio 2016, ao todo, são 11 patrocinadores mundiais, alguns mais conhecidos do grande público, como Coca-Cola e McDonald’s, e outros menos, como Dow e Atos – sem contar os patrocinadores locais e os apoiadores oficiais. Independentemente do segmento que atuam, os patrocinadores têm em mãos uma oportunidade de visibilidade para ser usada conforme a estratégia e objetivo que pretendem alcançar. Para a Dow, por exemplo, o evento é uma chance de reforçar o seu posicionamento e aumentar o relacionamento com os clientes. Outra empresa que atua nos bastidores dos jogos e tem como estratégia incremento de negócios a partir daí é a Atos. Patrocinadora mundial desde 2002, a multinacional de tecnologia da informação desenvolve e executa os principais sistemas de TI para a competição. “Nós acreditamos que a melhor ativação é mostrar nossa habilidade em entrega, segurança e eficiência para nossos clientes e prospecções no mundo todo’’, diz Patrick Adiba, diretor-comercial do Grupo e CEO de grandes eventos da Atos. Ao contrário de Dow e Atos, a Cisco investiu bastante na imagem por meio de campanhas de massa, algo que faz parte da estratégia de posicionamento no país. Outra forma de empresas que não falam diretamente com o público final mostrarem sua marca nos Jogos Olímpicos é o co-branding. A estratégia foi utilizada pela Dow, que estendeu o benefício de utilizar a marca dos jogos, os famosos Anéis Olímpicos, a seus clientes do ramo de colchões. Com isso, hoje as marcas Castor, América Flex, Luckspuma, FA Maringa, Orthocrin e Minasspuma utilizam em seus colchões o logo dos jogos, associado ao da Dow. Quem também está investindo no co-branding é a Visa. Para a Rio 2016, além da aceitação exclusiva de cartões Visa, a operadora tem parcerias com alguns bancos para atrelar a marca dos jogos em co-branding. É o caso do Bradesco – que também é patrocinador local – parceiro da Visa em cartões pré-pagos personalizados com imagens dos mascotes da competição. Ainda com o Bradesco, foram lançados também uma pulseira e um anel para pagamento por aproximação, que serão testados por 3 mil usuários selecionados. Nesse mesmo modelo de inovação, a Visa lançou com a Swatch o relógio Swatch Bellamy, que também funciona como um wearable de pagamento. Fonte: Propmark

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: