Relatório: o estado atual do retargeting, publicidade programática e marketing de performance

27/07/2016

Peça sua cópia do Executive Summary do AdRoll State of the Industry 2016

Quando se fala na indústria de publicidade programática, é fácil perder-se. Como em toda nova indústria que tem por trás uma tecnologia disruptiva, as coisas mudam muito rapidamente. Por isso, esse relatório sobre o estado atual do retargeting, da publicidade programática e do marketing de performance é tão bem-vindo — e você pode receber uma cópia do Executive Summary, solicitando pelo emailimprensa@abemd.org.br. A AdRoll, plataforma de retargeting, ouviu 1.050 profissionais de marketing nos EUA para entender como anunciantes e agências estão adotando as novas oportunidades de marketing que estão surgindo. As principais descobertas foram que eles estão investindo pesadamente em programática via todos os canais — 32% investiram mais de 50% de suas verbas de publicidade online em programática; eles estão pensando primeiro em mobile, apesar da persistência dos desafios; atribuição continua a ser um tema quente — dobrou o número dos que adotaram um modelo de atribuição que rastreia múltiplos pontos de contato com o consumidor. Fonte: AdRoll
Estudo: Google ainda domina o mercado global de anúncios de buscates the World Search Ad Market
Segundo estimativas da eMarketer, o Google vai gerar globalmente US$57.8 bilhões em publicidade digital, um aumento de 9% sobre o ano passado, e que representa 30,9% do total do mercado. Além disso, o Google continuará recebendo a fatia do leão dos gastos em anúncios de busca. A empresa capturará US$47.57 bilhões em receitas nesse campo em 2016, 55.2% do mercado mundial. Em relação à publicidade display, o Google fica em segundo lugar, atrás do Facebook — gerará US$10.23 bi em anúncios display, 12.3% do total. As receitas publicitárias do YouTube cresceram 40,6% no ano passado, atingindo US$4.28 bilhões globalmente. Em 2016, a previsão é de faturar US$5.18 bilhões em receitas publicitárias,um crescimento de 21,1%. A previsão da eMarketer em relação ao mobile é que o Google terá uma receita de US$34.11 bilhões, um salto de 40,3% em relação a  2015. Fonte: eMarketer
Mondelez faz acordo com Fox para inovar e criar padrão de comerciais VOD e streaming
A Mondelez fechou um acordo com a Fox com olho em inovação e na redução do entulhamento na comunicação publicitária. É um compromisso da fabricante de Oreos e Ritz crackers para estabelecer uma experiência comercial amigável com o consumidor em streaming video e video-on-demand. Como parte do pacto, a Mondelez expandirá o uso da TrueX, a plataforma ad-tech que a Fox adquiriu em 2014, para criar uma experiência mais envolvente com os anúncios, colaborando com a rede na criação de novos formatos e ajudando a estabelecer o padrão para comerciais em VOD e streaming. Fonte: Advertising Age

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: