Mastercard e 17 bancos unem-se para impulsionar pagamentos móveis

19/07/2016

Solução estará disponível apenas para dispositivos Android, pois a Apple não dá acesso ao chips NFCs dos iPhones

Com o objetivo de tornar os pagamentos móveis um pouco mais acessíveis, a Mastercard uniu-se a 17 bancos para permitir que os clientes paguem usando os apps dos bancos em seus celulares. Citi, Bank of America, Fifth Third Bank e KeyBank estão entre as instituições envolvidas nma iniciativa que fará com que passar o celular ou o smartwatch em rfrente de um terminal de pagamento seja suficiente para fazer uma compra — diretamente dos seus apps. Capital One, outra instituição envolvida, já incluir esse recurso no seu app. A solução estará disponível apenas para os proprietários dos celulares Android que tem chips NFC e tem por objetivo obter mais controle sobre seus consumidores em vez de cedê-los para carteiras digitais como Apple Pay, Samsung Pay, Android Pay e PayPal. Os iPhones ficaram de fora porque a Apple não permite que outras empresas usem o chip NFC de seus celulares. Fonte: CNET

Atualização do Salesforce1 vai deixar muitos dispositivos de fora

A Salesforce vai fazer uma atualização em seu Salesforce1, incluindo funções como gerenciamento de leads, colaborações e relatórios, para ajudar as empresas em seus esforços de CRM. Em compensação, reduzirá dramaticamente o número de dispositivos que rodam o app móvel. O “Winter ’17 release” chegará em outubro, funcionando apenas nos dispositivos mais recentes e mais populares. Entre os smartphones Android, sobram apenas os Samsung Galaxy S5, S6 e S7, o Samsung Galaxy Note 4, o Google Nexus 5X e o Google Nexus 6P. Todos os tablets Android também estão fora, com exeção do Samsung Galaxy Note 10.1 e do Samsung Tab A 9.7. Também ficam de fora os iPhone 5 e 5C, e os iPad Mini 2, Mini 3 e iPad 4. Logo após o anúncio, os atuais usuários começaram a dar sinais de descontentamento nas mídias sociais. Fonte: ARN/IDG

Estudo descobre que falta força emocional nos sites B2B

Segundo uma pesquisa feita pelo consultor Dan Stelter, 76% dos websites business-to-business não mencionam os “pontos de dor” dos clientes e não abordam a questão dos conflitos entre os diversos stakeholders. Seu estudo mostrou também que as empresas B2B estão perdendo oportunidades ao não falar sobre o valor que seus produtos ou serviços oferece ao cliente individualmente. Ele sugere uma fórmula de cinco passos para fazer com que o conteúdo de sua homepage seja mais eficaz: comece com a “dor”, enfatizando o problema, para engajar e construir interesse — seu título pode ser o melhor lugar para fazer isso; detalhe os benefícios de negócio e pessoais oferecidos; aborde a questão dos conflitos de stakeholders para construir consenso; apresente os benefícios do seu produto/serviço; mostre os recursos que tornam esses benefícios possíveis. Fonte: Content Marketing Institute

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: