Wells Fargo faz “recall” de empréstimos recusados

12/07/2016

Banco está ajudando clientes a entender como melhorar suas chances de ter empréstimos aprovados

A Wells Fargo é uma instituição financeira dos EUA que tem dezenas de milhões de clientes. Em 2012, como projeto piloto, e como política para todo o banco a partir de 2014, começou a contatar pequenos negócios para as quais havia recusado empréstimos e ajudando-os a entender o que eles podem fazer para melhorar suas chances no futuro. O banco diz que, desde março do ano passado, já contatou mais de 12 mil candidatos rejeitados. A iniciativa demonstra que a luta para conquistar novos clientes na indústria financeira está cada vez mais acirrada. Além disso, o banco tem como objetivo emprestar US$ 100 bilhões para pequenas empresas nos próximos cinco anos. Fonte: Forbes

Ponta de estoque online da Best Buy vende produtos usados e recondicionados

Como a maioria dos consumidores está sempre procurando barganhas, colocar uma etiqueta “liquidação” em um item é uma maneira provada de de gerar tráfego e vendas. Por isso, “pontas de estoque” são tão populares: tudo está em liquidação o tempo todo. A Best Buy tem sua própria ponta de estoque online onde vende produtos de quatro categorias: um saldão (clearance), produtos sem embalagem, produtos recondicionados e produtos usados. A loja aceita devoluções – para a maioria dos produtos, em 15 dias, celulares e outros dispositivos com contratos com operadoras, 14 dias, e produtos para casamentos, 60 dias. Os portadores do cartão de fidelidade têm mais tempo para devolver os produtos comprados. Fonte: 24/7WallSt.

L’Oréal’s lança “beaumojis”, como resposta à falta de criatividade no setor de cosméticos

Muitas marcas lançaram apps para tentar subir no vagão da loucura que virou a tendência dos emojis, mas a L’Oréal espera ir além e fazer com que os emojis tomem parte numa discussão mais profunda sobre beleza e cultura. A gigante dos cosméticos está lançando um app chamado Beaumoji com 130 decalques e imagens que planeja atualizar continuamente baseada nos inputs dos consumidores. “Nós vimos que há uma falta de criatividade envolvendo a autêntica beleza e dentro desse espaço a L’Oréal pode começar a entregar conteúdos em torno das nossas marcas”, disse Rachel Weiss, vp of innovation and entrepreneurship da L’Oreal USA. “Queríamos algo que fosse realmente abrangente e pudesse crescer,mudar e evoluir à medida em que a tecnologia cresça e a gente saiba o que pessoas querem ao longo do tempo.” Uma das coisas que a L’Oréal percebeu foi que faltava explorar nos emojis atuais tendências de beleza. “Queríamos ser muito contextual— não apenas em relação às nossas marcas, mas o que as pessoas falam sobre beleza”, disse Weiss. Fonte: Adweeek

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: