O mais novo app do LinkedIn ajuda recém-formados a encontrar empregos

19/04/2016

LinkedIn signage in the lobby of its San Francisco office.O LinkedIn Students já tem 40 milhões de usuários inscritos — mas está disponível apenas nos EUA
O LinkedIn Students é um app que oferece a jovens recém-formados um ponto de partida para explorar o primeiro estágio de suas carreiras profissionais. Atualmente disponível apenas para os usuários da rede nos EUA, o app destaca as empresas e os cargos que podem ser mais adequados, baseado na escola e na área que o jovem cursou. Os usuários podem também começar a construir sua própria rede, pois o LinkedIn Students lista todos os ex-alunos de escolas que trabalham em cada empresa recomendada. Na instalação do LinkedIn Students, o app completa o processo de autenticação usando os dados da conta do LinkedIn ou, no caso de não ter uma, com a digitação dos dados pessoais e da escola que cursa ou cursou. De acordo com a VentureBeat, LinkedIn Students já tem 40 milhões de estudantes inscritos. Fonte: VentureBeat

Estudo: usuários do Facebook compartilham mais do que curtem ou comentam
A empresa de análises Rival IQ pesquisou mais de 9.000 marcas no Facebook, incluindo mais de 8,1 milhões de posts em 2015 e 11,5 bilhões de interações associadas. Uma das descobertas mais interessantes que apareceram na montanha de dados foi uma mudança significativa na forma de engajamento na rede. Entre os principais tipos de engajamento (curtir, comentar, compartilhar), a única métrica que mostrou em 2015 um crescimento ano a ano foi o compartilhamento. A taxa de compartilhamentos em todos os tamanhos de página deu um grande salto em março e abril e nivelou-se um pouco abaixo durante o restante do ano. Curtir e comentar, por outro dado, decresceram na comparação anual. A razão disso, provavelmente, é o fato de que o Facebook vem trabalhando sistematicamente desde 2014 para diminuir o spam, removendo falsos curtir/comentar/compartilhar, o que limpou os fluxos de notícias e permitiu que os anunciantes vejam o real engajamento que está ocorrendo em seus posts. Fonte: Marketing Land

Amazon resolveu agitar a concorrência com planos mensais de assinaturas
A Amazon anunciou neste domingo, 17/4, novas opções de assinaturas do seu serviço Prime. Assinaturas mensais. E isso pode fazer com que o serviço de video da empresa torne-se um concorrente mais forte da Netflix. Quem visita o website da empresa agora é informado de que há dois novos planos de preços dos seus serviços. No primeiro, o cliente paga US$ 8,99 por mês para assistir filmes e programas de TV através da sua nova versão – apenas vídeo – do Prime. No segundo plano, a US$ 10,99 por mês, o cliente tem direito a todos os benefícios do Prime, incluindo as transmissões de video, o serviço de entrega de dois dias dos pedidos da Amazon, transmissões de música e outros serviços. O Amazon Prime é, sem dúvida, um grande sucesso para a empresa, mas um dos principais obstáculos para que uma pessoa resolva entrar no serviço é o fato de ter que pagar o fee anual antecipado de US$ 99. As novas opções devem tornar o Prime mais atraentes para mais pessoas. Fonte: The New York Times

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: