Carros sem motorista: quem quer isso?

23/03/2016

Jovens preferem dirigir eles mesmos seus veículos — e adultos também não estão assim tão entusiasmados com a ideia

Problemas no paraíso: uma pesquisa acaba de confirmar que, assim como os adultos, a maioria dos jovens (63%), entre 8 e 18 anos, prefere dirigir eles mesmos seu carros em vez de deixar que o veículo tenha toda a diversão. E quanto mais eles estão perto da idade em que é permitido legalmente dirigir maior é o número (77%) daquele que preferem eles mesmos dominar seus veículos. Outra descoberta da pesquisa realizada pela Harris Poll para a Nielsen foi que os jovens não veem diferença em relação a quem é o fabricante do veículo, dando importância praticamente igual, 76% x 70%, a que ele seja feito por uma montadora de veículos ou por uma empresa de tecnologia, como Apple, Google ou Microsoft. Fonte: IoT Daily
Envolvimento com Twitter gera índices mais altos de recall de anúncios
O Twitter levantou a hipótese de que as interações dos usuários afetam a reação aos comerciais de TV. Para testar isso, fez uma parceria com a Starcom e a Canvs, uma ferramenta de análises que mede reações emocionais em mídias sociais, e comparou o conteúdo emocional de tweets com os índices de recall de anúncios, comprovando que os usuários que reagiram emocionalmente a um programa apresentaram índices mais altos de recall. O estudo também descobriu que usuários que estiveram seguindo ativamente uma conversação no Twitter sobre o programa que estavam assistindo apresentaram uma tendência 62% maior de ter altos recalls. “Essa pesquisa mostra que as audiências que investiram emocionalmente em um programa de TV são mais responsivas tanto para os comerciais na TV como para a publicidade no Twitter — acabando o mito do usuário social distraído”, comentou Kate Sirkin, da Publicis Media. Fonte: Mobile Marketing Daily
Anúncios em vídeo estão chegando ao Pinterest
A experiência dos usuários com o Pinterest, a mídia social de compartilhamento de imagens, está prestes a ser tornar mais rica e mais interativa — graças à introdução de anúncios em vídeo. A empresa considerava usar essa opção desde maio de 2015, desde o lançamento dos “Cinematic Pins” (que não serão substituídos pelo novo formato, informam fonte). Segundo o Digiday.com, um pequeno grupo de usuários está testando os anúncios em vídeo, além de também serem testados internamento. Fontes dizem que os videos terão um autoplay que funcionará quando um usuário para o ponteiro do mouse sobre ele. A duração ideal também está sendo estudado. Fonte: Marketing Land 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: