Google começa a testar novo app de pagamentos móveis, Hands Free

05/03/2016

Android Pay ganha 1,5 milhão de novos inscritos por mês e já tem mais de 2 milhões de estabelecimentos cadastrados
O Google publicou nesta quarta, 2/3, em seu “commerce blog” uma convocação para “todos os residentes de South Bay”, ou seja, a região que fica no sul da baía de San Francisco, participarem de um teste do novo app de pagamentos móveis, o Hands Free. O conceito do produto é permitir que o usuário passe por um drive-thru sem usar as mãos. O Hands Free funciona com bluetooth de baixa energia, wifi e serviços de geolocalização. Ele detectará lojas participantes e, quando o usuário estiver pronto para pagar, vai dizer ao caixa, simplesmente, “eu pagarei com Google”. O caixa pedirá sua iniciais e usará a foto que você subir para o seu perfil no Hands Free para confirmar sua identidade. O post acrescentou que o Android Pay tem recebido em média 1,5 milhões de novos inscritos por mês e já tem 2 milhões de estabelecimentos cadastrados. Fonte: Google Commerce Blog

Pesquisa: internautas usam serviços de entrega de comida?
Da mesma forma que aqui no Brasil, o número de serviços de entrega de comida multiplicou-se, principalmente no ano passado. E lá também como aqui eles têm investido bastante em mídia. No entanto, menos de 20% já usaram pelo menos uma vez um serviço desses. Os dados são de uma pesquisa feita pela AYTM Market Research. A firma pesquisou 400 internautas americanos com 18 anos ou mais. 5,5% dos entrevistados disseram que usaram um serviço como esse uma vez, 9% disseram ter usado múltiplas vezes e apenas 4,7% disseram ser clientes regulares. Por enquanto, pelo menos, esses negócios vão continuar dependendo do atendimento telefônico. Fonte: eMarketer

DirecTV passará a ser oferecida online ainda este ano
Em julho de 2015, a maior operadora de telefonia dos EUA, AT&T, comprou a DirecTV e agora começa a mostrar o que planeja para a empresa. Na terça, 1/3, a AT&T anunciou que vai oferecer a DirecTV via Internet, que funcionará em smartphones, tablets, TVs conectadas, equipamentos de streaming e PCs, a partir do último trimestre deste ano. Mais do que isso, segundo a operadora, a oferta “não exigirá contratos anuais, antenas de satélite ou set-top boxes”. O serviço não será uma substituição total do cabo tradicional ou da TV por satélite, inclusive porque a AT&T tem que negociar novos contratos de programação para o serviço exclusivamente online. A empresa teria fechado alguns acordos, mas ainda tem “trabalho pela frente”, disse um porta-voz da AT&T. Fonte: Ars Technica

Vai começar a 29a. edição do Curso de Especialização da Abemd. Saiba mais e inscreva-se ou inscreva profissionais de sua equipe

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: